Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Qual a importância dos indicadores financeiros para a saúde do seu negócio?

Quando uma empresa entende a Importância dos Indicadores Financeiros para a saúde de seu negócio, seus controles são melhores, as despesas tendem a diminuir com o controle de gastos, o capital é conseguido com menos dificuldade, o fluxo de caixa é ajustado e até a inadimplência pode ser evitada.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Em todas as áreas precisam existir parâmetros que sinalizem a necessidade ou não de mudanças.

Neste artigo post falar sobre a Importância dos Indicadores financeiros para manter uma empresa funcionando adequadamente e sem dificuldade.

Veja também os principais indicadores utilizados pelas empresas.

Confira: Como administrar o financeiro de uma empresa?

Afinal, o que são e qual a importância dos indicadores financeiros?

Indicadores financeiros são métricas definidas por fórmulas matemáticas que ajudam a fazer um diagnósticos preciso da situação financeira de uma empresa.

A importância dos indicadores financeiros é que eles apresentam diversos aspectos do negócio, muito além de somente lucro e prejuízo, e que muitas vezes são ignorados pelos administradores.

Quando isso acontece, aparentemente a situação financeira pode parecer confortável, mas, se analisada a fundo com os indicadores corretos, pode apresentar sérios problemas.

Selecionamos os indicadores mais utilizados no mercado.

Confira cada um deles e entenda a importância dos indicadores financeiros.

Principais indicadores financeiros

1- Margem Bruta

Ela mede o quanto a organização ganha com cada venda, o percentual bruto: o quanto sobra após subtrair os custos.

Logo, quanto maior a margem, maior tende a ser o lucro.

Fórmula:

(lucro bruto / vendas líquidas) x 100 = Margem Bruta

2- Margem Líquida

Indica o excedente das vendas, mostrando a eficiência, viabilidade da empresa e o percentual do lucro líquido em relação às vendas líquidas.

Fórmula:

(lucro líquido / vendas) x 100 = margem líquida

Esse indicador colabora para avaliação do panorama financeiro da empresa e cria parâmetros de avaliação quanto a lucratividade.

3- Margem de Contribuição

É o total de recursos para o pagamento com gastos fixos de seus produtos e que resulte em lucro.

Ela ajuda a diferenciarmos os gastos fixos dos variáveis.

É um dos indicadores mais importantes para a área financeira, porque se a margem de contribuição for ruim, mesmo se a empresa estiver vendendo bem, pode ter prejuízos.

Fórmula:

preço – (gastos variáveis de venda + despesas variáveis) = margem de contribuição

Gastos variáveis e despesas: Variam diretamente com o volume de produção e vendas, como matéria prima, comissões de vendedores, bônus, impostos etc.

4- Margem EBITDA

Chamado de Lucro Antes de Juros e Imposto de Renda (LAJIR), traduzido da expressão em inglês Earning Before Interests Taxes, Depreciation and Amortization.

Apresenta o quanto a companhia gera de caixa com base em atividades operacionais, sem considerar impactos de financiamento de capital e impostos.

Permite aferir o real desempenho da companhia com fatores fáceis de serem medidos.

Muito utilizada por empresas de capital aberto.

Fórmula:

Lucro líquido operacional + Depreciações + Amortizações = EBITDA

5- Ponto de Equilíbrio

São as receitas mínimas para cobrir custos e despesas. Na prática, é o volume de vendas necessário para não ter necessariamente lucro, mas não apresentar prejuízo: é o equilíbrio financeiro da empresa.

Usado para definir a metas mínimas da área de vendas.

Avalia-se aqui se os gastos e despesas podem ser honrados sem precisar de outros recursos além dos advindos da receita de vendas.

Fórmula:

Despesas fixas / Margem de Contribuição = Ponto de Equilíbrio

6- Índice de Liquidez Corrente

Compara ativos e passivos (dívidas) no curto prazo.

Ele avalia se no curto prazo os ativos são suficientes para pagar suas despesas.

Fórmula:

Ativo circulante / passivo circulante = Liquidez Corrente

Muito utilizado para modelo de concessão de crédito de instituições financeiras.

A importância dos indicadores financeiros para combater a inadimplência

Alguns indicadores financeiros são usados para medir a inadimplência de uma empresa.

Ela pode ser calculada após 90 dias de atraso e menos de 180.

Porém, podem ser estabelecidos prazos ainda menores, como de 30 ou 60 dias.

Por isso existem índices de atraso chamados de:

As fórmulas são estas:

Índice de atraso geral

IAG = atraso geral / total de contas a receber x 100

Índice de atraso parcial

IAP = atraso parcial / total de contas a receber x 100

Índice contencioso (em cobrança)

IC = contencioso / total de contas a receber x 100

O índice contencioso trata de ações de cobranças jurídicas. Todos eles indicam proporção de devedores dentro das contas a receber.

Esses indicadores são imprescindíveis para identificar os impactos no caixa de uma empresa.

O acompanhamento pode ser diário, semanal ou mensal, mas precisa ser constante e um dos maiores trunfos atuais é contar com a tecnologia para estes serviços.

Um sistema de gestão e cobranças criado ou adaptado por um programador de confiança da empresa deve ser usado.

Manter sempre históricos comerciais atualizados, cadastros e informações sobre créditos de clientes colabora para prevenir o pesadelo da inadimplência.

Veja também: Entenda o risco de inadimplência e saiba quais as vantagens de manter as contas em dia

A importância dos indicadores financeiros para a administração do negócio

Nenhuma empresa pode prosperar sem o devido controle e acompanhamento de suas operações.

Ela precisa ter dados concretos para administrar o negócio de forma sustentável, seja a área financeira de uma empresa ou qualquer outra.

A importância dos indicadores financeiros é que essas métricas servem diretamente para se ter bases concretas que auxiliam na tomada de decisão e gerenciamento.

Se as margens são inadequadas ou a inadimplência é alta, por exemplo, isso logo será percebido e as medidas necessárias serão tomadas.

Portanto, a importância dos Indicadores financeiros para uma empresa que pretende crescer e prosperar no mercado é inquestionável.

Para isso, é preciso que se estabeleça uma frequência periódica de análise dos indicadores – e não somente em momentos de crise – permitindo agir preventivamente e não apenas apagar incêndios.

Use um gerenciador de notas fiscais para conhecer precisamente seu faturamento

Com um gerenciador de notas fiscais como o NFe.io, você saberá por meio de um painel de controle digital exatamente quanto faturou mês a mês e poderá comparar com o total de inadimplência.

Além disso, pode consultar dados de empresas, cancelar notas fiscais e se beneficiar do cálculo dos impostos e emissão automatizada das notas, sem falar no desconto para tirar o certificado digital.

Veja mais detalhes: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.