NFE.io
NFE.io

Dicas de controle financeiro empresarial indispensáveis para garantir os resultados da sua empresa

Confira dicas incríveis de controle financeiro empresarial para manter os resultados do negócio: do fluxo de caixa à projeções.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Você busca por dicas de controle financeiro empresarial? Garantir o equilíbrio no fluxo de caixa é fundamental para que uma empresa se mantenha competitiva no mercado. SE você sente que as finanças de seu negócio não estão em ordem, é fundamental tomar uma providência, antes que a situação se agrave.

Por essa razão, saber gerenciar adequadamente as finanças deveria ser uma preocupação constante nas organizações brasileiras.

No entanto, segundo dados da Granatum, apenas 44% dos empresários acompanham suas receitas e despesas regularmente. 22% somente olham os extrato bancário e surpreendentes 33% não acompanham nenhum tipo de controle financeiro.

E mais: apenas 23% dos empresários separam as finanças pessoais das finanças da empresa.

Como se vê, o cenário não é animador.

Neste post, selecionamos diversas dicas de controle financeiro empresarial para que você não caia nessa armadilha.

Veja também em nosso blog: 6 ferramentas de gestão empresarial para controlar as finanças de seu negócio

Dicas de controle financeiro empresarial

Imagine duas empresas concorrentes que atuam no mesmo segmento. Aquela empresa que conseguir uma melhor gestão de suas finanças para gerar mais lucro ao final do período larga na frente para crescer no mercado, não é?

Para colocar em prática um controle financeiro eficiente é preciso elaborar algumas medidas simples e ter atenção constante em relação às movimentações realizadas pela organização. Com disciplina, todos os gestores podem melhorar o relacionamento com as finanças.

As dicas de finanças empresariais que apresentamos não são complexas e podem ser aplicadas facilmente em qualquer empresa. O maior desafio enfrentado nesse momento é gerenciar um tempo especial para lidar com as finanças em meio a diversas outras atividades operacionais.

Confira as principais dicas financeiras para pequenas empresas:

1. Avalie a situação financeira atual da empresa

A primeira das dicas de controle financeiro empresarial é criar uma consciência sobre a situação atual da sua empresa.

  • Você consegue pagar tranquilamente todos os custos mensais?
  • Possui uma reserva financeira?
  • Conseguiu obter uma boa lucratividade nos últimos períodos?

Essa análise inicial é fundamental para avaliar a qualidade dos controles financeiros atuais – além de contribuir para identificar potenciais problemas.

Ao comparar todas receitas com as despesas, talvez você note que o lucro obtido é menor do que pensava e identifique onde pode reduzir gastos.

2. Registre e acompanhe as movimentações diariamente

É impossível falarmos sobre dicas de finanças empresariais sem ressaltar a importância de registrar todas as movimentações realizadas pela empresa. É com base nessas informações que você realmente consegue gerenciar adequadamente o dinheiro da organização.

Para colocar isso em prática, é importante que nenhuma movimentação passe batida – por menor que seja o valor da operação.

Após um período de registros rigorosos, ficará mais fácil enxergar a situação financeira da empresa.

Para isso você pode usar planilhas ou mesmo softwares de gestão financeira, alguns deles são gratuitos!

Veja: [atualizado em 23/6/18] Programas para controle financeiro grátis: confira 5

3. Domine o fluxo de caixa

Uma ferramenta de fluxo de caixa sempre atualizada garante que o gestor tenha consciência constante sobre a situação atual das finanças empresariais.

Essas informações são importantes não só para garantir a manutenção das operações, mas também servem de base para a tomada de decisão.

4. Faça projeções financeiras

As dicas financeiras para pequenas empresas não devem abranger somente o presente. O domínio sobre o futuro da empresa também é fundamental para evitar imprevistos e garantir o desenvolvimento da organização.

Através de projeções financeiras você pode simular diversos cenários para os próximos meses e estar preparado para todos eles. Dessa forma, a previsão sobre as despesas e receitas pode ser acompanhada de perto para garantir os melhores resultados.

Fique de olha na sazonalidade do seu negócio e no noticiário econômico. Converse com outros empresários, troque ideias e busque se antecipar a acontecimentos que podem ser uma oportunidade ou uma ameaça para sua empresa.

5. Procure reduzir custos

Após seguir as dicas de controle financeiro empresarial que já vimos até o momento, você tem em mãos registros precisos sobre as movimentações da empresa e projeções para os períodos futuros, certo?

Essas informações são muito úteis para permitir a redução de custos operacionais. Torna-se mais fácil enxergar quais são as despesas mais relevantes no seu orçamento e identificar gastos que não são necessários.

Veja mais: Veja 7 dicas para reduzir custos operacionais de uma empresa

6. Utilize as informações contábeis

Uma ótima forma de otimizar ainda mais o seu controle financeiro empresarial é utilizando as informações contábeis na gestão financeira.

Com um sistema de gerenciamento e emissão de nota fiscal, por exemplo, é possível importar informações precisas das movimentações realizadas pela sua empresa – alimentando o seu controle com informações precisas.

Veja um painel de controle com dados importantes que um gerenciador de notas fiscais pode te oferecer:

Dicas de controle financeiro empresarial

Importância do controle financeiro

Depois dessas dicas de controle financeiro empresarial, é importante ressaltar a grande importância que essa rotina pode ter para o crescimento de uma organização.

Veja alguns aspectos que comprovam isso e não deixe de ser disciplinado em seus controles para alcançar essas vantagens:

  • Domínio sobre a saúde financeira para tomar as melhores decisões;
  • Maior segurança para evitar endividamentos;
  • Criação de metas reais e alcançáveis para os períodos futuros;
  • Com conhecimento sobre os principais custos, torna-se possível reduzir as despesas e aumentar a lucratividade;
  • Planejamento consciente do crescimento da organização com base nos resultados alcançados;
  • Garantia do capital de giro para manter as operações em funcionamento;
  • Alocação adequada do capital necessário para o desenvolvimento das atividades de todos os setores da empresa.

Com um sistema de gerenciamento de notas fiscais, além da emissão e cálculo automático das NFe, sua empresa conta com diversas vantagens, como agilidade nesse processo e mais tempo para seus colaboradores se dedicarem a outras tarefas.

Com o NFe.io você consegue emitir notas de diferentes CNPJs e para várias prefeituras na mesma interface, fazer consultas automatizadas a CNPJ e CPF, além de conseguir desconto na emissão do certificado digital.

Confira: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comentários 0
Não há nenhum comentário