Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

O que é o pagamento recorrente? Veja as vantagens para seu negócio e seus clientes

Veja o que é, como funciona o pagamento recorrente, suas vantagens e desvantagens e dicas importantes para começar a utilizar esse recurso. Empresas de assinatura de revistas e outras serviços, como telefonia e energia, academias e universidades, além dos SaaS estão se beneficiando dessa modalidade.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Antes de saber como funciona o pagamento recorrente é importante entender o que ele é.

A princípio, o que vem à nossa cabeça, é aquele débito repetido (geralmente todo mês) de uma quantia, que é sempre a mesma, para um período de tempo pré-estabelecido.

O pagamento recorrente é um sistema utilizado para pagamento de serviços contínuos, ou seja, pagamento de assinatura ou mensalidade.

O serviço em si mesmo pode ser dos mais variados.

Tecnicamente, os serviços recorrentes são aqueles que não são prestados de uma única vez, mas em intervalos regulares ou de uso contínuo.

Tradicionalmente, o pagamento recorrente vem sendo utilizado por empresas de telecomunicações e serviços públicos (energia, água), onde há fornecimento contínuo medido.

As assinaturas de mídia (jornais, revistas), de serviços de streaming (Netflix, Spotify) e planos de academias também são exemplos.

Saiba mais: Quais as vantagens que produtos de venda recorrente podem trazer para seus negócios?

Pagamentos recorrentes e SaaS

Com o surgimento da computação em nuvem e do SaaS (Software as a Service, isto é, que cobram uma taxa mensal pelo serviço), o mundo do faturamento recorrente expandiu as opções.

É uma das estratégias mais importantes em marketing digital. Trata-se de uma tendência que vem crescendo em um ritmo cada vez mais rápido.

Atualmente, muitos produtos de software baseados em nuvem são licenciados por meio de assinaturas mensais, em vez da forma antiga de compra da licença.

Como funciona o pagamento recorrente?

De maneira inicial podemos dizer que o sistema de cobrança recorrente proporciona ao cliente a alternativa de não precisar pagar todo valor do produto, mas pagar apenas pelos uma taxa mensal serviços utilizados.

Mais especificamente, o beneficiário e o pagador concordam com o valor a ser pago em cada ocasião e na duração do período de pagamento.

Em uma SaaS, por exemplo, esses termos estão especificados em diferentes planos de uso, como nos combos de uma TV a cabo ou empresa de telefonia.

As ocorrências sucessivas serão pagas automaticamente a cada mês.

No caso da cobrança recorrente variar com o uso (telefonia, energia elétrica, gás etc.), para cada mês os clientes receberão um resumo do consumo recorrente e detalhes dos valores cobrados.

Veja também: Quais as vantagens que produtos de venda recorrente podem trazer para seus negócios?

Vantagens e desvantagens do pagamento recorrente para seus clientes

Separamos algumas vantagens e desvantagens, para você analisar antes de adotar esse método de pagamento na sua empresa.

É importante saber como seu cliente será afetado.

O pagamento recorrente oferece alguns benefícios para seus clientes:

  • Quando ele se inscreve para pagar contas automaticamente, acaba o faturamento em papel;
  • Ele economiza tempo. Manter o controle dos prazos e reservar tempo semanalmente para pagar as contas pode ser um incômodo;
  • As datas de vencimento são mais convenientes. É possível escolher a data em que o valor será pago;
  • Com isso, ele também pode evitar multas por atraso, ao configurar os pagamentos de forma programada.

As opções de pagamentos recorrentes também apresentam algumas desvantagens em potencial que devem ser consideradas.

Algumas desvantagens:

  • Se ele não for cuidadoso, o uso de pagamentos automáticos pode levar sua conta bancária para o vermelho ou inadimplência;
  • Para evitar isso, a escolha da data de pagamento deve ser uma que ele tenha certeza de que terá dinheiro na conta para cobrir;
  • Ele pode se envolver em um labirinto de cobranças recorrentes e ter dificuldade em sair.

Por isso, é muito importante entender como funciona o pagamento recorrente e ter em mente todas essas possibilidades para evitar futuros clientes descontentes.

Dicas para começar a cobrar dessa forma

O primeiro passo é saber qual modelo de negócio usar.

Isso varia de acordo com o produto ou serviço que oferece.

Como dicas iniciais e gerais, podemos destacar:

  • Precificar o serviço corretamente (lembre-se que ele vai ser pago aos poucos!);
  • Definir o modelo de vendas;
  • Evoluir pari passu com as necessidades do assinante e ampliar serviços e funcionalidades.

Além disso, estar ciente de como funciona o pagamento recorrente pode ajudar na hora de escolher o software adequado.

Aqui também vão outras dicas:

  • Quais tipos de pagamento você deseja aceitar?
  • Boleto bancário é uma opção?
  • Você quer aceitar pagamentos com cartão de crédito e débito?
  • Em caso afirmativo, quais bandeiras?

É importante encontrar um software de faturamento recorrente que suporte todos os tipos de pagamento que você deseja aceitar.

Você tem necessidade de aceitação de pagamento além do faturamento recorrente?

Embora a automação do faturamento recorrente seja sua meta principal, pense se a sua empresa precisa processar um pagamento único ou enviar uma fatura.

Muitas empresas têm várias maneiras de coletar pagamentos on-line de clientes.

Procure um sistema de faturamento recorrente que cubra o máximo possível de suas necessidades de coleta de pagamentos.

Agora que você tem informações suficientes de como funciona o pagamento recorrente, que tal começar a utilizá-lo agora mesmo para se destacar no mercado e ampliar os seus lucros?

Veja algumas dicas que podem te ajudar:

Com um software de emissão de notas fiscais como o NFe.io a cada pagamento recorrente realizado as notas são emitidas automaticamente, poupando trabalho de sua equipe.

Além disso, ele oferece desconto na emissão do certificado digital e diversas outras vantagens, confira: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

 

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 2