8 dicas para startups crescerem de maneira exponencial

Tempo de leitura: 7 minutos

Montar uma startup e ser dono do próprio negócio é o sonho de muita gente. Porém, entre abrir uma empresa e ser bem sucedido há um grande e árduo caminho a ser percorrido.

Segundo um estudo da Fundação Dom Cabral (FDC), cerca de 25% das startups “fecham as portas” logo no primeiro ano. Em até 4 anos, esse percentual aumenta para 50%.

Mas o que fazer para fugir dessa triste realidade e conseguir se destacar no mercado? Fica tranquilo que existe uma série de ações que podem lhe ajudar!

Está cansado de emitir suas notas fiscais uma por uma?

Na NFE.io é possível se livrar dessas tarefas repetitivas através de integrações com meios de pagamento, plugins, planilha do excel ou conectando diretamente com a nossa API.

Quer entender como funciona?
Converse com a nossa equipe especializada para livrar a sua empresa da burocracia!
Quero otimizar meu tempo

Neste texto, separamos oito dicas para startups alcançarem o sucesso em um mundo cada vez mais competitivo. Confira!

8 dicas para startups conquistarem o alto crescimento

A seguir, apresentamos oito dicas de gestão para startups que podem ajudar o seu negócio a decolar! Confira:

  • tenha poucos sócios;
  • mantenha o equilíbrio entre flexibilidade e persistência;
  • permaneça focado nos objetivos do negócio;
  • valorize seus colaboradores;
  • atenção ao caixa da empresa;
  • observe a realidade do mercado;
  • esteja aberto às mudanças;
  • automatiza a emissão de notas fiscais.

1. Tenha poucos sócios

Quanto mais sócios o seu negócio tiver, maior serão as chances de tudo acabar desandando.

Se listarmos as dez startups de maior valor no mundo, é possível observar que a quantidade média de sócios é de dois em cada empresa. A Dropbox e a Xiaomi, por exemplo, foram fundadas por uma única pessoa e hoje possuem bilhões de dólares em valor de mercado.

Em contrapartida, o Facebook começou a sua história com cinco sócios e, mesmo com vários embates internos, hoje é uma das empresas mais valiosas do planeta.

O que queremos dizer é que as chances de desentendimentos, divergências de ideias e atritos é muito maior quando há uma grande quantidade de sócios. Isso pode ser extremamente prejudicial para o andamento do negócio.

Contudo, a vida de empreendedores solitários também é bastante complicada, porque perspectivas diferentes podem ser essenciais para a tomada de decisões assertivas. Além disso, a pressão e as tarefas podem ser distribuídas quando há sócios. Portanto, o ideal é que haja um equilíbrio.

Algo que pode evitar conflitos e divergências entre sócios é a realização de um bom acordo. Para aprender sobre isso, assista ao vídeo abaixo do Endeavor Brasil:

2. Mantenha o equilíbrio entre flexibilidade e persistência

Dando continuidade às nossas dicas para startups, é fundamental que você seja flexível na condução dos negócios. Isso porque nem sempre as coisas vão sair do jeito esperado.

Nessas situações, pode ser necessário abrir mão de algumas coisas, fazer determinados ajustes e ter muito “jogo de cintura” para saber lidar com as adversidades.

Nota fiscal emitida em massa via excel?

Na NFE.io você conta com emissão de notas fiscais de serviço em massa via Excel. O que acha?

Emita muitas NFS-e sem burocracia!
Disponibilizamos para você a alternativa de emitir via excel, de forma simples, rápida e eficiente.
Experimente gratuitamente!

Ou seja, é preciso ser bastante persistente em alguns momentos. Se as coisas não vão bem, não jogue tudo para o alto, nem desista logo de cara. Persista na sua ideia, procure maneiras que podem dar certo e acredite no potencial do seu negócio.

Por conta desses momentos que é importante ter ao menos um sócio. Enfrentar dificuldades e superar problemas pode ser mais simples com outras pessoas ao seu lado.

Leia também: Como criar uma startup de sucesso focando nos canais de tração

3. Permaneça focado nos objetivos do negócio

Mantenha o foco no produto ou serviço inicial que a sua startup se propõe a oferecer. Não tente abraçar o mundo.

Inicialmente, deve-se direcionar os esforços às metas estabelecidas para o mês, trimestre ou semestre. Ter objetivos claros, específicos e realizáveis é o caminho mais adequado para desenvolver e crescer uma empresa.

