Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Fintech de capital de giro: o que é, para que serve e 3 exemplos de fintechs que podem ajudar a impulsionar seu negócio

Entenda o que é fintech de capital de giro, para que serve e confira 3 fintechs que podem te ajudar no desenvolvimento da sua empresa.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Organizar um pequeno negócio para ter lucro não é nada fácil!

Uma das maiores dificuldades que a empresas enfrentam e o capital de giro, isto é: o dinheiro que ele precisa ter todo mês em caixa para para as despesas fixas, como aluguel, energia elétrica e salários.

Mas você já ouviu falar em fintech de capital de giro?

Se você é dono de uma empresa de pequeno ou médio porte e vem enfrentando dificuldades em conseguir crédito junto às instituições financeiras tradicionais, talvez as fintechs sejam a solução que você procura.

Neste artigo, vamos te explicar o que é uma fintech de capital de giro. Além disso, você vai ver para que serve esse tipo de empresa e quais vantagens uma fintech pode oferecer, especialmente para os pequenos e médios empresários.

Assim, será muito mais fácil fazer o planejamento financeiro de sua empresa, contando com essa possibilidade de financiamento!

Continue a leitura para conferir também 3 exemplos de fintechs que podem te ajudar a financiar o seu negócio e as suas ideias de crescimento para a sua empresa.

Leia também: Fintech meios de pagamento: o que é e como mudou (para melhor) as formas de recebimento

O que é e para que serve uma fintech de capital de giro?

Os avanços tecnológicos e o maior acesso a internet vêm revolucionando diferentes setores da sociedade, inclusive o de finanças. E é nesse contexto que surgem as fintechs.

Tratam-se de empresas que oferecem serviços financeiros (fin) por meio de ferramentas tecnológicas (tech).

No caso de uma fintech de capital de giro, ela fornece crédito a empreendedores que precisam de dinheiro para investir em suas respectivas empresas.

Todo o processo de solicitação, análise do pedido e concessão de crédito é feito pela internet. O empresário não precisa sair de casa e enfrentar filas como aquelas dos bancos tradicionais.

Isso garante maior agilidade aos pedidos e melhor custo-benefício para o solicitante.

Os custos operacionais de uma fintech são bem enxutos, o que se reflete nos juros cobrados aos clientes.

Além disso, as fintechs de capital de giro são tão seguras quanto as instituições financeiras tradicionais. Reconhecidas e fiscalizadas pelo Banco Central, essas empresas contam com tecnologias avançadas para garantir a segurança dos dados de seus clientes.

Principais vantagens de uma fintech de capital de giro

  • Menor burocracia para ter acesso ao crédito;
  • Taxas de juros mais leves;
  • Agilidade na análise do pedido de crédito;
  • Estrutura enxuta;
  • Segurança nas transações financeiras;
  • Procedimentos feitos totalmente online.

Este post também pode interessar a você: Como conseguir investimento para startup? 6 dicas para angariar recursos e financiar a sua ideia

3 empresas fintech de capital de giro

Agora que você já sabe o que é uma fintech de capital de giro, confira a seguir 3 exemplo desse tipo de empresa e saiba como elas podem te ajudar a financiar o seu negócio.

1 – Gyra+

Fundada em 2017, a Gyra+ é uma fintech que empresta dinheiro aos seus clientes a partir de uma avaliação das ações financeiras da empresa solicitante.

Assim, o crédito liberado vai depender do perfil dessas operações e do capital social da empresa.

Tudo isso é feito online. Primeiro, o requerente deve fazer um cadastro na plataforma virtual da Gyra+, preenchendo uma série de dados. Depois, a fintech faz suas avaliações e envia uma resposta depois de algumas horas.

Se aprovado, o crédito é liberado para o cliente em até 72h. As taxas de juros variam de de 2% a 5,5% por mês.

É importante conhecer bem empresas financeiras com que deseja trabalhar, por isso, confira este vídeo:

2 – Biva

A Biva é uma fintech que tem como foco as micro, pequenas e médias empresas, inclusive os Microempreendedores Individuais (MEIs)

Um dos principais critérios adotados pela Biva para a concessão de crédito é o tempo de abertura do CNPJ, o qual deve ser de, no mínimo, 12 meses.

Conectando pessoas que querem emprestar dinheiro a empresários que precisam de empréstimo, a Biva possui mais de 12 mil investidores cadastrados e já concedeu mais de 50 milhões de reais em crédito.

A resposta sobre a aprovação ou não dos pedidos é dada em até 5 dias. Os juros cobradas partem de 2% ao mês e as linhas de crédito variam de 3 mil a 800 mil reais.

Quer saber mais sobre a Biva? Então, dê uma olhada neste vídeo:

3 – BizCapital

Também focada em micro e pequenas empresas, a BizCapital é uma fintech que concede créditos para quem possui pelo menos um ano de CNPJ ativo e faturamento mensal superior a 10 mil reais.

O formulário de solicitação é preenchido online. A resposta para o pedido de empréstimo é dada em até 2 dias úteis.

O tempo para o financiamento pode variar entre 3 meses e 2 anos. A taxa de juros é 2% a 5,5% ao mês. O valor do crédito concedido vai de 5 mil a 150 mil reais.

Se você quer mais algumas informações sobre a BizCapital, não deixe de visitar o site da empresa, além disso, já aproveite para ver o vídeo:

E aí? Ficou claro o que são as fintechs de capital de giro? Lembre-se de que elas podem ser grandes aliadas do seu negócio.

Saiba mais: Indicadores de capital de giro: a análise que te permitirá manter uma empresa sempre saudável

Use um gerenciador de notas fiscais e controle melhor seu faturamento!

Com um software de gestão de notas fiscais como o NFe.io você pode fazer muito mais do que apenas emitir suas notas de forma automatizada, porque ele conta com diversas outras funcionalidades.

Por exemplo, o cálculo dos impostos é automático. Além disso, ele gera  os arquivos XML e HTML e já envia por e-mail para os clientes.

Aliás, ele inclusive reenvia as notas emitidas para o site da prefeitura caso ele esteja fora do ar. Assim, você não tem esse retrabalho. Outra vantagem do NFE.io é que ele permite trabalhar com mais de um CNPJ, dessa forma, dá até para usar o modo de revenda.

Ficou interessado? Então, Marque Uma Conversa Agora Mesmo!

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.