Como calcular capital de giro? Descubra e mantenha a sa√ļde financeira da sua empresa!

Tempo de leitura: 6 minutos

Saber como calcular capital de giro √© fundamental para o crescimento da sua empresa, afinal, essa tarefa tem liga√ß√£o direta com a sa√ļde financeira do seu neg√≥cio.

Isso porque o capital de giro é o valor que a sua empresa precisa dispor para honrar com os seus compromissos financeiros e manter as atividades.

Por exemplo, com o capital de giro você pode pagar fornecedores, funcionários, impostos e muito mais.

Est√° cansado de emitir suas notas fiscais uma por uma?

Na NFE.io √© poss√≠vel se livrar dessas tarefas repetitivas atrav√©s de integra√ß√Ķes com meios de pagamento, plugins, planilha do excel ou conectando diretamente com a nossa API.

Quero otimizar meu tempo

Ou seja, sem saber como calcular capital de giro fica um tanto complicado quitar essas despesas e manter o seu negócio funcionando, concorda?

Pensando nisso, criamos este passo a passo de como fazer esse c√°lculo, com exemplos e toda a import√Ęncia desse processo.

Confira agora!

O que é capital de giro?

O primeiro passo para saber como calcular capital de giro é entender de forma mais completa o que se trata esse conceito.

Capital de giro √© o recurso financeiro que uma empresa precisa dispor para manter as suas opera√ß√Ķes.¬†

Em outras palavras, consiste em um determinado valor que precisa ficar reservado para arcar com todas as despesas de um negócio.

Quando falamos em despesas, estamos nos referindo a diversos compromissos financeiros que precisam ser quitados para que a empresa continue em atividade, tais como aluguel e demais contas fixas mensais, sal√°rio dos colaboradores, pagamento de fornecedores, impostos etc.

Como calcular capital de giro?

Teoricamente, aprender como calcular capital de giro é um processo simples. Você deve começar fazendo um levantamento real de todos os gastos fixos do seu negócio.

Nessa primeira conta você deve incluir despesas como:

  • aluguel;
  • √°gua;
  • luz;
  • telefone;
  • internet;
  • impostos mensais;
  • folha de pagamento;
  • abastecimento de ve√≠culos etc.

Em seguida, é preciso calcular quanto a sua empresa precisa vender para quitar esses valores e ainda ter uma boa margem de lucro.

Dica de leitura: ‚ÄúIndicadores de risco financeiro: 7 op√ß√Ķes para orientar as tomadas de decis√£o do seu neg√≥cio‚ÄĚ

Baixe Gratuitamente: Planilha de Controle Financeiro

Tenha um controle maior do financeiro da sua empresa com essa planilha gratuita da NFE.io! Com ela você poderá registrar entradas e saídas, gerenciar os recebimentos e pagamentos recorrentes e ter previsibilidade financeira de todo o seu ano!

Quero a planilha

Como exemplo de capital de giro podemos usar os seguintes n√ļmeros. Imagine que, ap√≥s somar todas as suas obriga√ß√Ķes financeiras, voc√™ chegou ao valor de R$ 10 mil por m√™s.¬†

Ou seja, esse é o valor que a sua empresa precisa ter disponível todos os meses para quitar os compromissos financeiros, faturando ou não.

Supondo que você pretende ter uma margem de lucro de R$ 5 mil, entende-se que é necessário que a sua empresa levante, no mínimo, R$ 15 mil mensais para atingir esse propósito e honrar com as suas contas.

No entanto, há algumas variáveis que podem impactar nessa fórmula e nesse resultado que incluem, por exemplo, estoque, compras e vendas parceladas, entre outros.

Por isso, para saber como calcular capital de giro é preciso conhecer outros termos e abordagens que farão parte dessa conta.

O que é capital de giro líquido?

Vamos começar com o conceito de capital de giro líquido (CGL). Capital de giro líquido é a diferença entre o ativo circulante e o passivo circulante da sua empresa.

