O que é burn rate? Para que serve? Como calcular? GUIA

Tempo de leitura: 6 minutos

Burn rate √© uma taxa que, basicamente, reflete quanto uma empresa precisa ‚Äútirar de seu bolso‚ÄĚ para se manter em funcionamento. √Č um indicador muito importante para empreendedores e investidores.

Diante disso, saber como calcular o burn rate é indispensável para quem deseja abrir ou investir em um negócio. Caso queira aprender isso, continue com a gente! A seguir, explicamos tudo que é preciso saber sobre esse indicador, inclusive como calculá-lo. Confira!

O que é burn rate?

De maneira simplificada, o burn rate ‚ÄĒ ‚Äútaxa de queima‚ÄĚ, em tradu√ß√£o literal ‚ÄĒ √© o gasto mensal que uma empresa ‚Äúbanca‚ÄĚ para se manter em funcionamento. Logo, √© um indicador usado para entender a sustentabilidade de um neg√≥cio.

Est√° cansado de emitir suas notas fiscais uma por uma?

Na NFE.io √© poss√≠vel se livrar dessas tarefas repetitivas atrav√©s de integra√ß√Ķes com meios de pagamento, plugins, planilha do excel ou conectando diretamente com a nossa API.

Quer entender como funciona?
Converse com a nossa equipe especializada para livrar a sua empresa da burocracia!
Quero otimizar meu tempo

A partir dessa informação, é possível ter uma noção de quanto tempo levará para a companhia alcançar o ponto de equilíbrio ou o rendimento.

Qual √© a import√Ęncia do burn rate?

O burn rate é um indicador que precisa ser calculado e monitorado desde o início da operação de uma empresa. Afinal, controlar os gastos é indispensável para alcançar o equilíbrio ou rendimento.

A falta de planejamento e controle pode levar a um burn rate insustent√°vel, fazendo com o que neg√≥cio ‚Äúfeche as suas portas‚ÄĚ.

Importante destacar a relev√Ęncia desse acompanhamento para startups. Esse modelo de neg√≥cio √© marcado pela escalabilidade, disrup√ß√£o e agilidade.

A questão é que se manter alinhado a esses pilares pode significar altos custos para a empresa. Por isso, muitas startups dão prejuízo, principalmente nos primeiros anos.

Com um planejamento estruturado, isso não é um problema, porque o gasto elevado pode ser necessário para conquistar os objetivos de crescer exponencialmente ou de oferecer uma solução inovadora.

Porém, é uma baita complicação quando não é algo projetado, nem que se enquadra nas metas do negócio. Dificilmente investidores se interessarão por uma companhia nesses moldes, podendo resultar no fim do funcionamento.

Além disso, pegando o gancho do parágrafo anterior, a análise do burn rate é igualmente importante para investidores. Afinal, quem gostaria de investir em uma empresa com gastos insustentáveis e grandes chances de falência a longo prazo, não é mesmo?

Como calcular o burn rate?

Agora que voc√™ j√° sabe o que √© burn rate e qual a sua import√Ęncia, vamos entender como calcul√°-lo.

Existem duas maneiras de calcular esse indicador e ambas são bem simples. A primeira forma é subtraindo as despesas do mês pela receita do mês:

Burn rate = despesas – receita

Essa f√≥rmula mostra o dinheiro ‚Äúqueimado‚ÄĚ em um m√™s.

Conhece as Métricas para SaaS?

Baixe a planilha gratuita de métricas para SaaS e desbloqueie o potencial de crescimento de sua empresa com gráficos simples

Tenha controle sobre o seu faturamento
Desbloqueie o seu conhecimento financeiro a longo prazo
Preciso dessa planilha

Já a segunda maneira de fazer o cálculo compreende o período de um ano. A fórmula também serve para descobrir o burn rate mensal, mas é um cálculo que funciona melhor para empresas que possuem mais de um ano de funcionamento. Confira:

Burn rate = balan√ßo financeiro in√≠cio do ano –¬† balan√ßo financeiro final do ano

Nesse caso, o resultado mostrar√° a quantidade de dinheiro ‚Äúqueimado‚ÄĚ em todo o ano. Para descobrir o valor mensal, basta dividi-lo por doze.

As f√≥rmulas podem ser usadas como complementares, porque o c√°lculo mensal pode ser mais adequado para previs√Ķes, enquanto o anual pode servir para analisar o resultado posteriormente.

2 dicas de como reduzir o burn rate

Deu para entender o que √© burn rate e como calcul√°-lo com as explica√ß√Ķes anteriores, certo? Mas como reduzir essa taxa no seu neg√≥cio? Essa √© uma d√ļvida que muitos empreendedores t√™m. Por isso, separamos duas dicas pr√°ticas:

  • mantenha o faturamento acima dos gastos;
  • fa√ßa uma boa gest√£o fiscal.

1. Mantenha o faturamento acima dos gastos

Manter a receita do negócio superior aos gastos é a maneira mais óbvia de reduzir o burn rate. Contudo, isso apenas é simples e básico na teoria, enquanto pode ser extremamente desafiador na prática, não é mesmo?

Para conquistar essa n√£o existem outros caminhos sen√£o o que j√° mencionamos algumas vezes: planejamento e controle.

Uma gestão financeira adequada é o melhor modo de ter controle sobre seus gastos ao ponto de mantê-los abaixo da receita.

No entanto, existem algumas outras estrat√©gias que podem contribuir para a redu√ß√£o do burn rate. A primeira que destacamos √© a otimiza√ß√£o dos processos. Sempre h√° a possibilidade de melhorar algum procedimento, mas √© preciso saber como identificar e implementar essas otimiza√ß√Ķes.

Sendo assim, é interessante estudar sobre melhoria contínua ou contratar um profissional especializado nisso. Essa ação pode trazer resultados relevantes, como a redução dos custos e o aumento da produtividade.

Outro caminho é a otimização das suas vendas. Isso pode ser alcançado por meio da identificação de problemas no funil de vendas.

Por exemplo, a taxa de pessoas que passam do meio para o fundo pode estar muito baixa em comparação a transferência do topo para o meio. Então, com certeza existe algo que pode ser melhorado nesses estágios.

2. Faça uma boa gestão fiscal

A gest√£o fiscal consiste em a√ß√Ķes relacionadas ao cumprimento das obriga√ß√Ķes tribut√°rias da empresa, como emiss√£o de notas fiscais e pagamento de impostos.

O ponto-chave aqui é que os tributos pagos por um negócio não são poucos, mas podem ter um custo ainda mais alto caso não haja um gerenciamento adequado. Além disso, falhas nesse processo podem resultar em multas ou penalidades mais graves.

Na realidade, uma boa gest√£o fiscal pode ser muito mais do que uma medida preventiva. A partir de benef√≠cios, como isen√ß√Ķes, a gest√£o apropriada pode melhorar o fluxo de caixa da empresa.

Gostou de entender o que é burn rate?

Agora você já sabe o que é burn rate e entende diversos outros detalhes relevantes sobre o assunto. Porém, é preciso ter domínio sobre diversos outros conceitos para administrar adequadamente uma empresa.

Ent√£o, caso tenha gostado deste artigo, recomendamos acompanhar o nosso blog. Constantemente, postamos textos sobre gest√£o empresarial, gest√£o financeira e SaaS!

Inclusive, separamos uma lista de conte√ļdos que podem lhe interessar. Confira:


Quer receber mais conte√ļdo de gra√ßa?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu coment√°rio abaixo. O seu e-mail n√£o ser√° divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Est√° cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x