Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Como fazer investimento em capital de giro e manter seu negócio ágil: 8 dicas

Aprenda como aumentar o investimento em capital de giro e criar esforços mensais para manter o fluxo de caixa da sua empresa saudável.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

O investimento em capital de giro é a espinha dorsal de qualquer negócio. Portanto, aprender como manter ou gerar mais dinheiro em sua empresa é vital para o sucesso.

O capital de giro, em resumo, é o dinheiro que você precisa para operar ou seus ativos atuais menos suas obrigações. Sem capital de giro suficiente, você pode perder sua flexibilidade e credibilidade junto a instituições financeiras, fornecedores e clientes.

O esgotamento do seu capital de giro também pode diminuir sua capacidade de explorar novas oportunidades de negócios.

Por exemplo, se seu concorrente fechar de repente e você precisar de mais estoque para atender aos clientes dele, precisará de capital de giro para comprar esse estoque adicional. Sem isso, você não conseguirá reagir rapidamente.

Manter capital de giro suficiente disponível pode ser um grande desafio para os empreendedores sem dinheiro. Então lembre-se do básico: certificar-se de que seu negócio é pago pelos bens e serviços que fornece ainda é a maneira mais elementar de investimento em capital de giro.

Você quer garantir que seus clientes tenham um bom histórico de crédito e que eles respeitem suas condições de pagamento. Caso contrário, você pode ficar sem dinheiro quando precisar.
Os empreendedores devem comunicar claramente sua política de crédito antecipadamente. Seus clientes precisam saber a quantidade máxima de crédito que você concederá a eles, condições de pagamento – 30, 45, 60 ou 90 dias – e requisitos de depósito.

Pergunte-se: quanto posso emprestar a meus clientes sem drenar meu capital de giro?

 

Investimento em capital de giro: como aumentar suas margens

1. Não espere até o final do mês

Coletar pagamentos de clientes mais rapidamente é um caminho óbvio para manter mais capital de giro em sua empresa.

Ainda assim, é importante não colocar o seu relacionamento com os clientes em risco. Você precisa manter seus clientes felizes e atrair vendas, mas, ao mesmo tempo, garantir que você não está pagando a conta do cliente por muito tempo.
Para ajudar a proteger-se de pagamentos atrasados, recomenda-se o faturamento o mais cedo possível. Você não precisa esperar até o final do mês. Você pode gerar uma fatura assim que os produtos ou serviços forem entregues, usando um sistema de cobrança recorrente, por exemplo.

2. Não financie ativos fixos com capital de giro

Outra forma de investimento em capital de giro é não esgotar seu capital de giro para financiar ativos fixos, como equipamentos, por exemplo.
Muitas pequenas empresas tendem a usar dinheiro para pagar suas dívidas. É uma mentalidade antiga. No final, seria melhor usar empréstimos de longo prazo para pagar por ativos fixos.

Quando os empresários usam todo o seu dinheiro, eles também parecem mais arriscados aos olhos das instituições financeiras. Você pode perder a confiança de que está administrando uma empresa saudável.
Como alternativa, um fazer empréstimo de longo prazo permite que os empresários respirem com facilidade e paguem por ativos em um ritmo definido.
Você pode facilmente recuperar os custos de juros de um empréstimo de longo prazo. Por exemplo, se você mantiver um bom fluxo de caixa e puder pagar seus fornecedores rapidamente, é mais provável que você consiga obter descontos.

Por sua vez, esses descontos podem pagar parcialmente os juros do seu empréstimo. Eventualmente, você recuperará o custo tido com o empréstimo.

3. Pedir emprestado para aumentar seu capital de giro

Assumir dívidas de longo prazo para o capital de giro também pode compensar. Você não pode expandir seus negócios e aumentar seus lucros se não estiver investindo em sua empresa.

Por exemplo, se você tem uma lista de clientes, só é possível convertê-los em contas reais a receber, se puder arcar com o estoque para vendê-las … É um know-how básico de negócios.

4. Refinanciar seus ativos fixos

Os empreendedores também podem considerar o refinanciamento de ativos fixos, como equipamentos, como investimento em capital de giro. Basicamente, você está alavancando seus ativos e transformando-os no dinheiro que você precisa.

Os proprietários de empresas podem se beneficiar do cálculo de capital de giro extra para melhorar o layout de suas fábricas, buscar novos mercados de exportação ou alinhar suas estratégias de RH.

5. Faça um investimento pessoal

Outra opção para os empresários é fazer investimentos pessoais para fazer investimento em capital de giro.

Primeiro você precisa fazer uma análise de custo/benefício para ver o retorno que receberá em seu investimento. Esta é uma estratégia viável, se você ver que o pagamento em seu negócio supera as perdas pessoais.

6. Obtenha aconselhamento externo

Nem sempre é fácil para os empresários ver como eles podem melhorar seu fluxo de caixa, então recomenda-se que os proprietários de empresas procurem ajuda externa.
Um consultor normalmente ajuda os empreendedores a fazer uma avaliação completa e a examinar as principais áreas, como o ciclo de vendas, a rotatividade de estoques e as condições de crédito para fornecedores e clientes.

Eles também podem encontrar áreas do negócio onde há espaço para melhorar e encontrar formas de gerar mais dinheiro internamente.

7. Revise suas políticas

A forma como você gerencia os recebíveis, as contas a pagar e o estoque tem um impacto direto no controle de caixa.

Fazer alguns ajustes, como tirar proveito das condições de pagamento, faturar prontamente, definir condições de pagamento favoráveis ​​e aprender técnicas de produção enxuta para manter o estoque em movimento pode ajudar muito a colocar muito mais dinheiro em seus cofres.

8. Acompanhe e recompense o desempenho

Estabeleça KPIs para medir o desempenho dos funcionários em termos de contas a pagar, contas a receber e estoque. Em seguida, recompense-os por alcançar seus objetivos.

As empresas do mercado intermediário de mais rápido crescimento e melhor desempenho são muito melhores do que seus concorrentes quando se trata de projetar incentivos adequados para impulsionar melhorias e conseguir capital de giro.

E eles são mais propensos a vincular a remuneração dos funcionários aos KPIs de gerenciamento de capital.

Este post foi escrito pela Gyra+, uma empresa que realiza financiamentos online para empreendedores digitais em busca de capital de giro. Faça uma avaliação no nosso simulador de empréstimo empresarial e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.