Scale-up: o que é e quais as diferenças para startup?

Tempo de leitura: 7 minutos

Nos últimos anos, alguns conceitos vêm ganhando destaque no mundo do empreendedorismo. Isso acontece por conta do surgimento de novos modelos de negócio impulsionados por mudanças na economia e no comportamento dos consumidores.

Dentre esses termos, está “scale-up”. De maneira resumida, é utilizado para classificar empresas que mantêm um crescimento exponencial por alguns anos. Contudo, há diversos detalhes por trás do conceito.

Interessou-se em conhecer mais sobre o assunto? Continue a leitura e aproveite!

Está cansado de emitir suas notas fiscais uma por uma?

Na NFE.io é possível se livrar dessas tarefas repetitivas através de integrações com meios de pagamento, plugins, planilha do excel ou conectando diretamente com a nossa API.

Quer entender como funciona?
Converse com a nossa equipe especializada para livrar a sua empresa da burocracia!
Quero otimizar meu tempo

O que é scale-up?

Scale-up é um termo utilizado para definir empresas que se encontram em alto crescimento e possuem a escalabilidade necessária para manter esse progresso. De acordo com o Manual on Business Demography Statistics, da OCDE e da Eurostat, “alto crescimento” pode ser definido como uma expansão anual de mais de 20%, por 3 anos consecutivos, em organizações com 10 colaboradores ou mais.

Apesar do conceito ser determinado sobretudo pelo desenvolvimento, o modelo de negócio também é fundamental para que uma empresa seja classificada como scale-up. Isso porque ela precisa ter a capacidade de escalar com agilidade e sustentabilidade.

O que isso significa? Que a organização precisa ter um modelo de negócio capaz de aumentar a receita, sem ampliar os custos na mesma proporção. Apenas companhias com esse nível de escalabilidade conseguem conquistar o alto crescimento.

Leia também: O que é valuation, por que é importante e como calcular?

3 exemplos de scale-ups brasileiras

Para esclarecer ainda mais o significado de scale-up, separamos algumas empresas brasileiras que servem como exemplo. Todas participaram da primeira edição do programa Scale-Up Endeavor Nacional 2021. Logo, comprovadamente se enquadram nessa classificação. Conheça as organizações:

  • Movidesk;
  • Feedz;
  • Geekhunter.

1. Movidesk

O Movidesk é uma startup fundada em 2016, com sede em Blumenau – SC, que oferece um software de atendimento que pode ser usado tanto para a comunicação interna quanto com clientes.

Os principais objetivos do produto são reduzir a burocracia de processos, o sobrecarregamento de colaboradores e a insatisfação dos consumidores.

Hoje, atende mais de duas mil empresas de diferentes portes e segmentos — inclusive grandes nomes, como Mercado Livre, ESPN, Unimed e Unilever.

2. Feedz

A Feedz é uma startup fundada em 2018, em Florianópolis – SC, que oferece um software voltado a dar suporte ao departamento de recursos humanos.

A ferramenta conta com funcionalidades que ajudam a definir e mensurar metas, contribuindo para a melhora do engajamento dos colaboradores.

Hoje em dia, a plataforma é usada por empresas de relevância em seus ramos, como Agendor, ClickBus e Agenda Edu.

3. Geekhunter

A Geekhunter é uma startup que foi fundada em 2015, com sede em Florianópolis – SC. Ela oferece uma plataforma de recrutamento de desenvolvedores, que facilita os processos seletivos por meio de inteligência artificial e machine learning.

Conhece as Métricas para SaaS?

Baixe a planilha gratuita de métricas para SaaS e desbloqueie o potencial de crescimento de sua empresa com gráficos simples

Tenha controle sobre o seu faturamento
Desbloqueie o seu conhecimento financeiro a longo prazo
Preciso dessa planilha

A solução é utilizada por empresas que são referências em suas áreas, como Amazon, Centauro, Meetime e Resultados Digitais. Além disso, é 100% gratuita para candidatos, sendo que cerca de 90% recebem convites para entrevistas.

Confira também: OKR e Canvas: como fazer planejamento estratégico para startup

Quais são as diferenças entre scale-up e startup?

Ao ver os exemplos, é possível notar que todas as empresas são denominadas startups. Portanto, é comum surgir a dúvida sobre quais são as diferenças entre scale-ups e startups.

