NFE.io
NFE.io

Entenda qual a importância da emissão de Nota Fiscal Eletrônica NF-e

Saiba porque existe, para quem é obrigatória e como a emissão de nota fiscal eletrônica pode facilitar o dia a dia de sua empresa.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Implantada oficialmente no Brasil em 2008, a emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) surgiu como parte do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), que tem como objetivo tornar todos os documentos fiscais e escriturários do Brasil eletrônicos.

Como esse processo de implantação é progressivo, o documento não era obrigatório para grande parte das empresas; mas os casos de obrigatoriedade também aumentaram gradativamente de 2008 para cá.

Para conseguir fazer a emissão de nota fiscal eletrônica, é preciso estar cadastrado no sistema eletrônico de certificações digitais. Isso inclui, primeiramente, a criação de um e-CNPJ, um documento que é a versão eletrônica do convencional CNPJ – Cadastro Nacional da Pessoa Jurídicas.

O sistema permite ainda uma série de funcionalidades, como a assinatura digital e a validação remota de documentos e transações.

Se você quer ou precisa começar a fazer a emissão de notas fiscais eletrônicas, selecionamos abaixo as principais perguntas acerca do tema.

Confira as informações para poder ficar por dentro desse sistema de emissão e garantir que a sua empresa está fazendo tudo dentro dos conformes.

Saiba mais: Passo a passo completo: Como solicitar certificado digital

Entenda qual a importância da emissão de Nota Fiscal Eletrônica NF-e

Separamos 3 temas fundamentais para quem quer ficar por dentro dos detalhes de como emitir Nota Fiscal Eletrônica, leia com atenção!

1- Por que existe uma versão digital da nota fiscal?

A NF-e tem como objetivo substituir a versão impressa das notas fiscais e facilitar o processo de controle e prestação de contas. Além de ser mais rápida e prática, a nota fiscal eletrônica também fica armazenada nos arquivos do sistema de emissão e pode ser solicitada a segunda via em caso de perda ou esquecimento.

Imagine o seguinte: antes da chegada da internet e dos computadores, tudo era manual. Se algum tipo de dano acontecesse com os arquivos das notas fiscais – tanto dentro da empresa quanto nos fornecedores ou nos órgãos reguladores – não havia formas de comprovação das transações.

Disso decorriam problemas variados, que iam desde questões legais acerca de compra e venda até a situações mais graves, como investigações por sonegação e outros delitos, que agora podem ser resolvidas muito mais facilmente.

2- Quem é obrigado a emitir nota fiscal eletrônica?

Todas as empresas que se encaixam nas categorias contempladas pela emissão de nota fiscal eletrônica devem obrigatoriamente fazer esse processo.

Se a sua empresa está em uma categoria obrigatória e você não emite a NF-e – mesmo que tenha emitido a nota fiscal impressa – pode ser considerado um caso de fraude tributária.

Não deixe que isso aconteça. Fique atento às mudanças na legislação para ver se a sua empresa precisa ou não aderir a esse tipo de sistema.

Veja também: Quem é obrigado a emitir Nota Fiscal?

3- Como a NF-e se articula no dia a dia da empresa?

É inegável o fato de que a emissão de nota fiscal eletrônica facilita bastante o dia a dia da empresa. É muito mais rápido e fácil fazer isso por meio de um sistema eletrônico, em que grande parte das informações podem ser recuperadas automaticamente a partir de informações já salvas, do que manualmente.

O tempo de espera também não tem comparação. O que poderia levar horas e até dias – entre o preenchimento e o registro oficial da nota impressa – agora leva poucos segundos, já que o sistema de emissão de nota fiscal eletrônica NF-e é interligado com o da Receita Federal, que já valida os dados e autoriza a emissão.

Além disso, o arquivamento se torna muito mais fácil. Você pode manter as notas fiscais diretamente no sistema e utilizar as ferramentas de busca para encontrar o que precisa. Por meio de palavras-chave – como o nome do produto vendido ou de algum outro detalhe – você encontra rapidamente a NF-e desejada.

Na hora de fazer balanços e faturamentos gerais, tudo se torna mais fácil: é só selecionar os arquivos de certo período ou de certo cliente. Isso garante o máximo de rapidez e segurança na hora de fazer a contabilidade e os processos tributários de sua empresa.

Entendeu como a emissão de Notas Fiscais Eletrônicas pode ser útil para seu negócio?

Não perca mais tempo, faça a integração rápida do seu meio de pagamento com o sistema de emissão de Nota Fiscal Eletrônica, conheça o NFe.io e poupe horas de tarefas chatas e repetitivas.

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comentários 4