O que é logística de distribuição? Conheça suas etapas e sua importância para o crescimento de uma empresa

Tempo de leitura: 8 minutos

Você sabe o que é logística de distribuição? Trata-se da parte da logística que cuida da entrega final de um produto, ou seja, é a que está mais próxima do consumidor.

Por exemplo, se você tem um e-commerce, é o processo de logística de distribuição que vai garantir que o seu cliente receba a mercadoria adquirida dentro do prazo previsto e sem nenhuma avaria.

Sabendo apenas disso já dá para perceber quanto esse processo é importante, concorda? Por isso, continue a leitura e descubra tudo sobre este assunto!

Precisa validar muitas notas fiscais?

Consulte em massa todas as notas fiscais de produto emitidas no Brasil!

Para auditorias, transportes e CT-es
Plugue no seu sistema ou aplicativo e tenha todas as notas em mãos
Teste agora

O que é logística de distribuição?

Saber o que é logística de distribuição é entender que se trata de uma ramificação do setor logístico que cuida especificamente do processo de estoque e da entrega de mercadorias.

Podemos dizer também que a logística de distribuição faz a gestão dos produtos de uma empresa, considerando o momento que esses saem da fábrica ou são entregues pelo fornecedor, até a entrega ao cliente final.

Entenda melhor o conceito assistindo a este vídeo do canal Idel Instituto de Desenvolvimento Logístico

Como funciona a logística de distribuição?

Mas para saber de forma mais ampla e clara o que é logística de distribuição, é bem importante conhecer o seu funcionamento.

Aqui, vale destacar que esse processo também envolve outras áreas de uma empresa, por exemplo, marketing, vendas, contabilidade etc.

Para que esse conceito fique ainda mais definido, imagine um e-commerce que comercializa itens de decoração.

O cliente acessa o site, escolhe o produto da sua preferência, realiza o pagamento e aguarda a entrega. Concorda que, nesse trajeto, diferentes departamento precisam atuar?

O produto escolhido precisa estar disponível em estoque e o site deve passar essa informação com precisão; o checkout de pagamento deve funcionar corretamente e o valor ser compensado para que a mercadoria possa ser liberada etc.

Ou seja, a logística de entrega não atua por si só. É preciso que haja uma integração entre os demais setores da empresa.

Não deixe de ler “API para e-commerce: 10 tipos de integrações que não podem faltar no seu negócio

Nota fiscal emitida em massa via excel?

Na NFE.io você conta com emissão de notas fiscais de serviço em massa via Excel. O que acha?

Emita muitas NFS-e sem burocracia!
Disponibilizamos para você a alternativa de emitir via excel, de forma simples, rápida e eficiente.
Experimente gratuitamente!

No que diz respeito às etapas da logística de distribuição propriamente dita, são 5 fases:

  1. Gestão de transporte
  2. Conferência de mercadorias
  3. Controle e gestão de frete
  4. Roteirização de entregas
  5. Análise e acompanhamento de indicadores de desempenho

1. Gestão de transporte

Nessa primeira etapa sobre o que é logística de distribuição, e o modo como é realizada, está a gestão de transporte.

Consiste em definir que tipo de modal será utilizado para transporte das mercadorias, considerando aquele que vai contribuir para viabilizar o processo, torná-lo mais dinâmico, rápido e vantajoso financeiramente, tanto para a empresa quanto para o cliente.

Nessa fase, portanto, é preciso definir se será utilizada frota própria para distribuição dos produtos, ou se os veículos serão terceirizados.

Aqui, também é que se determina se somente um tipo de transporte é suficiente ou se será necessário mesclar — por exemplo, transporte aéreo + rodoviário.

É importante lembrar que a gestão de transporte terá impacto direto no valor do frete que, consequentemente, pode influenciar no preço final da compra e na tomada de decisão do cliente.

Por isso, todas as análises pertinentes a essa fase precisam ser bem analisadas e ponderadas.

Leia também “Você sabe como contratar Correios para e-commerce? Veja o passo a passo e todas as vantagens

2. Conferência de mercadorias

A etapa de conferência de mercadorias é de suma importância e está totalmente relacionada à satisfação do cliente.

Entregar produtos errados ou em quantidade insuficiente, por exemplo, pode impactar negativamente na imagem da sua empresa, comprometendo drasticamente a relação com o seu público.

Para se ter uma ideia de quanto promover uma boa experiência ao cliente é importante, pesquisas apontam que 96% dos consumidores consideram o atendimento recebido um fator de peso na hora de decidirem se tornarem fiéis ou não a uma marca.

