O que é pivotar um negócio e como isso pode ser feito?

Tempo de leitura: 6 minutos

Você sabe o que é pivotar uma empresa? Já ouviu falar em pivotar uma startup? De maneira resumida, pivotar consiste em mudar a direção de um negócio sem alterar a sua base.

Na prática, é ter a oportunidade de reestruturar o seu empreendimento, com a vantagem de já conhecer os pontos positivos, os pontos negativos que estavam comprometendo o seu crescimento, e qual tende a ser o caminho mais indicado para seguir a partir dessa estratégia.

Pivotar é uma excelente maneira de ajustar modelos de negócios que, quando saíram do papel, não deram tão certo quanto se havia imaginado, mas que ainda têm considerável potencial.

Está cansado de emitir suas notas fiscais uma por uma?

Na NFE.io é possível se livrar dessas tarefas repetitivas através de integrações com meios de pagamento, plugins, planilha do excel ou conectando diretamente com a nossa API.

Quer entender como funciona?
Converse com a nossa equipe especializada para livrar a sua empresa da burocracia!
Quero otimizar meu tempo

Assim, ao invés de desistir da sua empresa, você pode remodelá-la, aumentando as chances de trilhar uma trajetória lucrativa e de sucesso. Mas quais ações precisam ser adotadas para isso?

Para ajudar você, este artigo vai explicar, em detalhes, o que é pivotar, o que não é, quando saber a hora de iniciar essa estratégia, e o passo a passo a ser seguido.

Por isso, continue a leitura e confira como mudar o futuro do seu negócio!

Afinal, o que é pivotar uma empresa?

Para explicar o que é pivotar, vamos começar esclarecendo a origem desse termo. A expressão pivotar vem da palavra em inglês pivot, que significa “girar, prover de eixo, rodar em volta de eixo”.

Assim, é possível definir que pivotar uma empresa, ou pivotar uma startup, quer dizer “mover” o negócio em sua própria base, alterando, assim, a sua direção.

Esse termo também está bastante relacionado ao basquete, especificamente ao jogador que atua como pivô. 

Durante o jogo, ele precisa parar a bola, se manter fixo em um ponto da quadra, observar o que está acontecendo ao seu redor, girar no seu próprio eixo e, somente depois, arremessá-la.

Basicamente, esse é o mesmo processo que acontece quando se precisa pivotar um negócio. 

A empresa passa por uma breve parada para que os gestores possam analisar os arredores, verificar qual novo caminho devem trilhar e, assim, poder reiniciar as suas atividades com um novo formato de atuação.

Este vídeo vai ajudar você a entender um pouco mais o que é pivotar. Confira!

Exemplos de empresas que “pivotaram”

Para deixar mais claro o que é pivotar, vamos dar alguns exemplos de grandes marcas que passaram por esse processo. São elas:

Conhece as Métricas para SaaS?

Baixe a planilha gratuita de métricas para SaaS e desbloqueie o potencial de crescimento de sua empresa com gráficos simples

Tenha controle sobre o seu faturamento
Desbloqueie o seu conhecimento financeiro a longo prazo
Preciso dessa planilha
  • Youtube: se você não sabe, o Youtube foi lançado inicialmente como uma rede de relacionamento para que as pessoas pudessem postar vídeos pessoais para potenciais parceiros. A ideia de ser uma plataforma de vídeo (base da empresa) permaneceu, mas o seu foco foi totalmente modificado, levando ao sucesso que tem hoje;
  • Netflix: a empresa começou como um serviço de entrega de DVDs aos usuários, mas pivotou e se tornou uma plataforma de streaming. Porém, tempos depois, pivotou novamente e deixou de disponibilizar apenas conteúdos de terceiros e passou a criar também as suas próprias produções;
  • Google: o gigante das pesquisas foi fundado com o objetivo de organizar as informações que eram disponibilizadas na internet. Para encontrar uma maneira de monetizar a empresa, ela foi pivotada. Foi então que o Google encontrou na publicidade a sua fonte de receita, sem se desviar da sua base de atuação.

Sugestão de leitura: “Google Ads para e-commerce: 6 dicas infalíveis para alavancar os resultados da sua loja virtual

E o que não é pivotar um negócio?

Mas além de saber o que é pivotar, também é bem interessante que você saiba o que não é pivotar.

Por isso, não considere pivotar a realização de pequenas mudanças na sua empresa, tais como um ajuste no seu plano de negócios, a mudança de um fornecedor, o adiamento do lançamento de um produto e/ou serviço para adequação, e outros ajustes similares.

Pivotar é mudar de maneira ampla, complexa, e até mesmo drástica, a sua estratégia de negócio. 

É de maneira realista e concreta alterar a direção que a sua empresa estava seguindo, mantendo apenas a sua base inicial de criação.

Aproveite e leia também: “OKR e Canvas: como fazer planejamento estratégico para startup combinando essas duas metodologias

Quando saber a hora certa de pivotar?

Agora que ficou mais claro o que é pivotar, você já deve estar com uma possível ideia em mente de quando é indicado iniciar essa estratégia, certo? Caso ainda não esteja, sem problemas, nós vamos explicar!

De modo geral, um gestor deve considerar pivotar o seu negócio quando a abordagem que está sendo utilizada não está gerando os resultados esperados, ou seja, não há volume de vendas considerável e, consequentemente, faturamento.

Porém, o tempo exato varia de empresa para empresa. O motivo é que, dependendo do segmento pode haver, sim, um tempo de retorno, o que, não necessariamente, indica a necessidade de pivotar.

No entanto, se passado esse período e os resultados não vierem, é bem interessante considerar iniciar essa tática. 

Além disso, há outras razões que chamam a atenção para mudar a direção de um negócio, tais como:

  • o produto fabricado, ou o serviço oferecido, se tornou obsoleto;
  • o produto fabricado, ou o serviço oferecido, não teve a aceitação esperada;
  • os clientes migraram para marcas que oferecem soluções mais modernas;
  • o setor está apontando para um formato mais viável e rentável;
  • as necessidades, expectativas e interesses do público-alvo mudaram.

O que você precisa fazer para pivotar a sua empresa?

Definido o que é pivotar e em quais situações essa ação é indicada? Então chegou a hora de saber como fazer isso.

Se notou que chegou o momento de pivotar o seu negócio, nossas dicas para obter sucesso com essa tática são:

  • levantar todos os pontos que não deram certo no planejamento inicial;
  • fazer um bom estudo do seu mercado de atuação e verificar quais soluções estão sendo entregues pelos concorrentes, ou mesmo identificar novas oportunidades de negócios nas lacunas deixadas por eles;
  • considerar as novas necessidades do seu público-alvo, seus desejos, dores e expectativas que podem ser supridos com a sua oferta após essa ser melhorada;
  • realizar um novo planejamento estratégico e financeiro, considerando todos esses pontos.

E qual outras dicas tão boas quanto essa para ajudar o seu negócio a crescer? Então aproveite que está aqui no blog da NFE.io e leia estes artigos:

 


Quer receber mais conteúdo de graça?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu comentário abaixo. O seu e-mail não será divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Está cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x