NF-e sem Certificado Digital: é possível emitir?

Tempo de leitura: 6 minutos

Emitir NF-e sem Certificado Digital, em especial a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e), é possível em alguns casos.

Como a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica está diretamente vinculada às prefeituras, cada município tem liberdade para ditar as suas próprias regras de emissão.

Por isso, ao fazer o cadastro do CNPJ da sua empresa, é bem importante verificar se há ou não a possibilidade de emitir NF-e sem Certificado Digital.

Caso seja obrigatório, é imprescindível que providencie esse documento. Negligenciar essa condição pode gerar diversos transtornos, tais como o recebimento de multas e, em situações mais complexas, até processos judiciais.

E como obter um Certificado Digital para a sua empresa e, assim, evitar todos esses problemas? Por que esse documento digital pode ser exigido por algumas prefeituras? 

Confira tudo sobre o tema agora!

Mas, afinal, o que é Certificado Digital?

Certificado Digital é um documento de versão eletrônica utilizado para identificar uma empresa. Em uma explicação mais simples, ele tem função semelhante a de um RG para pessoas físicas.

O Certificado Digital é usado quando há necessidade de assinar e/ou enviar um documento via internet, realizar operações bancárias, emitir notas fiscais, entre outras ocasiões.

Ou seja, esse documento digital substitui a assinatura física, atribuindo proteção legal e legitimidade à operação que está sendo realizada.

Vale lembrar que o Certificado Digital também pode ser obtido por pessoas físicas com a mesma finalidade e validade.

Nesse caso, trata-se do e-CPF, CPF em versão digital que substitui o documento impresso em transações realizadas virtualmente.

Seja para uma pessoa física, seja para uma pessoa jurídica, o Certificado Digital ajuda a agilizar transações financeiras e administrativas, autenticando legalmente assinaturas.

Entenda mais neste artigo: “O que é Certificado Digital? Para que serve? O que é preciso para obter um e como fazer isso com desconto?

Quando é possível emitir NF-e sem Certificado Digital?

Em quase todos os casos, a emissão de notas fiscais está diretamente vinculada à aquisição desse documento. No entanto, existem alguns casos em que é possível emitir NF-e sem Certificado Digital.

É o caso da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e) de algumas cidades do Brasil. Aqui, vale lembrar que esse documento está diretamente relacionado à prefeitura onde a empresa está localizada.

Está cansado de emitir suas notas fiscais uma por uma?

Na NFE.io é possível se livrar dessas tarefas repetitivas através de integrações com meios de pagamento, plugins, planilha do excel ou conectando diretamente com a nossa API.

Quer entender como funciona?
Converse com a nossa equipe especializada para livrar a sua empresa da burocracia!
Quero otimizar meu tempo

Nota fiscal emitida em massa via excel?

Na NFE.io você conta com emissão de notas fiscais de serviço em massa via Excel. O que acha?

Emita muitas NFS-e sem burocracia!
Disponibilizamos para você a alternativa de emitir via excel, de forma simples, rápida e eficiente.
Experimente gratuitamente!

A função da NFS-e é comprovar a prestação de um serviço e fazer o recolhimento correto do ISS, Imposto Sobre Serviços

Por isso, cada município pode implementar as suas próprias regras, incluindo a permissão de emitir NF-e sem Certificado Digital.

Sobre isso, não deixe de ler “Regras para emissão de nota fiscal: o que é necessário saber

Quando isso acontece, de modo geral, basta o empreendedor acessar o site da prefeitura — ou um programa para emissão de nota fiscal eletrônica compatível — com o seu login e senha para gerar esse documento.

