Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Google Ads para e-commerce: 6 dicas infalíveis para alavancar os resultados da sua loja virtual

Confira 6 dicas valiosas de Google Ads para e-commerce e saiba como essa ferramenta pode impulsionar os resultados da sua loja virtual.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Precisando impulsionar as vendas da sua loja virtual mas ainda não sabe como fazer isso?

Uma ferramenta muito utilizada para atender a essa finalidade é o Google Ads. Já ouviu falar?

Neste artigo, vamos explicar o que é o Google Ads e para que ele serve e qual a contribuição dessa ferramenta para as empresas de comércio eletrônico.

Continue a leitura e confira também 6 dicas de Google Ads para e-commerce que vão te ajudar a alavancar seus resultados.

O que é o Google Ads?

O Google Ads é uma ferramenta de publicidade online desenvolvida pela gigante da tecnologia.

Com o Google Ads, as marcas conseguem criar anúncios pagos e exibi-los nas páginas de pesquisa do Google e nas plataformas, sites e aplicativos associados à multibilionária da internet.

Uma das principais vantagens de utilizar o Google Ads para veicular anúncios da sua marca é a possibilidade de segmentar seu público-alvo. Ou seja, você pode direcionar sua campanha para atingir o segmento de clientes certo, com o conteúdo certo e no momento certo.

Isso tende a impactar positivamente os resultados das suas vendas, pois as campanhas publicitárias serão mais certeiras.

Além disso, no Google Ads você consegue ter maior controle sobre os investimentos feitos em anúncios patrocinados. Nessa ferramenta, é possível analisar, em tempo real, os resultados das campanhas e o que pode ser melhorado.

Para utilizar o Google Ads, basta criar uma conta no Google e cadastrar o cartão de crédito, no qual serão cobrados os valores referentes ao seu investimento nos anúncios.

Antes de começar a leitura, confira estas dicas do E-commerce na Prática:

Leia também: SEO para e-commerce: o que é preciso fazer para conseguir um bom ranqueamento?

6 dicas de Google Ads para e-commerce

1 – Defina a sua buyer persona

A primeira dica de Google Ads para e-commerce consiste na definição de uma buyer persona. Ou seja, qual é o perfil ideal de cliente que você deseja atingir com seus anúncios?

Como já mencionado por aqui, o Google Ads tem a grande vantagem que é segmentar o público para quem o seu anúncio será exibido. Sendo assim, para que o seu anúncio seja eficaz, defina quais características os targets da campanha precisam ter.

Se você é dono de uma loja virtual de calçados, por exemplo, pode ter como buyer persona mulheres, de 30 a 35 anos, que moram em São Paulo, que já compraram calçados pela internet e que assistem vídeos no YouTube sobre moda e beleza.

Confira abaixo um vídeo explicativo sobre a segmentação no Google Ads:

2 – Estabeleça os objetivos da sua campanha

Para que a sua campanha no Google Ads dê certo, é fundamental que você defina seus objetivos. “Aumentar as vendas” é muito vago; você precisará ser mais específico que isso.

Estabeleça metas e objetivos que sejam específicos, mensuráveis, possíveis de serem alcançados, relevantes para o seu negócio e com um prazo bem determinado.

3 – Faça um benchmarking dos seus concorrentes

O que os seus principais concorrentes têm feito em suas respectivas campanhas publicitárias na internet? Qual o tom do discurso adotado por eles? Em quais plataformas eles estão anunciando?

Entender como a concorrência tem se comportado em relação aos anúncios no Google Ads permitirá a você ter ideias que façam os anúncios da sua empresa se destacarem perante o das outras marcas.

4 – Escolha as palavras-chaves mais adequadas

As palavras-chave escolhidas para os seus anúncios no Google Ads farão toda a diferença nos resultados da sua campanha.

Busque ser o menos vago possível para que o site do seu e-commerce apareça nos motores de busca.

O Google disponibiliza para seus usuários a ferramenta Keyword Planner. Com ela você consegue analisar e escolher as palavras-chave que mais têm a ver com a sua loja virtual.

5 – Invista em anúncios de pesquisa dinâmica

Nos anúncios de pesquisa dinâmica, o título do anúncio é modificado automaticamente de acordo com a busca feita pelo usuário.

Assim, o conteúdo da campanha fica mais relevante para o target, facilitando a conversão em venda.

Se o seu comércio eletrônico possui muitos produtos, é possível ter acesso a outra vantagem dessa modalidade que é a frequente atualização dos anúncios

Confira abaixo um vídeo que o Google preparou preparou para explicar como funcionam os anúncios dinâmicos.

Não esqueça de ativar a legenda em português :

Veja mais: Saiba como otimizar seu sistema de e-commerce

6 – Invista no remarketing dinâmico

Por fim, chegamos a nossa última dica de Google Ads para e-commerce.

No remarketing dinâmico, os anúncios são direcionados para pessoas que já tiveram algum contato com a sua loja.

Quando, por exemplo, um usuário entra no seu site, clica em algum produto, mas não finaliza a compra, um anúncio sobre esse produto aparecerá para esse usuário em algum momento.

Assim, você estará recuperando um lead que estava muito próximo do final do Funil de Vendas.

Entenda melhor no vídeo abaixo:

Veja também: Gateway de pagamento para e-commerce: O que é? Como funciona? Vale a pena mesmo?

O que achou das nossas dicas de Google Ads para e-commerce? Pronto para colocá-las em prática?

Lembre-se de sempre monitorar os resultados da sua campanha a fim de fazer os ajustes necessários para potencializar seu retorno sobre o investimento.

Este post também pode interessar a você: Chatbot para e-commerce: como funciona e quais benefícios essa ferramenta oferece para sua loja virtual

Suas vendas vão aumentar, e a emissão de notas também! Como gerenciar isso?

Um sistema gerenciador de notas fiscais como o NFe.io traz mais agilidade e confiabilidade para a gestão de suas NF-e. Assim, sua equipe tem tempo livre para se dedicar a outras atividades.

Veja mais alguma vantagens do NFe.io:

  • Gráficos e estatísticas disponíveis em um dashboard, com a evolução mensal de seu negócio e motivo de recusa de notas;
  • Você pode usar mais de uma empresa em sua conta, o que permite até usar o modo de revenda;
  • Faz consultas automatizadas a CPF e a CNPJ; 
  • Guarda suas notas em local seguro na nuvem automaticamente;
  • Dá desconto no certificado digital;
  • Cálculo automático dos impostos;
  • Os arquivos XML e HTML são gerados e enviados aos clientes por e-mail;
  • Reenvio de notas automático caso o site da prefeitura esteja fora do ar.

Confira também em nosso blog: Contabilidade para e-commerce: 7 dicas essenciais para manter a saúde financeira do seu negócio

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.