Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

5 dicas para e-commerce para alavancar vendas em sua loja virtual

No marketing, user experience, analytics, financeiro e nas ofertas: veja as 5 dicas para e-commerce que você não pode perder.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Desde 1995, com o surgimento da Amazon.com nos EUA, o e-commerce tem crescido consideravelmente ao redor do mundo.

De acordo com a 38ª edição do relatório Webshoppers, realizado pela Ebit, somente no Brasil o comércio eletrônico faturou R$ 23,6 bilhões no primeiro semestre de 2018.

Segundo este último levantamento, o crescimento havia sido de 12% em 12 meses, com expectativa de fechar o ano com mais de R$ 53 bilhões em vendas on-line.

O e-commerce aparece como uma excelente oportunidade para empreendedores se aproximarem de consumidores diversos e ampliarem o conhecimento sobre seus produtos e negócio.

Mas, embora a tendência seja de crescimento, existem algumas dicas para e-commerce que você precisa seguir se quiser alcançar sucesso.

Veja abaixo as 5 dicas para e-commerce que você não pode perder para alavancar suas vendas!

Veja também estas informações do relatório sobre vendas com dispositivos móveis:

dicas para e-commerce

Veja também: Você sabe como emitir nota fiscal de e-commerce? Confira tudo que precisa fazer

5 dicas para e-commerce: prepare-se para vender mais!

1- Invista em marketing e faça um lançamento completo

A principal entre as dicas para e-commerce talvez seja aquela que comece, de fato, pelo início. Se você está começando, não deve apressar o lançamento de sua loja on-line.

Ao invés disso, programe um lançamento completo para sua página. E o que isso significa?

Bem, primeiramente, que você deve investir o quanto puder em marketing. Fazer um bom trabalho de marketing de conteúdo, trabalhar com o SEO de sua página, na criação de um blog e redes sociais. Se houver budget disponível, publicidade paga também poderá ajudar.

O marketing é importante para que você possa criar relacionamento com seu cliente, construir uma confiança on-line. O reconhecimento da sua marca será muito mais natural se os usuários, além de navegarem pelo e-commerce, sentirem que podem conversar com você.

As redes sociais ajudam neste aspecto, para que você tenha uma visão ampla da percepção sobre o seu negócio. Lançar botões de redes sociais, seja para curtir ou avaliar produtos ou mesmo se logar pela rede, pode ser útil.

De acordo com o SEBRAE, as redes sociais – particularmente o Facebook – junto com recursos como chat e WhatsApp vêm ganhando bastante espaço como canais de atendimento e concretização de vendas.

2- Facilite a navegação do usuário (user experience)

Facilitar a navegação do usuário para que ele complete sua jornada de compra de maneira satisfatória é uma excelente dica. Pense nisso quando for lançar seu e-commerce, facilitando a navegação desde o encontro de produtos até o processo de checkout no carrinho.

Plug-ins e ferramentas podem ajudar a montar o seu site. Mas, além de ter uma tela simplificada, a página do e-commerce deve ser responsiva, ou seja, adaptando-se para diferentes dispositivos. Diversos estudos mostram o porquê.

Aquele mesmo relatório Webshoppers, por exemplo, indica que 32% das transações de vendas on-line no período analisado foram realizadas por meio de dispositivos móveis (smartphones e tablets).

Segundo outro levantamento, chamado “Análise do E-commerce no mundo”, o mobile já representa 48% das vendas do varejo on-line no Brasil. Mesmo daquelas compras que são efetuadas pelo desktop, 22% precedem de cliques no ambiente móvel.

Veja mais: Como gerenciar um E-commerce: 7 pontos fundamentais para obter o sucesso de sua loja virtual

3- Faça sempre testes e análises (analytics)

Os testes e análises são necessários antes e depois de lançar uma loja on-line. Afinal, você precisa analisar se o que está entregando atende ou não a expectativa de seu cliente. Portanto, mais uma das dicas para e-commerce é fazer testes A/B e se necessário usar ferramentas para análise de dados.

Coletar informações de clientes e criar bancos de dados também ajuda a entender melhor seus produtos e auxiliar em lançamentos futuros.

Em resumo, conhecer suas métricas será fundamental. Primeiramente, para continuar evoluindo, acompanhando tendências e gostos de seus clientes, criando até mesmo funis de vendas personalizados. E, depois, para entender custos médios por cliente e descobrir meios para aumentar seu lucro.

 

Confira em nosso blog: Loja virtual: melhores meios de pagamento para e-commerce

4- Diferencie-se em suas ofertas e entregas

Por fim, mas essencial entre as dicas para e-commerce, você deve se diferenciar em todas as suas ofertas! Existem várias maneiras de fazer isso na internet.

Você pode, por exemplo, oferecer vantagens para que os usuários conheçam seu serviço – que seja um frete grátis. Além de oferecer um produto diferenciado e com extrema qualidade, as entregas rápidas também podem ser diferenciais.

Mais uma dica seria oferecer pacotes de produtos complementares. Sabe quando você está com um produto no carrinho, pronto para finalizar a compra, mas o site te indica uma espécie de “combo” ou mostra o que outras pessoas também compraram com esse produto? É uma boa forma de chamar a atenção e aumentar seus ganhos.

A ideia é pensar sempre em formas de oferecer o que eles não conseguem em nenhum outro e-commerce. Pense no que eles podem precisar e se antecipe às necessidades sempre que possível.

Qual dessas dicas para e-commerce você já adotou ou pretende adotar em sua loja virtual? Tem mais alguma em mente? Compartilhe!

Saiba mais: Confira 4 estratégias de marketing digital para e-commerce para venda cada vez mais

5- Foque em produtividade para emitir notas e organizar o financeiro

O seu e-commerce precisará de acompanhamento não somente no marketing, user experience e analytics, como também na parte financeira. Você precisará focar em produtividade desde a emissão de notas fiscais, por exemplo, uma vez que o processo é necessário para legalizar as operações de venda do negócio.

A NFe.io é uma ferramenta que emite notas fiscais automaticamente, simplificando a contabilidade da empresa e oferecendo maior disponibilidade de mão de obra para o setor financeiro.

Os processos exaustivos para emissão de NFes são substituídos por produtividade ao adotar o sistema simplificado, que oferece comodidade e todas as informações necessárias tanto para você quanto para seu cliente do e-commerce.

Além disso, é possível extrair relatórios para otimizar a gestão financeira do negócio.

Veja mais vantagens do NFe.io:

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.