Startup é um termo usado para classificar negócios disruptivos, escaláveis, enxutos e de crescimento ágil. Muito semelhante ao significado de scale-up, certo? No entanto, é um conceito mais abrangente, porque pode compreender negócios em diferentes momentos.

Sendo assim, a principal diferença entre os termos é o contexto das organizações. Uma startup pode ser uma empresa ainda em validação, que não fez sequer uma venda. Assim como pode ser uma companhia estabelecida, com uma grande fatia do mercado.

Já uma scale-up necessariamente está na fase de tração, com crescimentos constantes e exponenciais. Lembra-se de como a OCDE define o termo? Negócios com ao menos 10 funcionários e 20% de crescimento anual, por 3 anos consecutivos.

Importante ressaltar que os conceitos não são excludentes. Como visto nos exemplos, uma startup também pode ser uma scale-up, bem como o contrário.

Qual é o momento ideal para uma startup se tornar uma scale-up?

Não há uma regra sobre em qual momento uma startup deve focar na obtenção dos requisitos para se tornar uma scale-up. Tudo depende dos objetivos dos fundadores e investidores.

Contudo, é de consenso geral que as estratégias apenas devem ser totalmente direcionadas a esse objetivo após a empresa ter feito todas as validações (Product Market Fit, Channel Market Fit, etc.) e alcançado a fase de tração.

Antes de chegar a esse estágio, nem mesmo há a possibilidade de tentar se tornar uma scale-up. Afinal, não haverá comprovação de que existe uma demanda pelo produto ou serviço.

Veja também: Como conseguir investimento para startup? 6 dicas para angariar recursos e financiar a sua ideia

Como construir ou se tornar uma scale-up?

O caminho para chegar e se manter ao alto crescimento não é nada fácil. Contudo, algumas atitudes podem ser de grande ajuda. Confira algumas dicas:

  • sonhe alto;
  • defina metas claras e realizáveis;
  • valide produtos, canais e processos;
  • valorize a troca de experiências.

1. Sonhe alto

Para alcançar o alto crescimento, é preciso de ousadia e ambição. Logo, inclua esse desejo em seus sonhos e se esforce ao máximo para alcançá-los.

2. Defina metas claras e realizáveis

Sonhos por si só podem ser fantasiosos e, se não tirados do papel, podem nunca se tornar realidade. Por isso, é fundamental transformá-los em objetivos específicos, claros e realizáveis.

Assim, será possível estruturar um planejamento adequado para conquistá-los. Para que você consiga elaborar os propósitos dessa forma, recomendamos estudar o conceito de metas SMART.

metas para o setor financeiro de uma empresa

3. Valide produtos, canais e processos

Ao longo do texto, já comentamos diversas vezes sobre validação. Isso porque ela é indispensável para qualquer negócio. O primeiro passo que uma empresa deve tomar é a validação dos produtos, canais e processos.

É um enorme “tiro no pé” lançar uma solução sem qualquer estudo e comprovação. Muito provavelmente o negócio terá falido em alguns meses.

Demanda não se cria, encontra-se. Por isso, é fundamental criar um produto baseado em dores que já existem e realizar testes para comprovar se realmente há um mercado para ele.

4. Valorize a troca de experiências

Um dos alicerces das scale-ups é a troca de experiências, tanto interna quanto externa. Logo, é uma ótima ideia criar um canal de comunicação com organizações que possuem objetivos e ideais semelhantes, bem como incentivar a comunicação interna.

Como a NFE.io pode ajudar empresas scale-ups?

Para que uma empresa alcance e mantenha o alto crescimento, é preciso que a produtividade seja muito bem direcionada e priorizada. Segundo o Princípio de Pareto, 20% das tarefas são responsáveis por 80% dos resultados.

A questão é que há atividades trabalhosas e demoradas que são importantes e não podem ser simplesmente deixadas de lado, como é o caso da emissão e gestão de notas fiscais. Então, o que fazer nessas situações? Automatizar os processos!

E a NFE.io pode lhe ajudar com isso. A nossa API emite, envia e armazena as notas fiscais de maneira automática, o que faz com que a equipe possa dedicar mais tempo a outras tarefas.

Quer tornar a sua empresa uma scale-up, ou mantê-la nesse patamar? Entre em contato com um de nossos especialistas e entenda como podemos lhe auxiliar!


Quer receber mais conteúdo de graça?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu comentário abaixo. O seu e-mail não será divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Está cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x