Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Como evitar fraudes no e-commerce: 6 dicas para garantir a segurança nas compras da sua loja virtual e não perder vendas

6 dicas essenciais de como evitar fraudes no e-commerce e saiba quais boas práticas seguir para garantir a segurança nas transações e proteger seu $$$.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Não é segredo para ninguém que a internet trouxe inúmeras facilidades. Uma delas é a possibilidade fazer compras online. Isso abriu portas para que muitos empreendedores pudessem criar seus comércios eletrônicos.

No entanto, a internet também acaba sendo um espaço para que pessoas mal intencionadas possam aplicar golpes em lojas virtuais.

Neste artigo, trouxemos 6 dicas de como evitar fraudes no e-commerce. Por isso, continue a leitura e saiba mais detalhes sobre estes cuidados que você deve tomar para que o seu negócio não seja vítima de golpistas online:

  1. Invista no treinamento das suas equipes
  2. Adquira um certificado de segurança
  3. Adote uma plataforma de pagamentos
  4. Desenvolva sua própria metodologia para análise de fraudes
  5. Conheça o comportamento de navegação e compra na sua loja virtual
  6. Defina bem os seus procedimentos

Leia também: Plugins para e-commerce: 6 excelentes opções para otimizar o seu site!

Como evitar fraudes no e-commerce: 6 dicas de para aplicar agora!

Muitos empreendedores não sabem como evitar perdas devido a fraudes no e-commerce. Se você quer saber como resolver isso, confira esses 6 passos que vão garantir a segurança do seu negócio.

1 – Invista no treinamento das suas equipes

Este é o primeiro passo. Na verdade, a capacitação deve ser adotada para qualquer processo em sua empresa.

Assim, quando os colaboradores entendem bem os processos e a política de segurança para evitar fraudes, fica mais fácil evitar a ação de fraudadores.

Invista no treinamento e capacitação das pessoas que trabalham no seu e-commerce, desde o atendimento até as áreas mais burocráticas, passando pela entrega e pelo pós-venda.

As cultura antifraude e da segurança da informação precisa estar internalizada em todos os colaboradores do seu e-commerce.

2 – Adquira um certificado de segurança

A segunda dica de como evitar fraudes no e-commerce consiste em obter um certificado de segurança. Faça isso quanto antes para o site da sua loja. Esse tipo de documento virtual serve para atestar que os dados que circulam no seu site são criptografados e, portanto, estão seguros.

Com um certificado de segurança, você consegue dificultar muito a adulteração das informações transferidas ou a invasão de hackers.

Além disso, quando o cliente entra no seu e-commerce, ele pode verificar no navegador se o seu certificado está válido ou não. Se estiver tudo certo, a tendência é que ele se sinta mais seguro para dar continuidade à compra. Por outro lado, um e-commerce sem certificado de segurança tende a espantar clientes.

3 – Adote uma plataforma de pagamentos

A utilização de um intermediador de pagamentos para lojas virtuais pode ser uma ótima solução no combate a ação de golpistas online. Isso porque essa plataformas geralmente contam com sistema antifraude muito eficiente.

São os intermediadores que, ao receberem os dados para pagamento, fazem o cruzamento desses dados com as instituições financeiras e liberam, ou não, a transação no site do seu e-commerce. Isso gera maior segurança tanto para o dono da loja como para o cliente.

Veja algumas boas opções que você pode usar em seu negócio:

qual o gateway de pagamento mais barato

Saiba mais: API de checkout para pagamento digital: o que é, como funciona e 6 plataformas que oferecem essa integração

4 – Desenvolva sua própria metodologia para análise de fraudes

Ter um certificado de segurança já traz mais segurança para sua loja virtual. No entanto, isso não te deixa totalmente isento de golpes online.

Dessa forma, é importante que você crie seus próprios métodos para analisar fraudes.

Por exemplo, pedidos muito grandes ou compras muito rápidas, que não dedicam um tempo visitando os produtos nem apresentam sinais de indecisão, podem sim levantar suspeitas.

5 – Conheça o comportamento de navegação e compra na sua loja virtual

Esta dica de como evitar fraudes no e-commerce tem muito a ver com o que falamos anteriormente.

Entender como seus visitantes e compradores costumam navegar pelo seu site e o comportamento de compra é muito importante na identificação de pessoas mal intencionadas e que estão tentando aplicar um golpe em você.

Você pode, por exemplo, observar o comportamento padrão dos seus compradores e programar certos alertas para quando um comprador apresentar um comportamento “fora da curva”.

Fique atento especialmente se os produtos que o seu comércio eletrônico vende são de alto valor e se algum visitante for direto para o checkout sem antes fazer muita pesquisa ou pausas durante o processo.

6 – Defina bem os seus procedimentos

Ter procedimentos bem definidos é essencial na prevenção de fraudes no seu comércio eletrônico. Dessa forma, busque deixar claro os critérios para aprovação de pagamento e escolher bem quais ferramentas você vai implementar.

Além disso, estabeleça as etapas a serem seguidas nos casos de pedido de cancelamento da compra e não deixe de armazenar os comprovantes de envio, de entrega e também as notas fiscais.

Com processos bem definidos, você consegue ter mais controle sobre o seu e-commerce e evitar falhas que podem custar bem caro.

Veja mais algumas bons motivos para gerenciar suas notas fiscais:

gestão de notas fiscais

Leia também: Como organizar Notas Fiscais de uma empresa? 4 dicas e 1 ferramenta

Conclusão: processos e tecnologia garantem a segurança de seu e-commerce

Ter colaboradores que sabem exatamente o que deve ser feito durante os processos de sua loja e contar com ajuda da tecnologia são os dois pontos principais para a segurança no e-commerce.

Assim, com um sistema de gerenciamento de notas fiscais, como o NFe.io, por exemplo, você tem um excelente controle das notas emitidas. Além  disso, reserva mais tempo para seus colaboradores se dedicarem aos processos.

Po quê?

Porque o NFe.io automatiza diversas tarefas, diminuindo erros e permitindo que seus colaboradores usem esse tempo para outras atividades mais importantes.

Saiba mais: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Essa forma as nossas 6 dicas essenciais de como evitar fraudes no e-commerce. Agora que você já sabe o que fazer, poderá garantir a segurança da sua loja virtual.

Mas sempre há espaço para aprender mais! Por isso, veja mais algumas dicas de segurança no e-commerce neste vídeo da Universidade E-commerce:

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.