Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

O que é gestão de estoque e porque ela é importante para os resultados da sua empresa

Entenda o que é gestão de estoque, a importância dessa prática para os negócios e quais vantagens ela pode trazer para a sua empresa.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Você sabe o que é gestão de estoque?

Em linhas gerais, pode-se dizer que se trata do processo cujo objetivo é garantir que uma empresa tenha sempre à disposição os produtos de que precisa para manter suas operações comerciais. Além disso, garantir que os custos para isso sejam os mais baixos possíveis, sem comprometer a qualidade de seus processos.

Neste artigo você vai entender melhor o que é gestão de estoque, verá também a importância dessa prática para os negócios e quais vantagens ela pode trazer para a sua empresa.

Leia também: Dicas de controle de estoque: confira 7 e veja a importância dessa prática para os negócios

O que é gestão de estoque?

A gestão de estoques é uma abordagem sistemática para obter, armazenar e lucrar com ativos que não são de capital. Por exemplo: matérias-primas e produtos acabados. A intenção é garantir o estoque certo, nos níveis certos, no lugar certo, na hora certa e com o custo certo.

Como parte de sua cadeia de suprimentos, o gerenciamento de estoques inclui aspectos como:

  • controlar e supervisionar as compras de fornecedores e clientes;
  • controlar a quantidade de produtos à venda;
  • verificar o atendimento de pedidos.

A gestão de estoque de uma empresa vai depender, naturalmente, dos tipos de produtos que são comercializados e dos canais utilizados para esse fim.

O gerenciamento de estoques supervisiona o fluxo de mercadorias dos fabricantes para os depósitos e dessas instalações para os pontos de venda. Assim, a gestão depende de registros detalhados de produtos à medida que eles entram e saem de armazéns e pontos de venda.

A gestão de estoque é o processo de supervisionar de maneira eficiente o fluxo constante de unidades. Esse processo geralmente envolve o controle da transferência de unidades. Dessa forma, evita-se que o estoque se torne muito alto ou diminua para níveis que possam colocar em risco a operação da empresa.

O gerenciamento competente de estoques também busca controlar os custos associados ao estoque. Isso tanto do ponto de vista do valor total dos bens incluídos quanto da carga tributária gerada pelo valor acumulado do estoque.

Por que a gestão de estoque é importante?

Para qualquer negócio baseado em mercadorias, o valor do estoque não pode ser superestimado. Por isso o gerenciamento beneficia sua eficiência operacional e longevidade.

Sem uma abordagem inteligente, você enfrentará uma série de desafios, incluindo:

  • custos de extravios;
  • perda de lucros;
  • serviço insatisfatório ao cliente.

Em um contexto mais amplo,  gestão de estoque também fornece insights sobre sua situação financeira, comportamentos e preferências do cliente, oportunidades de produtos e negócios, tendências futuras e muito mais.

Esse gerenciamento é importante para manter o equilíbrio correto de estoque em seus depósitos. Afinal, você não vai querer perder uma venda porque não tem estoque suficiente para atender o pedido. Da mesma forma, você também não vai querer ter excesso de estoque ocupando espaço desnecessariamente nos seus depósitos.

Excesso de estoques pode gerar perdas de lucro, pois os produtos podem ter o prazo de validade expirado ou sair da temporada.

Nesse sentido, a chave para o controle de estoque adequado é uma compreensão mais profunda da demanda do cliente por seus produtos.

O rastreamento preciso de inventário permite que as marcas cumpram os pedidos no prazo e com precisão, sem perdas.

Além de manter o controle do volume e do movimento das mercadorias, a gestão de estoque também possibilita a preparação de registros precisos. Eles são usados ​​para acessar quaisquer impostos devidos em cada tipo de inventário.

Sem dados precisos sobre volumes unitários dentro de cada fase da operação, a empresa não pode calcular adequadamente os valores dos impostos. Isso poderia levar ao pagamento insuficiente de tributos e, possivelmente, incorrer em penalidades.

Este post também pode interessar a você: 5 dicas para fazer uma boa logística para e-commerce

Quer saber ainda mais? Então confira mais dicas neste vídeo do SEBRAE:

Vantagens de uma boa estratégia de gestão de estoques

Agora que você já sabe o que é gestão de estoque e sua importância para os negócios, confira a seguir algumas das principais vantagens que essa prática pode oferecer para a sua empresa.

  • Melhoria na precisão de pedidos, status e rastreamento de produtos;
  • Maior organização do estoque
  • Aumento da eficiência e da produtividade
  • Otimização de recursos (tempo, dinheiro e mão de obra)
  • Redução de falhas como envio de mercadorias incorretas ou danificadas
  • Aumento da satisfação e fidelização de clientes

Ficou claro o que é gestão de estoque? Está convencido a implementar essa prática no seu negócio?

Lembre-se de que a gestão de estoque é fundamental para o sucesso e o resultado final da empresa. Seguir as melhores práticas de gestão de estoque é a chave para o sucesso a longo prazo.

Saiba mais: Por que fazer um relatório de notas fiscais emitidas? Veja 6 vantagens e como fazer!

Controle a emissão de notas fiscais e saiba tudo que entra e sai dos estoques

Com o NFe.io você tem um total controle de suas notas fiscais e até um painel onde pode consultar tudo que emitiu. Assim, fica fácil apurar as entradas e saídas do estoque.

Além disso, você conta com consultas automatizadas de CPF e CNPJ e tem desconto no certificado digital.

Saiba mais: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 2