NFe.io Blog
NFe.io Blog

Entenda o que é gestão fiscal e confira dicas para usar em seu negócio

Aprenda o que é gestão fiscal e entenda sua importância para facilitar a administração do seu negócio. Confira 5 dicas para tornar a gestão fiscal de suas empresa mais eficiente, usando a tecnologia, contando com uma assistência profissional de bom nível, tornando a comunicação mais fluída e outras dicas.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Tratar corretamente a gestão fiscal do negócio é fundamental.

Muito mais que uma mera formalidade ou burocracia, uma boa gestão fiscal será responsável por fornecer as informações que vão ajudar você a tomar decisões acertadas ou não tão boas para o seu negócio.

Antes de falarmos sobre o que é gestão fiscal, é importante saber diferenciá-la de algumas modalidades de contabilidade:

  • Contabilidade financeira: visa fornecer informações a terceiros relacionados à empresa, como acionistas, instituições de crédito, investidores, etc. para facilitar suas decisões.
  • Contabilidade fiscal: visa o cumprimento das obrigações tributárias das organizações, ou seja, o pagamento dos impostos.
  • Contabilidade administrativa: é realizada pelo departamento de administração e destina-se a facilitar as funções de planejamento, controle e tomada de decisão.

Agora que estes conceitos estão esclarecidos, continue a leitura do post para saber o que é gestão fiscal e confira algumas dicas para implementá-la em seu negócio.

Conhecimento nunca é demais, capacite-se com estas sugestões de leitura: 10 livros de gestão financeira com dicas de criatividade, ousadia e sucesso

O que é gestão fiscal, afinal?

A gestão fiscal abrange o conjunto de procedimentos administrativos voltados ao adequado cumprimento das obrigações tributárias da empresa.

São obrigações de dois tipos:

  • Obrigação principal: apuração e pagamento de tributos devidos (impostos, taxas, contribuições etc.);
  • Obrigações acessórias: entrega de documentos exigidos pelos Fiscos (relatórios, arquivos, registros e informes).

A gestão fiscal é uma das maiores dores de cabeça para a maioria das empresas, principalmente nas pequenas, pois muitas vezes não possuem um departamento específico ou pessoal qualificado.

Agora que já sabemos o que é gestão fiscal, entenda porque é importante manter tudo isso em ordem me seu negócio.

A importância da gestão fiscal para sua empresa

Quando se fala de tributos no Brasil, duas questões saltam aos olhos de qualquer pessoa:

  • A nossa elevadíssima carga tributária
  • A enorme confusão e burocracia causada pelos inúmeros impostos, taxas, contribuições, etc.

Quanto ao primeiro item, embora o dissabor de pagar uma quantia tão alta, ele não é o principal problema na gestão de uma empresa.

A principal dificuldade encontra-se, justamente, nesse emaranhado de obrigações impostas às empresas, com diferentes tipos de tributos, alíquotas, exigências, etc.

Todas essas questões exigem da empresa um montante muito grande de recursos financeiros e de pessoal que entenda o que é gestão fiscal.

Sem contar o fato de que, por causa da nossa legislação intrincada e cheia de detalhes, erros são muito fáceis de serem cometidos e podem ocasionar sérios prejuízos.

Ter uma boa gestão financeira fiscal pode ajudar não só a evitar erros perante o fisco, mas, principalmente, tentar reduzir a carga tributária da empresa, sem fugir do cumprimento das leis, é claro.

Um bom planejamento tributário pode encontrar as maneiras mais adequadas da empresa definir seus enquadramentos tributários e outros procedimentos que trazem economia desses custos fiscais.

Agora que ficou mais claro para você o que é gestão fiscal, e sabendo da sua importância, como podemos colocá-la em prática?

Confira algumas dicas importantes.

Confira também: 6 ferramentas de gestão empresarial para controlar as finanças de seu negócio

Dicas para uma gestão fiscal mais eficiente

1- Novas tecnologias e software que permite compartilhar informações

Usar a computação em nuvem para compartilhar documentos ou apps de comunicação interna como o Slack já é uma boa iniciativa.

Mas o ideal é contar com um bom software de gestão financeira, veja alguns deles nesta postagem de nosso blog: 6 ferramentas de gestão empresarial para controlar as finanças de seu negócio

2- Manter comunicação interna fluida

Isso permitirá reduzir o tempo de resposta, que em muitos casos são curtos, quando é necessário fornecer documentação ou apresentar alegações à receita.

Além disso, as empresas estão exigindo cada vez mais agilidade de seus escritórios na resolução de dúvidas, uma vez que a velocidade com que uma consultoria responde aos seus clientes, ajuda a evitar erros e evita a imposição de sanções.

Mas essa comunicação deve ser bidirecional, porque se a consultoria ou assessoria não receber as informações necessárias a tempo, ela não conseguirá concluir adequadamente os diferentes modelos de impostos.

3- Ter conhecimentos básicos de contabilidade e impostos.

Se você não tem um conhecimento básico de contabilidade e impostos, você terá como avaliar o trabalho do gestor fiscal precisa ou da empresa contratada para isso.

O conhecimento fiscal e contábil na gestão das empresas será muito útil para se entender com o profissional tributário e otimizar o gerenciamento em conjunto com ele.

4- Tenha uma boa assessoria fiscal profissional

Seja a sua própria equipe ou uma assessoria contábil de confiança, é fundamental contar com  profissionais capacitados e acostumados com esse universo.

E se eles usarem um sistema de gestão financeira integrado ao seu, melhor ainda!

5-  use um bom gerenciador de notas fiscais eletrônicas

Com o NFe.io você conta com muito mais que o cálculo automático dos impostos e emissão de suas notas.

Elas são enviadas automaticamente por e-mail para seus clientes, os arquivos XML e HTML são gerados e você conta com um painel de controle de todas as sua notas fiscais emitidas, podendo inclusive usar filtros por data de emissão ou clientes por exemplo.

Com o NFe.io você não precisa entrar em cada site de prefeitura para fazer a emissão das notas, você usa uma única interface para isso.

Outra vantagem: você tem desconto na emissão do certificado digital.

Veja mais detalhes: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Depois dessas explicações e dicas, ficou claro para você o que é gestão fiscal e a importância para sua empresa?

Qualquer dúvida, pode perguntar nos comentários, que teremos prazer em responder.

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comentários 1