Veja algumas cidades que permitem a emissão de NF-e sem Certificado Digital:

  • São Paulo: Bauru, Limeira, Osasco, São José dos Campos, Santo André, São Caetano do Sul, São Vicente, Marília, Vinhedo;
  • Rio de Janeiro: Petrópolis, Belford Roxo, São Gonçalo, Nova Friburgo, Petrópolis;
  • Rio Grande Sul: Nova Prata, Pelotas, Três Passos, São Gabriel;
  • Santa Catarina: São Bento do Sul, Florianópolis, Balneário Camboriú, Garuva, Itapoá, Joinville;
  • Paraná: Maringá, Palmeira, Campo Mourão, Colombo, Arapongas, Campo Largo.

A lista de municípios que dispensa o uso do Certificado Digital para emissão da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica é extensa. Aqui, citamos apenas alguns exemplos.

Para verificar se a cidade onde a sua empresa está cadastrada exige ou não o certificado, é bem importante entrar em contato com a prefeitura para buscar informações sobre quais regras estão vigentes.

Quais os riscos de emitir nota fiscal sem Certificado Digital?

Porém, se a cidade onde sua empresa tem CNPJ cadastrado fizer essa exigência, é essencial cumpri-la.

Isso porque emitir NF-e sem Certificado Digital quando esse documento é obrigatório é passível de diversas penalidades.

O contribuinte que infringe essa determinação é visto pela SEFAZ, Secretaria de Estado da Fazenda do seu município como um infrator.

Nesse caso, o empreendedor pode receber autuações, multas ou mesmo ser processado judicialmente por não estar cumprindo as determinações legais.

Como obter um Certificado Digital quando a prefeitura exige?

Entrou em contato com a prefeitura onde a sua empresa está registrada e descobriu que é necessário um Certificado Digital para emissão das suas notas fiscais eletrônicas? Sem problemas!

A primeira etapa para obter esse documento consiste em saber que existem alguns tipos de Certificados Digitais, que são:

  • A1: certificado digital em forma de arquivo. Esse modelo fica armazenado diretamente no computador do usuário;
  • A3: certificado digital em forma de cartão ou token criptográfico. Pode ser transportado e utilizado em diferentes computadores;
  • S3: certificado digital de sigilo e confidencialidade
  • T3: certificado tipo “T”, também chamado de Carimbo do Tempo. É utilizado para atestar temporalidade, por exemplo, um evento ocorrido dentro de determinado prazo.

De modo geral, os dois mais utilizados são o A1 e o A3. O primeiro tem validade de 1 ano, já o A3 pode valer por até 3 anos. Em ambos os casos, passado esse período, é preciso solicitar a renovação do Certificado Digital.

Entenda mais “Qual a diferença entre certificado digital A1 ou A3? Descubra como escolher o melhor

Agora que você sabe isso, veja o passo a passo de como obter o seu Certificado Digital:

O Certificado Digital é pago?

Sim, esse é um documento pago. Porém, é possível adquirir o Certificado Digital com desconto!

Na plataforma da NFe.io você emite as suas notas automaticamente com o Certificado Digital e-CNPJ A1.

Sugerimos esse tipo de certificado, pois ele pode ser utilizado em computadores com sistema operacional Windows, Mac ou Linux e vinculado facilmente aos nossos servidores.

A fim de facilitar ainda mais o dia a dia dos usuários da nossa plataforma, fechamos parceria com a melhor empresa de Certificados Digitais do Brasil e conseguimos um desconto de 20% para os clientes da NFe.io.

O processo é bem simples:

  • escolha o tipo de certificado que precisa — indicamos o A1;
  • efetive a compra do seu documento digital;
  • agende a validação do Certificado Digital;
  • separe os documentos solicitados para a validação.

Você pode comprar agora o seu Certificado Digital ou, se quiser mais detalhes de como adquirir o seu, leia o passo a passo detalhado no artigo: “Como comprar seu certificado digital com desconto?


Quer receber mais conteúdo de graça?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu comentário abaixo. O seu e-mail não será divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Quer ganhar 25% de desconto na compra do seu certificado digital ?

Clique no botão abaixo e garanta agora o seu cupom de desconto com uma das maiores certificadoras do Brasil.

QUERO MEU DESCONTO
x