Loja virtual: melhores meios de pagamento para e-commerce

Tempo de leitura: 7 minutos

Aderir aos meios de pagamento para e-commerce é dar o primeiro passo para ampliar vendas e fazer seu negócio deslanchar na internet.

Com tecnologia avançada, softwares e plataformas virtuais oferecem segurança, praticidade e gerenciamento em ambientes virtuais.

Os meios de pagamento normalmente são transferências bancárias, boleto, cartões de crédito e débito e carteiras virtuais, adotadas por bandeiras como Visa e Mastercard.

Veremos como cada um desses meios de pagamento para e-commerce funcionam.

Mas a maneira de operacionalizar isso pode variar.

Você pode tentar fazer isso por conta própria (muito difícil e caro), usar gateways de pagamento, intermediadores, serviços SaaS com lojas prontas, entre outros.

Nota fiscal emitida em massa via excel?

Na NFE.io você conta com emissão automática de nota fiscal em massa via Excel. O que acha?

Emita muitas NFS-e sem burocracia!
Disponibilizamos para você a alternativa de emitir via excel, de forma simples, rápida e eficiente.
Experimente gratuitamente!

Nesta postagem, você vai entender tudo sobre meios de pagamento para e-commerce.

Confira: Como receber pagamentos online e vender mais pela internet

Meios de pagamento para e-commerce

Diversas tecnologias avançadas estão a disposição dos empreendedores virtuais para que os meios de pagamento para e-commerce funcionem naturalmente e se tornem parte do dia a dia da empresa, gerando mais vendas.

Entenda como isso funciona:

1- Transferência bancária

A transferência bancária faz o consumidor ter toda a responsabilidade de efetuar o pagamento dentro do prazo estipulado pela loja.

Após comprar um produto, ele é o único envolvido na decisão do pagamento, ao contrário do cartão de crédito em que o serviço de gestão de pagamento automatiza compras através de um clique, tornando a conclusão de vendas mais práticas.

A desvantagem é a alta taxa de cancelamento da compra, já que dá margem e tempo para que o cliente desista da transação.

A vantagem é que o consumidor não precisa ter cartão de crédito ou débito, muito menos inserir dados bancários em ambientes de pagamentos.

2- Boleto bancário

Forma de pagamento popular no e-commerce no Brasil, os boletos bancários são títulos de cobrança emitidos pela loja ao comprador.

O cliente faz o pagamento da quantia diretamente em um banco.

Não há necessidade de dados de cartões de crédito ou débito ou qualquer dado pessoal.

Por outro lado, boletos têm prazo de até 5 dias úteis para serem compensados após o pagamento.

Ou seja, a empresa precisa esperar este prazo para contar efetivamente com a venda efetuada.

Além disso, corre o risco de perder a venda caso o cliente desista de pagar, cancelando ou adiando a compra.

Empresas podem emitir boleto bancário com a ajuda de softwares de gestão ou abrindo uma conta corrente em bancos tradicionais.

Saiba mais: Taxa de emissão de boleto: entenda esse custo para seu negócio

3- Gateway de pagamento

Sistemas integrados de pagamentos, os gateways já representam boa fatia entre os meios de pagamento para e-commerce disponíveis no mercado.

Eles são responsáveis por transmitir informações do consumidor para os bancos, garantindo que a compra seja realizada com sucesso.

Geralmente, o gateway traz embutido um gestor de finanças para ajudar o empresário a controlar suas vendas com assiduidade.

Também entrega mais rapidez nas transações comerciais, antecipando a aprovação de compras.

Alguns exemplos de serviços gateway são:

  • PayU
  • Mundipagg
  • PagSeguro
  • SafetyPay
  • Pagar.me

4- Intermediário de pagamento

Entre os Este é outro dos  meios de pagamento para e-commerce disponíveis para sua loja, está o chamado Intermediário de Pagamento, plataforma online que oferece modalidades amplas de pagamento com cartão de crédito, débito e transferência.

O PayPal é um dos exemplos mais conhecidos.

A vantagem do serviço está na falta de burocracia para contratação, visto que o lojista precisa apenas ter uma conta na plataforma e pagar a taxa referente a cada venda realizada.

Se não vender, não paga.

A desvantagem fica por conta da taxa de rejeição de compra.

