Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Pagamento recorrente ou pontual: veja as vantagens e desvantagens de cada modelo para sua empresa

Qual o melhor modelo de recebimento que sua empresa pode adotar: pagamento recorrente ou pontual? Confira aqui as vantagens e desvantagens.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Se você está iniciando um novo empreendimento ou preparando seu plano de negócios, o sistema de recebimento dos pagamentos deve ser uma das definições que precisa fazer logo no início.

Mas qual será o melhor modelo: pagamento recorrente ou pontual?

Na prática, optar por um ou outro método vai afetar diretamente o seu sistema de trabalho e também os objetivos que precisa alcançar com seu negócio.

Afinal de contas, o que é mais importante? Quais suas principais metas?

Dependendo das metas que definiu, um ou outro modelo pode ser mais indicado.

Veja quais dessas metas são as mais interessantes para você:

  • Ter consistência de recebimento mensal;
  • Ampliar de forma rápida o volume de clientes;
  • Ter um rápido retorno de investimento;
  • Reter mais clientes;
  • Oferecer um custo comercial justo para o mercado;
  • Prestar o melhor atendimento possível.

Em cada uma, a escolha do sistema de recebimento vai influenciar diretamente. Para te ajudar nessa definição, preparamos um conteúdo completo para mostrar as vantagens e desvantagens de cada modelo, o que vai ser fundamental para decidir entre o pagamento recorrente ou pontual.

Veja também: Pagamento recorrente para academia: a solução para agilizar processos e ser mais produtivo

Escolher pelo pagamento recorrente ou pontual?

Não há uma resposta fixa para escolher um modelo ou outro. Vários fatores vão influenciar essa escolha, principalmente os planejamentos de curto, médio e longo prazo de uma empresa.

É possível inclusive que alguns negócios mudem de um sistema de recebimento para outro conforme evoluem. Mas, para entender qual o melhor para o seu momento atual, é preciso entender como funciona cada um deles.

Pagamento recorrente

O pagamento recorrente é um sistema de recebimento que funciona com uma cobrança mensal a ser paga pelos clientes de acordo com os serviços utilizados. A grande diferença é que esse pagamento é renovado automaticamente, uma vez que é aceito pelo cliente.

Empresas de assinatura são as mais conhecidas que utilizam o pagamento recorrente, entre outras, como:

Pagamento pontual

Diferentemente do modelo anterior, o pagamento pontual é aquele realizado de uma única vez por parte do cliente. É caracterizado pelo recebimento de um produto ou serviço sem a cobrança contínua.

Vantagens e desvantagens por escolher pelo pagamento recorrente ou pontual

Depois de entender o que é o pagamento recorrente ou pontual, veja quais são as vantagens e desvantagens de cada modelo.

Vantagens e desvantagens do pagamento recorrente

Começando pelo pagamento recorrente, seu negócio pode ter uma série de vantagens:

  • Garantia de receita mensal;
  • mais acessível para os clientes;
  • Previsibilidade nos valores que vai receber;
  • Facilidade para reter e fidelizar clientes.

Pensando nas desvantagens que esse modelo pode trazer, temos:

  • Facilidade de cancelamento para os clientes;
  • Dificuldade para precificar corretamente os produtos ou serviços;
  • Necessidade de gerenciar melhor o fluxo de pagamentos.

Leia também: Quais as vantagens que produtos de venda recorrente podem trazer para seus negócios?

Vantagens e desvantagens do pagamento pontual

Pensando no pagamento pontual, podemos obter vantagens como:

  • Recebimento de valor mais alto de uma vez só;
  • Possibilidade de ter o retorno sobre o investimento mais rapidamente;
  • Facilidade para fazer um controle financeiro empresarial;
  • Maior possibilidade para oferecer descontos e promoções.

Já pensando nas desvantagens desse modelo, podemos listar pontos como:

  • Dificuldade maior para fechar novas vendas;
  • Número menor de clientes;
  • Impossibilidade de prever os valores de recebimento no mês seguinte;
  • Dificuldade para reter clientes.

Exemplos de pagamento recorrente ou pontual

Como vimos, a escolha pelo pagamento recorrente ou pontual depende muito do modelo de negócio que sua empresa está adotando e também dos objetivos que precisa alcançar.

A lista de vantagens e desvantagens já dão um norte de quais podem optar por um modelo ou outro, mas nada melhor do que conferir exemplos práticos de outras empresas que já escolheram a sua opção.

Vamos analisar por exemplo a Netflix, empresa de maior sucesso no mundo quando se fala de planos de streaming. No caso da empresa, a escolha é pelo sistema de cobrança recorrente, onde cada usuário cadastrado faz o pagamento mensal do valor da assinatura.

Já quando analisamos modelos que trabalham com venda de registro de domínios para criação de site, a exemplo da Locaweb, vemos que o meio de pagamento escolhido é mesmo o pagamento pontual, onde a cobrança é feita apenas uma vez.

Mas será que existem empresas do mesmo mercado que acabam variando na escolha dos modelos? Claro que sim!

Os negócios de cursos online por exemplo, possuem essa variação, com alguns trabalhando no formato recorrente, por meio de assinaturas, e outros com o formato pontual, fazendo a venda de uma única vez.

Para empresas que trabalham com soluções de alto valor e investimento por parte dos clientes, sempre vai existir a dúvida sobre qual o melhor modelo a adotar.

Mas lembre-se sempre de focar nos objetivos e analisar se está mais alinhado com o pagamento recorrente ou pontual.

Use um gerenciador de notas fiscais para facilitar seus pagamentos

Independentemente de você usar pagamento recorrente ou pontual, terá que emitir notas fiscais.

Com um gerenciador de notas fiscais como o NFe.io, você faz o cálculo e a emissão automaticamente e já é feito o envio dos arquivos XML e HTML para os clientes.

Além disso, você conta com desconto na emissão de certificado digital, pode fazer consultas automatizadas de CPF e CNPJ e emite notas para mais de um CNPJ e para diferentes prefeituras sem sair do sistema.

Saiba mais: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.