Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Checkout de pagamento: o que é, como funciona e quanto influencia nas suas vendas?

Diminuir o abandono de carrinho e oferecer mais segurança aos clientes. Veja a importância do checkout de pagamento e como escolher o ideal

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Você sabe a real importância do checkout de pagamento para o seu comércio eletrônico?

De acordo com um levantamento feito pelo Baymard Institute, instituto independente de pesquisas, existem diversos motivos que levam ao abandono de carrinhos. Porém, o checkout está entre os principais.

Segundo a pesquisa, somente a falta de confiança para informar dados do cartão de crédito representam 17% das desistências.

No entanto, o mesmo estudo apontou que apenas alguns ajustes na funcionalidade ou layout da finalização de compra pode levar a um aumento de 35,26% da taxa de conversão. 

Ou seja, o checkout de pagamento é uma etapa que influencia diretamente na sua lucratividade. 

Sabendo de tudo isso, qual seria então o sistema de checkout mais adequado para o seu negócio? Como esse processo funciona? O que não pode faltar? É o que vamos esclarecer agora!

O que é checkout de pagamento?

Checkout significa verificação de saída, ou seja, um processo que precisa ser realizado para que algo seja concluído.

No caso dos comércios eletrônicos, trata-se da etapa na qual o consumidor finaliza a compra. Ou seja, é quando seu cliente escolhe os produtos que deseja comprar e segue para a tela de pagamento, finalizando assim o pedido.

Qual a importância do checkout no comércio eletrônico?

Essa fase tem tanto peso que se tornou um dos principais motivos de abandono de carrinho que, por sua vez, é o maior pesadelo dos donos de e-commerce.

Entre os diversos dados levantados na pesquisa do Baymard Institute, citada no início deste artigo, uma das perguntas feita aos entrevistados foi: “Você abandonou alguma compra on-line durante o processo de checkout nos últimos 3 meses? Se sim, por quais razões?

O resultado pode ser visto neste gráfico:

Fonte: Baymard Institute

  • taxas elevadas: 53%
  • necessidade de criar uma conta no site: 31% 
  • processo de checkout longo/complicado: 23%
  • não conseguir ver antes de finalizar o valor total do pedido: 20%
  • falta de confiança em fornecer dados do cartão de crédito: 17%
  • prazo de entrega longo: 16%
  • site com erros/falhas: 15%
  • política de devolução insatisfatória: 10%
  • poucas opções de meios de pagamento: 6% 
  • cartão de crédito recusado: 4%

Dos motivos relacionados ao pagamento, temos a média de 1 a cada 4 clientes desistindo da compra por considerar que o processo era muito longo ou complicado.

Além disso, não podemos deixar de lado a falta de confiança em fornecer dados bancários e a baixa oferta de meios de pagamento, que juntos representam 23%. 

Com isso, os três principais motivos de abandono de carrinhos devido ao checkout de pagamento oferecido somam 46% dos casos.

Quais são os tipos de checkout de pagamento mais utilizados?

Para evitar que o seu e-commerce faça parte dessa estatística, é fundamental escolher um checkout de pagamento que atenda bem o seu negócio e, claro, os seus clientes.

O primeiro passo para acertar nessa escolha é conhecer os tipos de checkout mais comuns, que são o padrão (ou tradicional) e o transparente.

Checkout padrão

O checkout padrão é aquele que acontece fora o ambiente da sua loja virtual. Ou seja, quando o cliente chega à etapa de pagamento é direcionado para outra tela para finalizar a compra.

Nesse modelo, abre-se a página do intermediador de pagamento, tais como PayPal, PagSeguro, entre outros. É nessa URL que as informações bancárias devem ser inseridas.

Ainda que seja uma opção segura, muitas pessoas têm receio de fornecer dados em outra página que não seja da loja que está comprando. Por esse motivo é preciso analisar os prós e os contras desse tipo de checkout antes de escolher.

Checkout transparente

Já no checkout transparente todo o processo de pagamento é realizado sem que o cliente saia do seu site, o que acaba transmitindo mais segurança e credibilidade.

Esse modelo de finalização de compra também contribui para otimizar o processo, melhorando a experiência do cliente e ajudando a aumentar as taxas de conversão.

No checkout transparente a comunicação do seu e-commerce com o intermediador de pagamento é feita através da integração de uma API (Application Programming Interface, em português, Interface de Programação de Aplicações).

O sistema recebe os dados bancários, processa as informações e informa o resultado ao cliente, tudo sem precisar direcioná-lo para outra tela. 

O que considerar na hora de escolher um sistema de checkout?

Independentemente de qual seja a sua escolha entre esses dois modelos, existem algumas características que um bom checkout de pagamento deve ter.

Meios de pagamento aceitos

Uma das maneiras de evitar abandono de carrinhos é oferecendo diferentes formas de pagamento aos seus clientes.

Por isso, ao escolher o checkout, certifique-se quais meios de pagamento são aceitos, tais como débito, crédito, boleto bancário e transferência.

No caso dos cartões de crédito, vale verificar as bandeiras aceitas, bem como a opção de parcelamento.

Além de tudo isso, é importante garantir que o processo de finalização seja o mesmo para todos os meios. Ou seja, uma forma de pagamento não deve ser mais complexa de ser concretizada do que a outra.

Taxas cobradas

As taxas cobradas pelos intermediadores de pagamento também devem se consideradas na hora da escolha. Isso porque essas despesas devem ser cobertas pelas vendas. Caso sejam muito elevadas, podem comprometer o preço final dos seus produtos.

Por isso, analise as opções de planos e o custo-benefício de cada serviço. Dessa forma, você evita impactos negativos no seu volume de vendas.

Segurança 

Transmitir segurança ao seu público, no momento do pagamento, é essencial para trazer credibilidade para a sua marca e, assim, vender mais.

Para garantir que os dados bancários dos seus clientes sejam preservados no processo de checkout, atente-se a questões como certificação, selos de segurança, sistema antifraude, entre outros recursos.

Integração e parametrização

A integração do sistema de checkout ao seu site é um processo que deve ser simples, porém eficiente. 

Para isso, a ferramenta escolhida precisa ser compatível com a sua loja virtual para, assim, garantir responsividade e informações corretas.

Além disso, a solução deve ser de flexível, permitindo que parametrize as regras de pagamento e de frete do seu negócio.

Agilidade

Por fim, o checkout de pagamento deve facilitar a vida do consumidor. Por isso, a solução mais indicada é aquela que pode ser realizada em poucos cliques, que oferece cadastro simples e de fácil preenchimento.

Quanto mais ágil e intuitiva for a tela de pagamento, menores as chances de o cliente desistir da compra.

Quais as vantagens de escolher boas ferramentas? 

Assim como o sistema de checkout, que influencia diretamente no seu volume de vendas, existem outros aspectos que podem contribuir para o crescimento da sua empresa. 

Por conta disso, a escolha das ferramentas utilizadas deve ser vista com parte da estratégia do seu negócio.

Otimizar processos, por exemplo, aumenta a produtividade da sua equipe e o nível de satisfação dos clientes.

Com a NFe.io você emite notas fiscais automaticamente, diminuindo o tempo empregado nesse processo. 

O sistema oferece diversas outras funções, tais como:

Entre em contato agora com um de nossos consultores e conheça todas as funcionalidades da NFe.io. 

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.