O problema é o mesmo que ocorre com o boleto e transferência, já que o comprador precisa acessar uma página externa para finalizar sua compra.

Por isso, muitos intermediários de pagamento têm oferecido opções de checkout transparente, em que o comprador nem percebe que saiu do ambiente da loja virtual.

5- Carteira digital

Já ouviu falar nas carteiras digitais?

O comprador usa apenas um login para fazer compras na internet.

No Brasil, o Visa Checkout e o Masterpass oferecem essa alternativa entre os meios de pagamento para e-commerce.

Funciona da seguinte forma:

  • o consumidor se cadastra na empresa (VIsa, MasterCard ou outra) para obter a carteira digital;
  • insere seus dados bancários e de seus cartões;
  • depois, passa a poder pagar contas apenas usando o login, sem uso de dados e números bancários.

A lógica é que no cadastro do cliente, todas as informações bancárias e de cartões tenham sido registradas para que, no ato da compra, etapas como o preenchimento de dados não sejam mais necessárias, apenas o login.

É mais rápido e prático que outros Este é outro dos  meios de pagamento para e-commerce.

6- Meios de pagamento para e-commerce em WordPress

Tecnicamente, qualquer loja online pode receber plataformas de pagamentos desde que tenha as ferramentas embutidas na página e que estas sejam capazes de se comunicarem com bancos e realizar transações.

Isso também vale para lojas desenvolvidas com WordPress.

Os meios de pagamento para e-commerce integrados ao WordPress são os mesmos de sites desenvolvidos em HTML e open source.

Ou seja, o empresário que deseja economizar no desenvolvimento do site construindo sua loja virtual em WordPress, pode aceitar os mesmos meios de pagamento de uma loja construída sem a plataforma.

São eles:

  • Cartão de crédito;
  • Cartão de débito;
  • Transferência bancária;
  • Boleto bancário;
  • Gateway;
  • Intermediário de pagamento;
  • Carteira Digital.

Para esses sites feitos em WordPress, a melhor saída é incorporar plugins específicos voltados para o e-commerce, como o WooCommerce.

Eles são responsáveis por customizar a interface de uma página e gerar botões de venda com mais praticidade.

Quando um site faz integração de e-commerce com o WordPress, pode optar pelas soluções de gestão de pagamentos apresentadas pelas empresas.

No Brasil, a lista das plataformas mais usadas são:

  • PagSeguro;
  • PayPal;
  • Moip;
  • PayU (Antigo BCash);
  • Pagar.me;
  • Itaú ShopLine;
  • Mercado Pago.

7- Soluções SaaS: lojas prontas para usar

Outra alternativa entre os meios de pagamento para e-commerce disponíveis, são as plataformas SaaS (Software as Service – Software como Serviço) de lojas virtuais.

As plataformas SaaS para e-commerce permitem que o consumidor efetue compras de forma segura, simples e rápida.

E o vendedor, com sua loja virtual pronta em poucos cliques, recebe o dinheiro e tem controle de seus pagamentos realizados na rede.

A SaaS funciona em um esquema de pagamento mensal recorrente e oferece recursos avançados como emissão de nota fiscal e gerenciamento de contas.

Não é preciso instalar programas. Tudo é feito online através do ambiente do próprio e-commerce criado pela empresa SaaS.

Veja as principais empresas de host que integram SaaS em lojas virtuais:

A interação dos meios de pagamento para e-commerce com o serviço é feita automaticamente e aceita, como principais, as seguintes formas de recebimento:

  • Cartão de débito;
  • Cartão de crédito;
  • Boleto bancário.

Você entendeu que existem diversos meios de pagamento para e-commerce que podem ser gerenciados de diferentes formas?

Qualquer dúvida, é só deixar sua pergunta nos comentários.

E se seu e-commerce precisar de um gerenciador de notas fiscais, pode contra com o NFE.io, que entre diversas vantagens, oferece desconto na emissão do certificado digital.

Cansado de verificar venda por venda para imprimir a nota fiscal?

Agilize o envio dos seus produtos para o cliente com a emissão de nota fiscal automatizada

Vendeu, gerou a nota em PDF!
Melhore a sua performance com menos trabalho manual
Quero automatizar emissão de notas


Quer receber mais conteúdo de graça?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu comentário abaixo. O seu e-mail não será divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Está cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x