O que difere o capital de giro líquido do capital de giro é que o CGL abrange todas as entradas e saídas de valores da sua empresa, e não apenas as contas a pagar e as contas a receber.

Por esse motivo, o capital de giro líquido é o mais indicado e seguro para chegar ao valor necessário para manter o seu negócio funcionando em curto prazo.

Para esse conceito ficar mais claro é preciso, porém, que você entenda o que é ativo circulante e passivo circulante

Ativo circulante

Ativo circulante √© todo dinheiro que a sua empresa j√° disp√Ķe ou que vai receber em at√© um ano.¬†

Nesse montante tamb√©m est√£o inclu√≠dos dinheiro na conta banc√°ria e/ou no caixa, aplica√ß√Ķes, pagamentos parcelados, estoque, entre outros, al√©m de bens que podem facilmente ser vendidos e transformados em valores.

Passivo circulante

J√° o passivo circulante diz respeito a todas as obriga√ß√Ķes e d√≠vidas que a sua empresa precisa arcar para se manter operante no prazo de um ano.

Aqui, estamos nos referindo a todas as despesas a serem quitadas nesse período, incluindo as fixas mensais, empréstimos, financiamentos etc.

Fórmula para calcular o capital de giro circulante

Partindo desse princípio, a fórmula a ser aplicada por quem quer saber como calcular capital de giro circulante é:

Capital de Giro Líquido (CGL) = Ativos Circulantes (AC) РPassivos Circulantes (PC)

Para melhor entendimento, veja este exemplo de capital de giro circulante:

Ativos circulantes:

  • R$ 1.000,00 em caixa;
  • R$ 5.000,00 no banco;
  • R$ 40.000,00 em estoque;¬†
  • R$ 30.000,00 em contas parceladas a receber.

Passivos circulantes:

  • R$ 1.500,00 de aluguel;
  • R$ 3.000,00 de contas fixas (√°gua, luz, internet, telefone);
  • R$ 500,00 de empr√©stimo banc√°rio;
  • R$ 500,00 de impostos;
  • R$ 10.000,00 de folha de pagamento;
  • R$ 15.000,00 de fornecedores.

Aplicando a fórmula temos: 

CGL = R$ 76.000,00 – R$ 30.500,00

CGL = R$ 45.500,00 

Ou seja, neste exemplo de como calcular capital de giro o valor que a empresa precisa ter disponível para quitar todos os seus compromissos financeiros e se manter em atividade é de R$ 45.500,00.

Qual a import√Ęncia de saber como calcular capital de giro?

O cálculo correto do capital de giro é essencial para o sucesso de qualquer negócio, independentemente do seu porte ou segmento.

Identificar o seu valor é fundamental para que a sua empresa não fique endividada e operando sempre com saldo negativo.

Aproveite e leia tamb√©m: ‚ÄúGest√£o de custos operacionais: 9 dicas para reduzir despesas e potencializar seus lucros‚ÄĚ

Trabalhar com um capital de giro adequado também contribui para a boa imagem do seu negócio, visto que os compromissos financeiros serão cumpridos, garantindo o bom relacionamento com fornecedores, bancos, funcionários e até clientes.

√Č essa quantia que vai garantir o funcionamento da sua empresa em per√≠odos de poucas vendas e tamb√©m vai viabilizar as vendas a prazo.

Por outro lado, quando a gestão financeira não contempla o capital de giro, muitas vezes é necessário apelar para empréstimos, assumindo novas dívidas que vão comprometer a sua lucratividade em longo prazo.

Quer saber mais sobre capital de giro? Ent√£o n√£o deixe de ler outros artigos do blog da NFE.io que contemplam esse assunto, tais como:


Quer receber mais conte√ļdo de gra√ßa?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu coment√°rio abaixo. O seu e-mail n√£o ser√° divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Est√° cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x