Depois que o seu negócio alcançar uma maior estabilidade no mercado, será possível começar a elaborar estratégias para lançar novos produtos e serviços.

4. Valorize seus colaboradores

O quarto item da nossa lista de dicas para startups é sobre aqueles que são considerados peças fundamentais para mover a engrenagem da sua empresa: os colaboradores. Diante disso, eles precisam ser valorizados de maneira apropriada.

Isso não significa necessariamente recompensá-los com recursos financeiros. Há várias formas de reconhecer e valorizar os serviços prestados pelos trabalhadores.

Por exemplo, pode-se oferecer um ambiente de trabalho mais agradável, descontraído e alegre, que proporcione as condições adequadas para a execução dos serviços. No entanto, diversas ações adicionais podem ser aplicadas na organização, como estas:

  • cultura de feedbacks;
  • flexibilidade de horários;
  • autonomia para a realização das tarefas;
  • realização constante de treinamentos;
  • processos bem estruturados e sem burocracia;
  • plano de carreira.

Tudo isso contribui para que o funcionário se sinta valorizado e, como consequência, motivado a desempenhar melhor as suas funções. Isso reflete diretamente nos resultados da sua startup.

Conforme o relatório State of the Global Workplace, trabalhadores engajados são 17% mais produtivos. Como consequência, as empresas desses profissionais são 21% mais lucrativas.

5. Atenção ao caixa da empresa

O caixa é um “órgão vital” para qualquer empresa. Afinal, o negócio não anda sem dinheiro, certo? Por isso, fique bastante atento às entradas e às saídas do caixa. Procure sempre economizar no que for possível.

Verifique a prioridade a importância de cada gasto e faça cortes do que for considerado desnecessário para a atividade da startup. Também evite misturar custos do negócios com gastos pessoais.

Conheça oito dicas de como reduzir os custos operacionais da sua empresa:

como reduzir custos operacionais de uma empresa

como reduzir custos operacionais de uma empresa

Confira também: Como criar um planejamento financeiro para startup em 7 passos

6. Observe a realidade do mercado

Os produtos ou serviços que a sua startup oferece devem ser condizentes à realidade do mercado em que ela está inserida.

Portanto, procure estar sempre atento às mudanças no padrão, no comportamento e nas necessidades de consumo do seu público-alvo. Além disso, fique de olho nas estratégias adotadas pelos concorrentes e na situação macroeconômica do país.

Essas observações e análises são fundamentais para manter a vantagem competitiva do seu negócio e, por consequência, o crescimento.

7. Esteja aberto às mudanças

O mercado é um ambiente bastante dinâmico, por isso, está sujeito a diversas mudanças. E as empresas que saem ganhando são aquelas que conseguem lidar com as transformações.

Portanto, é extremamente importante que você tenha bastante resiliência e saiba aceitar as mudanças de braços abertos para continuar seguindo com a sua startup.

Por conta desse modelo de negócio ser baseado na disrupção e inovação, as transformações podem ser ótimas oportunidades para tornar a organização ainda mais diferenciada.

Aproveite as observações e as análises que comentamos no tópico anterior para entender o que está mudando e como a startup pode se aproveitar disso.

Veja também: 20 ferramentas para startups em 5 áreas essenciais para seu negócio

8. Automatize a emissão de notas fiscais

Focar na parte estratégica de sua startup é fundamental. Por isso, automatizar processos como a gestão e a emissão de notas fiscais pode ser uma boa escolha para melhorar a produtividade do negócio.

A questão é: como fazer isso? A NFE.io faz para você! Nossa API emite, envia e armazena de maneira automática todas as notas fiscais da sua startup.

Dessa forma, a equipe pode dedicar seus esforços e sua atenção a outras atividades de alta prioridade para o crescimento do negócio.

Quer conhecer melhor a solução? Entre em contato com um especialista e compreenda como o nosso sistema pode ajudar a sua startup!

Gostou das dicas para startups apresentadas neste texto? Então, confira outros artigos relevantes do nosso blog. Aqui, você encontra conteúdos sobre gestão empresarial, SaaS, gestão financeira, nota fiscal e muito mais!


Quer receber mais conteúdo de graça?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu comentário abaixo. O seu e-mail não será divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Está cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x