Pagamento recorrente EAD: por que ele é tão benéfico?

Tempo de leitura: 6 minutos

O pagamento recorrente EAD pode trazer inúmeros benefícios para o seu negócio, inclusive sendo essa uma das maneiras de se destacar no mercado e escalar de maneira progressiva o seu lucro.

Em vista da sua praticidade, essa modalidade de pagamento tem conquistado cada vez mais os produtores digitais brasileiros. Pois, ele gera mais segurança e garante estabilidade para o negócio.

Isso acontece porque ele permite uma maior previsibilidade da receita, sendo caracterizado por não ter uma data de término e funcionando como uma espécie de assinatura, assim como ocorre no Spotify e Netflix.

Quer crescer o faturamento do seu curso?

Veja os 4 Conhecimentos que você precisa ter para transformar sua escola em um negócio online de alta gestão

Prepare-se para crescer
Te ajudamos a crescer e otimizar o seu negócio!
Preciso desse conhecimento

Para ajudar você a entender um pouco mais profundamente sobre o que é o pagamento recorrente ead, bem como a sua principal característica, separamos algumas questões essenciais logo abaixo.

O que é o pagamento recorrente EAD?

O pagamento recorrente EAD é uma forma de receber uma espécie de mensalidade por um curso que você está oferecendo. Nesse caso, a cobrança acontece de maneira automática após a assinatura de um plano.

Bons exemplos disso são o Netflix e Spotify que oferecem um serviço de streaming por pagamento recorrente. Esse modelo também é conhecido como venda recorrente, assinatura recorrente e até compra recorrente.

Leia também:

Como funciona o pagamento recorrente EAD?

Pagamento recorrente EAD

Para que ocorra o pagamento recorrente é preciso que a empresa que está oferecendo um curso, forneça um contrato de prestação de serviço no qual o cliente se compromete a pagar as mensalidades em um intervalo regular de tempo.

A cobrança pode ser feita de diversas maneiras, como:

  • boleto bancário;
  • cartão de crédito;
  • cartão de débito;
  • débito em conta;
  • pix.

Só para citar alguns exemplos, as empresas de telefonia como Vivo, Tim, Oi e Claro optam pela cobrança por meio do boleto bancário, enquanto que a Netflix dá a opção de pagamentos através de cartões de crédito ou débito.

O débito em conta também vem crescendo bastante, uma vez que ele colabora para a diminuição da inadimplência, assim como o próprio cartão de crédito.

Se quiser saber o passo a passo sobre como criar um pagamento recorrente, não deixe de assistir esse vídeo 👇

Qual a diferença entre pagamento recorrente e pagamento parcelado?

Embora os termos possam ser parecidos, há algumas diferenças entre eles. Para exemplificar, imagine que você pode vender um curso com pagamento parcelado ou pagamento recorrente.

Nota fiscal emitida em massa via excel?

Na NFE.io você conta com emissão de notas fiscais de serviço em massa via Excel. O que acha?

Emita muitas NFS-e sem burocracia!
Disponibilizamos para você a alternativa de emitir via excel, de forma simples, rápida e eficiente.
Experimente gratuitamente!

No caso do pagamento parcelado, o curso tem um preço total que pode ser dividido em uma quantidade de meses no cartão de crédito. Nesse caso, o limite do cartão fica travado para o aluno e a própria escola pode fazer antecipação dessas parcelas.

Já o pagamento recorrente não trava o limite do cartão, sendo que o valor da parcela só aparece no dia em que ela foi paga na fatura. Esse pagamento é feito até que o contrato de prestação de serviços chegue ao fim ou seja rescindido.

Quais as vantagens de adotar o crédito recorrente?

A principal vantagem em se adotar o crédito recorrente é que você terá mais facilidade para oferecer o seu curso no mercado. Imagine que seu curso tenha um custo final de R$ 10 mil.

No entanto, considere que a duração dele seja de 20 meses, e o custo da mensalidade de R$ 500. Se você oferecer o curso na modalidade parcelada será muito mais difícil, uma vez que poucas pessoas possuem um cartão de crédito com um limite tão alto.

Já se o pagamento for feito de forma recorrente, o aluno não precisa ter um limite de crédito tão elevado, uma vez que o valor da parcela será debitado da fatura do cartão mês a mês. Isso estimula que mais pessoas venham a aderir ao seu curso.

Outra vantagem é que há menos chances de inadimplência, embora ela exista. Pois, como o pagamento é debitado no cartão, a única chance do cliente ficar inadimplente é chegar no dia e ele não tiver saldo suficiente para o abatimento das parcelas.

Um outro benefício é a previsibilidade financeira que a cobrança recorrente traz para o seu negócio. Pois, fica mais fácil saber quanto você receberá em um determinado período, possibilitando um maior planejamento financeiro.

Recorrência de pagamento de mensalidades escolares

As escolas já vêm adotando o pagamento recorrente no momento da efetivação da matrícula do aluno. A cobrança pode ser feita por boleto, débito em conta ou até mesmo cartão de crédito ou débito.

Ao aplicar esse método é possível ter um lucro recorrente com EAD, até mais do que o pagamento parcelado, pois, é possível criar cursos mais duradouros e até mesmo promoções em relação a novos cursos.

Você pode criar um curso com duração de 36 meses por exemplo e atrair pessoas interessadas nele, sendo que o mesmo não aconteceria em caso de pagamento parcelado, uma vez que o limite ficaria travado por todo esse tempo.

Entretanto, é preciso destacar que quando a empresa recebe um pagamento recorrente, ela precisa emitir uma Nota Fiscal de Serviços, caso contrário, o próprio contrato poderá ser cancelado ou até mesmo invalidado.

O grande problema é que empresas com uma grande quantidade de alunos efetuando pagamentos recorrentes podem perder muito tempo para fazer essa emissão, sendo a solução a automatização desse serviço.

Automatização da emissão de nota fiscal de Serviços

Conforme antecipamos, a emissão de nota fiscal de serviços (NFS-e) é obrigatória para quem recebe pagamentos recorrentes, e para evitar erros, esquecimentos, e até mesmo custos para manter uma pessoa fazendo só isso, o melhor caminho é a automatização.

Ela garante muito mais agilidade, e você não vai enfrentar gargalos na medida em que as vendas forem escalando. Isso é comum acontecer quando a instituição possui uma pessoa somente para fazer a emissão de notas.

Portanto, o pagamento recorrente EAD, apesar de ser muito importante, precisa ser acompanhado da automatização, uma vez que essa é uma maneira de aumentar o lucro do seu negócio de forma exponencial.

E quando o assunto é automatização de nota fiscal de serviços, a NF.io tem a solução certa para você. Basta entrar em contato com um dos nossos consultores ou acessar o banner abaixo.

Dessa forma você pode focar na atividade central do seu negócio, sem se preocupar com erros que possam surgir no momento do preenchimento das notas recorrentes.

Quero otimizar meu tempo


Quer receber mais conteúdo de graça?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu comentário abaixo. O seu e-mail não será divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Está cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x