Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Os 5 melhores indicadores de e-commerce para monitorar os resultados da sua loja e direcionar investimentos para setores-chave

Confira 5 ótimos indicadores de e-commerce para te ajudar a monitorar resultados e orientar as tomadas de decisão na sua loja virtual.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Em 2019, o ecommerce deve chegar a quase 80 bilhões de reais em faturamento no Brasil. A previsão é feita pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).

Para se dar bem nesse mercado, é necessário ficar atento aos indicadores de e-commerce. Assim, você sabe se está fidelizando clientes, aumentando vendas e otimizando gastos com publicidade.

Se você quer aprender a monitorar o desempenho do seu negócio e melhorar seus resultados, separamos aqui os principais indicadores de desempenho para comércio eletrônico. Por isso, continue a leitura e saiba como essas métricas podem ser úteis para o seu negócio.

Leia também: 5 dicas para fazer uma boa logística para e-commerce

5 indicadores de e-commerce para ficar atento

1 – Taxa de conversão

Talvez a métrica mais importante para estipular metas. A taxa de conversão nada mais é que a relação entre visitas na sua loja virtual e o número de compras efetivadas.

Ciente desses números, você poderá planejar seus investimentos com base naquilo que seus clientes mais procuram. Porque eles mostram o real desempenho do seu negócio.

Para calcular, é necessário estipular um período de tempo para análise. Depois, divida o número de visitas efetuadas ao site pela quantidade de compras realizadas (isso inclui apenas as que foram pagas e entregues).

Dessa forma, é possível estabelecer os primeiros passos para delinear uma meta a se alcançar, em quanto tempo e de que maneira.

2 – Ticket Médio

É o resultado do cálculo feito com a divisão do número de vendas da empresa pelo valor total arrecadado com essas transações. Esse é um indicador importante para mensurar qual a média de gastos na loja. Sua finalidade é traçar o perfil de gastos da clientela que busca seus produtos.

Para calcular o ticket médio, é necessário estipular data de início e data de fim. Assim, é possível ter uma boa taxa de amostragem sem precisar levantar todo o histórico da empresa.

Mas atenção: cuidado com datas onde a demanda é maior, como Natal, dia das mães ou dos namorados. Pois elas podem fornecer dados inflacionados.

Confira em nosso blog: 10 estratégias de marketing de conteúdo para e-commerce para alavancar suas vendas e fidelizar cliente

3 – Taxa de abandono do carrinho

Esse índice, que estipula quantos clientes simularam uma compra sem finalizá-la, pode chegar a 80%. Os motivos variam, como custo alto do frete, incerteza sobre a compra, dificuldades para se cadastrar, entre outros.

Apesar de ser normal, é necessário sempre trabalhar para diminuir essa métrica, que também é um dos mais importantes indicadores de e-commerce que se deve levar em conta.

Tudo que dificulta a experiência do usuário ao navegar pelo site pode direcioná-lo a outra loja, e um olhar clínico faz total diferença para eliminar gargalos.

Para calcular a taxa de abandono do carrinho, divida o total de compras abandonadas pelas finalizadas. De posse desse dado, estabeleça uma meta para diminuir esse índice, mas não sem antes começar a resolver problemas que você mesmo pode perceber.

Seja transparente quanto a custos de despacho para não surpreender o cliente. Evite exigir cadastros longos e demorados. Reforce os atributos de segurança da sua loja e ofereça condições diferenciadas como parcelamento e frete grátis para compras de maior valor.

4 – Custo de aquisição de clientes

Esse é o KPI mais importante para planejar ações de marketing e publicidade. Ele indica o quanto foi gasto em divulgação na busca de novos clientes para a loja e em quais canais.

O cálculo do CAC é feito dividindo o total investido em um determinado período de tempo e quantos consumidores foram conquistados nesse tempo.

Dessa forma, você vai poder balancear os resultados de todos os canais utilizados para ter dados de qual deles é mais eficiente para o seu objetivo.

5 – Taxa de rejeição

A última dica de indicadores de e-commerce para alavancar os resultados do seu negócio se refere aos clientes que entraram no seu site sem navegar em nenhum outro link além da página inicial da loja.

Essa taxa pode variar dependendo do seu tipo de negócio. No entanto, um valor aceitável para o varejo é entre 20 e 40%.

Se sua taxa de rejeição ultrapassa os 45%, é bom investigar qual a causa desse cenário e se o problema é recorrente. Um valor além desse índice pode traduzir alguns erros de gerenciamento, como páginas pouco atrativas ou disposição incorretas de botões ou links.

Para sanar esse problema, solicite uma avaliação junto ao designer do site. Aprimoramento do layout, inclusão de links chamativos para outros produtos, categorias bem definidas e organizadas são alguns itens que podem tornar a loja mais interessante.

Esses são os 5 principais indicadores para e-commerce que podem te ajudar a gerenciar melhor sua loja virtual. Implemente-os na sua empresa e obtenha insights valiosos.

Agora que você já conhece KPIs de e-commerce, que tal conhecer também alguns KPIs financeiros? Então, dê um olhada nesses aqui:

indicadores de e-commerce

Saiba mais: 5 dicas para e-commerce para alavancar vendas em sua loja virtual

Use um emissor automatizado be notas fiscais em seu e-commerce

Quantas vendas você faz por dia em seu e-commerce? Se você perde um tempo enorme fazendo as notas fiscais dessas vendas, então está na hora de automatizar esse processo. Por isso, use um software como o NFe.io, veja suas vantagens:

Ficou interessado? Então, marque uma conversa com a gente agora mesmo!

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.