Além disso, 61% consideram que ser bem atendido é mais importante do que o preço cobrado pelo produto ou serviço.

Considerando tudo isso, o processo de checagem e expedição de mercadorias é essencial para garantir que o cliente receba exatamente aquilo que adquiriu, livre de falhas que podem gerar descontentamento.

3. Controle e gestão de frete

Na fase de gestão de transporte do que é logística de distribuição, falamos quanto o valor do frete pode influenciar na decisão de compra do cliente, se lembra?

Mas o cálculo exato do quanto será cobrado pelo transporte não impacta apenas o cliente. A empresa precisa dar atenção especial a essa etapa para não ter prejuízos financeiros.

Valores muito acima dos praticados podem “assustar” os consumidores, contribuindo para que procurem outras marcas para adquirem o que precisam. Por outro lado, taxas muito baixas podem comprometer a saúde financeira da empresa.

Outro ponto importante do controle e gestão de frete é oferecer ao cliente uma forma de rastrear o produto que está sendo entregue. Dessa forma, ele saberá exatamente em que fase está a sua entrega.

4. Roteirização de entregas

O processo de roteirização permite que as entregas sejam feitas dentro do prazo estimado ao cliente, assim como garante a sua conservação.

Isso porque é nessa fase que é traçada a rota a ser seguida, considerando todas as entregas que precisam ser realizadas em determinado período e a localização de cada uma.

Assim, é possível traçar roteiros que otimizam o processo, aumentando a satisfação dos clientes, bem como reduzindo custos operacionais à empresa.

5. Análise e acompanhamento de indicadores de desempenho

Mas assim como feito em outros processos dentro de um negócio, avaliar o desempenho da área de logística de distribuição é fundamental para identificar os seus pontos fortes e fracos.

Utilizando KPIs — Key Performance Indicator, ou simplesmente indicadores de desempenho — é possível mensurar se o serviço prestado está realmente atendendo às expectativas dos clientes e o planejamento da empresa.

Assim, caso algum número dessa análise não esteja de acordo com o esperado, é possível identificar as falhas e fazer os ajustes necessários para aumentar a produtividade e melhorar a qualidade do atendimento.

Confira: “Os 5 melhores indicadores de e-commerce para monitorar os resultados da sua loja e direcionar investimentos para setores-chave

Qual a importância da logística de distribuição?

Agora que você sabe melhor o que é logística de distribuição e todas as etapas que contemplam esse processo, deve ter ficado claro quanto ela é importante para o crescimento de uma empresa, concorda?

Essa ramificação da logística é essencial para:

  • atender melhor os clientes e aumentar o seu nível de satisfação;
  • tornar a entrega um processo menos oneroso para a empresa;
  • manter a saúde financeira do negócio em dia;
  • contribuir para que a empresa se torne mais competitiva no mercado;
  • aumentar o seu poder de atração de público, especialmente se essa gestão permitir praticar valores de frete menores;
  • evitar desperdício ou perda de mercadorias;
  • manter o controle de estoque adequado.

Quais outros tipos de logística existem?

Mas para saber ainda mais o que é logística de distribuição, é interessante que você saiba que esse é apenas um tipo de logística que pode existir em uma empresa.

Dentro dessa área existem também:

  • Logística de Suprimentos: responsável pelo planejamento e controle de todos os insumos necessários para fabricação de um produto;
  • Logística de Produção: relacionada ao processo de fabricação e disponibilização de uma mercadoria;
  • Logística Reversa: visa a coleta e a recuperação de resíduos para reaproveitamento.

Como melhorar a logística de distribuição da sua empresa?

Agora que você sabe de tudo isso, que tal algumas dicas de como melhorar a logística de distribuição da sua empresa? São elas:

A emissão automática de nota fiscal otimiza tempo, evita erros de preenchimento ou de não emissão desse documento.

Uma boa maneira de fazer isso é utilizando um gerenciador de nota fiscal eletrônica, como a NFe.io.

A NFe.io é uma plataforma facilmente integrável a outros sistemas de gestão que permite, entre outras funcionalidades:

  • gerenciar diferentes CNPJs;
  • enviar nota fiscal por e-mail;
  • fazer o cálculo automático de impostos;
  • armazenar esses documentos fiscais na nuvem e muito mais.

Acesse o site da NFe.io e confira todos os recursos e vantagens!


Quer receber mais conteúdo de graça?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu comentário abaixo. O seu e-mail não será divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Está cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x