Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

5 etapas de como emitir nota fiscal eletrônica DF e validar transações comerciais

Você sabe como emitir nota fiscal eletrônica DF? Conhece mesmo todos os detalhes da NFe no Distrito Federal? Veja o passo a passo completo.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Independentemente do local onde são emitidas, as notas fiscais eletrônicas têm sempre o mesmo propósito de validar as transações comerciais.

A substituição do documento em papel para a versão on-line trouxe diversos benefícios para as empresas e seus clientes. Tais como a redução de custos na impressão e armazenagem de documentos fiscais, além da segurança reforçada por meio de uma assinatura digital.

O documento fiscal serve para que a empresa cumpra suas obrigatoriedades fiscais e para garantir o recolhimento correto de impostos. Por isso, como não tem como fugir desta responsabilidade, as NFes, mais especificamente, facilitam a organização e gestão dos negócios responsáveis pelas notas.

Saiba como emitir nota fiscal eletrônica DF, passo a passo e todas as particularidades da região! Assim, você sempre estará seguindo as obrigações tributárias de sua empresa!

Vek\ja também: Como emitir nota fiscal eletrônica MG: tudo sobre a NFe em Minas Gerais

NFe no Distrito Federal

A nota fiscal eletrônica (NFe) começou a vigorar no DF há poucos anos. Assim como em outras localidades, trata-se de um documento fiscal emitido e armazenado de forma 100% eletrônica para comprovar as vendas e circulações de produtos ou a prestação de serviços.

Saber como emitir nota fiscal eletrônica DF é essencial, uma vez que alguns requisitos são necessários para garantir que tudo esteja ok. A assinatura digital, por exemplo, é um desses requisitos, que garante confiabilidade e a aceitação do documento on-line pelo Fisco.

Antigamente, era possível emitir NFes gratuitamente por um emissor da Sefaz, porém ele foi descontinuado. Por isso é importante saber exatamente como emitir nota fiscal eletrônica DF passo a passo.

Outra particularidade é que, desde março de 2018, até mesmo os Microempreendedores Individuais (MEIs) no DF tiveram que começar a adotar a nota fiscal eletrônica, substituindo o modelo anterior de emissão, que acontecia por meio da nota fiscal avulsa.

Desse modo, a mudança, segundo a Receita Federal, modernizaria a emissão do documento e garantiria mais segurança tanto para o contribuinte, como para seus clientes e para o Estado.

O Distrito Federal ainda oferece aos contribuintes a possibilidade da emissão da nota conjugada. Ou seja, uma NFe que compreende produtos e prestação de serviços quando estão juntos, em uma mesma operação de venda.

E agora, vamos à parte prática?

Confira também em nosso blog: Como emitir nota fiscal de produto e assegurar tranquilidade em todas as suas vendas

Como emitir nota fiscal eletrônica DF passo a passo

Existem 5 passos que você deve seguir para conseguir emitir suas notas fiscais eletrônicas no DF. Veja com mais detalhes cada uma dessas etapas.

1- Valide o CNPJ e a IE

Antes de mais nada, você precisa certificar-se de que o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da sua empresa esteja válido. Além disso, deve ter um cadastro de Inscrição Estadual (IE).

É possível solicitar a inscrição de Cadastro Fiscal do Distrito Federal (CF-DF) pelo Agênci@Net. Já quem não tem CNPJ deve acessar o site da Junta comercial do Distrito Federal e seguir as recomendações para cadastro.

2- Adquira um certificado digital para a sua empresa

O próximo passo é adquirir um certificado digital para a sua empresa, no padrão ICP-Brasil. O documento chama-se e-CNPJ e será a assinatura digital da sua companhia.

Com ele, você poderá assinar suas notas à distância e garantir que todas elas possam ter validade fiscal, oferecendo segurança às transações.

O certificado deve ser adquirido por meio de uma Autoridade Certificadora (AC) credenciada e costuma custar a partir de 150 reais. Algumas opções podem ser consultadas pelo site do ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação). Você pode escolher aquela que oferece o melhor custo-benefício para a sua empresa.

Não sabe como adquirir o certificado digital? Então, confira este passo a passo:

Como solicitar certificado digital

3- Faça o credenciamento como emissor de NFe

Ainda será preciso fazer um credenciamento específico para permitir a emissão de notas fiscais eletrônicas. Ele pode ser feito através do portal DEC (Documento Eletrônico do Contribuinte), informando o CNPJ e o certificado digital.

O mesmo endereço na web também serve para verificar se a empresa está habilitada para emitir NFes. A ideia é que um dia após o credenciamento sua empresa já esteja liberada para emitir seus documentos fiscais sem problemas.

4- Adquira e instale um app emissor de NFe

Assim como em vários outros estados, no Distrito Federal é necessário que o contribuinte adquira um software emissor de NFe para emitir de fato suas notas.

Mesmo quando há opções gratuitas, como a disponibilizada pela Secretaria de Fazenda de São Paulo, o processo pode travar e prejudicar a assertividade na emissão das notas, e o mais recomendado é adquirir um serviço pago e confiável.

O bom é que existem inúmeras empresas que oferecem esse serviço, e algumas até mesmo especialistas em emissão automatizada de notas fiscais. Nesses casos, a própria plataforma pode instalar o aplicativo emissor na máquina responsável pelas emissões de NFes.

5- Após o teste, basta começar a emitir suas notas

Você pode usar o sistema emissor e conhecer como funciona o processo em uma fase de testes (procedimento aconselhável). Em seguida, se estiver tudo certo, o contribuinte já pode começar a emitir sua NFe pelo aplicativo, bastando preencher os dados da prestação de serviço ou do produto.

Ao gerar o arquivo eletrônico seguindo esses passos, todas as informações fiscais da operação comercial estarão assinadas digitalmente pelo emitente. Vale dizer que o modelo da NFe ainda contempla o chamado DANFE (Documento Auxiliar da Nota fiscal eletrônica).

Assim, este é o documento que acompanha o trânsito da mercadoria e é impresso para representar a NFe.

Com a chave de acesso informada no DANFE, você poderá consultar a nota fiscal eletrônica pela internet a qualquer momento. Basta informar a chave de acesso. O documento também facilita a confirmação de informações da NFe pelos postos fiscais no DF e em outros estados.

Ainda com dúvidas? Etão, confira este tutorial criado pelos SEBARE. Ele tem um passo a passo geral para emissão de NFe:

Agora você já sabe como tirar nota fiscal eletrônica DF, mas que tal facilitar o processo e automatizar a emissão de suas notas?

Saiba mais: Nota fiscal emitida errada: o que fazer? Veja as 4 soluções possíveis

A especialista NFe.io tem o sistema ideal para auxiliar empresas diversas no Distrito Federal! Quer mais informações? Entre em contato com a gente!

Com o Nfe.ie você pode:

Saiba mais sobre o NFe.io: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.