Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Como emitir nota fiscal em São Paulo: veja o passo a passo

Como emitir nota fiscal em São Paulo: confira o guia completo neste tutorial ilustrado além de diversas outras dicas para emissão de NFe

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Prestadores de serviço emitem nota fiscal sobre seus serviços ou produtos para dar autenticidade aos seus negócios. Com o surgimentos de novos empreendedores na cidade, muitos ainda não sabem como emitir nota fiscal em São Paulo, mesmo conhecendo sua importância.

A Nota Fiscal é um documento gerado pelo município que traz legitimidade às transações comerciais. Crescimento empresarial e novas oportunidades de negócios são abertas para quem faz emissão de nota fiscal em São Paulo, já que muitos clientes exigem o documento para efetivar suas compras de forma legal.

Nesta postagem, além de um tutorial passo a passo para emissão de nota fiscal eletrônica de serviço em São Paulo, você vai poder sanar diversas outras dúvidas.

Veja também: Quais são os dados necessários para emissão de Nota Fiscal?

Quem pode emitir nota fiscal em São Paulo?

Segundo a prefeitura de São Paulo, cerca de 20 milhões de prestadores de serviços emitem notas fiscais mensalmente no município. Qualquer empreendedor, seja autônomo, Microempreendedor Individual (MEI) ou outro tipo de empresário pode aprender como emitir nota fiscal em São Paulo e fazer isso sem baixar programas.

A regra para emissão de nota fiscal em São Paulo é que o profissional ou empresa esteja fornecendo um serviço a uma empresa privada ou pública. Os prestadores de serviços podem ser:

  • MEI;
  • Empresas (pequeno, médio e grande porte);
  • Pessoas físicas (autônomos).

Antes de emitir nota fiscal em São Paulo, fique atento a alguns detalhes

Antes de aprender como emitir nota fiscal em São Paulo, é importante saber que tanto os Microempreendedores Individuais (MEI), pessoas físicas, quanto os empresários (donos de empresa de qualquer porte) devem possuir acesso ao sistema da prefeitura para fazer a emissão de nota fiscal em São Paulo.

Para ter acesso ao sistema, o empreendedor precisa de uma senha web ou de certificado digital. Os requerentes podem ser divididos em:

Pessoa física e MEI

Para ter acesso ao sistema, a pessoa física e MEI (Microempreendedor Individual) precisam ter uma senha web. Ela deverá ser desbloqueada pelo empreendedor ou autônomo em uma subprefeitura, pessoalmente.

Pessoa jurídica (com CNPJ)

O acesso ao sistema é obtido através do certificado digital da empresa, ou seja, o documento de identidade virtual, como o e-CNPJ (CNPJ eletrônico). O documento é utilizado apenas para pessoa jurídica não optante pelo Simples Nacional.

É necessário que o interessado vá até a praça de atendimento da Secretaria de Finanças e Desenvolvimento Econômico para pedir o desbloqueio da senha. Com o desbloqueio efetuado, será possível saber como emitir nota fiscal em São Paulo.

Agora que você já sabe todos esses detalhes, confira o passo a passo para emissão de Nota Fiscal em São Paulo.

Confira também: Você sabe como funcionam os programas para emissão de Nota Fiscal Eletrônica?

Passo a passo para emitir nota fiscal em São Paulo

Passo 1:

Acesse o site da prefeitura www.notadomilhao.prefeitura.sp.gov.br e, ao lado direito da tela, clique no botão verde “acessar o sistema”.

Como emitir nota fiscal em São Paulo

Passo 2:

  • Faça o login inserindo nome de usuário e CPF em caso de pessoa física, ou usuário e CNPJ em caso de pessoa jurídica.
  • Em seguida, insira a senha web.
  • Clique no botão “Entrar”.
  • Para quem possui Certificado Digital, a opção de acesso fica um pouco mais acima do campo usuário e senha, bastando acessar o link “Clicando aqui” da página.

Como emitir nota fiscal em São Paulo

Passo 3:

Abre-se, então, a página inicial com opções para alteração de dados e o botão para emissão de nota fiscal.

  • Vá ao lado esquerdo da tela, siga até o botão “Emissão de nfse” (é a quarta opção da lista).

Como emitir nota fiscal em São Paulo

Passo 4:

  • Clique neste botão e, em seguida, preencha os dados da empresa para a qual o serviço será prestado.
  • Os dados requeridos nesta etapa são CPF ou CNPJ.
  • Após preencher, clique em “Avançar”.

Como emitir nota fiscal em São Paulo

Passo 5:

Uma nova página vai se abrir para que seja possível verificar todos os dados do empresa destinatária da nota fiscal. Em muitos casos, como nesta imagem, os dados estão preenchidos.

Como emitir nota fiscal em São Paulo

É necessário completar com todos os campos obrigatórios da página.

Passo 6:

Agora, é hora de preencher os dados referentes ao endereço, fazer uma descrição de produto, inserir o valor total da nota, data de vencimento e outros. Nem todos os campos precisam ser preenchidos, apenas aqueles que a página julgar necessários.

Por fim, após conferir todos os dados na mesma página, basta clicar em “Emitir”. A página oferece opção de enviar a nota fiscal de São Paulo por email ou fazer uma impressão na hora.

Como emitir nota fiscal em São Paulo

No campo “Discriminação dos serviços” é onde há informações importantes para você e para o destinatário.

Por exemplo, vale informar o tipo de serviço prestado, metragem, tipo de solicitação, materiais utilizados e o tipo de serviço executado. Essas informações não são obrigatórias, mas são válidas  para informar com detalhes qual o tipo de serviço está sendo oferecido.

Outros pontos importantes ao fazer a emissão da Nota Fiscal Eletrônica em São Paulo

  • Caso o empreendedor não queira incluir os detalhes da transação, basta apenas escrever nesse campo “Prestação de serviços”. Data de vencimento e dados bancários também podem ser discriminados nesta etapa.
  • Perceba que há a opção de “Valor total da Nota”, em que deve se colocar o valor total do serviço, sem deduções ou descontos. É o valor integral do serviço. Por exemplo, se o empreendedor vendeu um serviço por R$ 1.345,00, basta escrever exatamente este valor.
  • O campo “ISS é retido pelo tomador?” é preenchido automaticamente, de acordo com o seu código de serviço.
  • Logo abaixo, há o campo “Substituição de Recibos Provisórios de Serviços RPS por Nfs-e” que deve ser preenchido se sua empresa emite recibos provisórios e substitua-os no momento da emissão.

O processo de como emitir nota fiscal em São Paulo é mais simples do que parece. Com o passar do tempo, esta tarefa ficará mais familiar para o prestador de serviço, que poderá usar a emissão de nota fiscal da prefeitura de São Paulo para garantir novas parcerias, mais vendas e mais confiança em suas transações comerciais.

A emissão de nota fiscal na prefeitura de São Paulo, assim como em todos os demais municípios brasileiros, é de responsabilidade do prestador de serviço para com o destinatário comprador (empresa ou pessoa física).

Sem a nota, mercadorias podem ser apreendidas e impedida a sua comercialização.

Veja mais: Entenda qual a importância da emissão de Nota Fiscal Eletrônica NF-e

Como fazer o controle e a emissão de tantas notas?

Usar um gerenciador de notas fiscais é uma saída adotada por muitas empresas.

Todo processo é automatizado, do cálculo dos impostos à emissão das notas. Um sistema como o NFe.io, por exemplo, oferece funcionalidades extras, como um painel de controle com todo o histórico de suas notas emitidas, serviços de consultas diversas e até desconto na emissão do certificado digital.

Veja mais detalhes aqui: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 2