Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

O que é um gateway de pagamento e sua importância para as negociações online e off-line

O que é um gateway de Pagamento, como funcionam essas ferramentas de intermediação de negócios, a redução nos custos de operação que trazem para as empresas, os recursos e funcionalidades diferenciadas que proporcionam e outros benefícios para os empresários e consumidores.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Se você quer saber como funciona um gateway de pagamento é porque está disposto a enfrentar os desafios do empreendedorismo e começar um negócio online. Estamos certos?

Saiba que essa é uma oportunidade bastante promissora. E se você fizer um bom plano de negócios, pode alcançar bastante sucesso.

E um dos pontos mais relevantes desse empreendimento deve ser a escolha de um bom gateway de pagamento.

Afinal, comprar pela internet é uma realidade crescente entre a população brasileira, mas uma das principais preocupação do consumidor é com a transparência e a segurança durante a compra e na entrega dos produtos e serviços adquiridos.

Mais do que entender o que é um gateway de pagamento, o empresário deve perceber que toda transação comercial via cartões e outros meios de pagamento – mesmo off-line – não pode existes com eficiência sem esse tipo de empresa de intermediação de pagamentos.

Por isso, neste post, trouxemos uma série de informações sobre como funciona um gateway de pagamento é até algumas dicas para escolher o ideal para seu negócio.

Veja também: gateways de pagamento no Brasil, conheça 3 das melhores alternativas

O que é um gateway de pagamento?

O serviço remoto responsável pela comunicação entre clientes, bandeiras de cartão de crédito e lojista ou outros empreendedores nas operações de compra e venda é denominado gateway de pagamento.

Essa interface facilita a transação de pagamento pela transferência de informações vindas de um site, celulares, máquinas no ponto de vendas ou serviço de voz para um processador ou banco.

Assim, o gateway de pagamento facilita a vida do empreendedor. Porque faz a intermediação entre as diversas empresas envolvidas na transação eletônica. Dessa forma, ele poupa tempo e dinheiro, além de contar com um serviço mais ágil e seguro do que se quisesse fazer tudo isso sozinho.

Os gateways de pagamento cobram taxas, é claro. Mas esse investimento é mais do que compensado pelas facilidades que trazem para o negócio.

Entendeu como funciona um gateway de pagamento?

O que é um gateway de pagamento quanto aos seus objetivos?

Veja tudo que um gateway de pagamentos deve oferecer para que você possa trabalhar com tranquilidade:

  • Garantir a transparência nas transações de cobrança
  • Disponibilizar um checkout fácil de usar e com poucos cliques
  • Agilizar o desenvolvimento das operações
  • Fazer a conexão da loja virtual com operadoras de banco
  • Controlar as informações de pagamento
  • Reduzir de custos
  • Zelar pela segurança das transações

Benefícios:

  • Interface com outros sistemas
  • Os meios de pagamento são simples e adaptáveis a outros processos de cobrança
  • Recursos diferenciados e facilidades administrativas

Existem os sistemas simples de gateway de pagamento, que realizam apenas a interface entre dois sistemas: o da loja e das instituições financeiras.

Mas existem também recursos avançados, como:

  • Compra simplificada com um único passo ou clique
  • Cobrança e conciliação financeira
  • Facilidades nos pagamentos e operações para aumentar a conversão
  • Compra com 2 cartões
  • Estornos de pagamento
  • Duplicação de componentes para a estabilidade do sistema TI

Checkout transparente

Permite que o gateway seja feito no próprio site de vendas, com configurações simples, com menos desistências e, em alguns casos, bastando apenas 1 clique.

Diversidade de Bandeiras

O gateway de pagamento aceita diversas bandeiras de cartão. Ele desburocratiza a necessidade de muitos contratos com diversas instituições financeiras.

Blindagem das informações

  • Os servidores são protegidos contra invasores e os dados são criptografados
  • São detectadas fraudes nas transações
  • O empreendedor de e-commerce não precisa adquirir servidores para proteger os dados dos clientes
  • Nesse caso, o fornecedor de gateway é responsável contratualmente pela segurança desses dados

Assistência

As empresas de gateway possuem conhecimentos necessários para lidar com os problemas com consumidores e as possíveis crises com as transações do e-commerce em geral.

Saiba mais: Melhores gateways de pagamento para oferecer ao seu cliente

Confira este infográfico criado pela Pluga que mostra como funcionam alguns gateways de pagamento em relação às funcionalidades que oferecem:

O que é um gateway de pagamento

A importância do gateway de pagamentos para o e-commerce

Ele é fundamental para o e-commerce porque permite transações diretas entre a empresa e o consumidor.

Sem ele, os processos seriam tão lentos e burocráticos que as vendas seriam inexpressivas, nem compensando para o lojista.

Facilita parcerias e na logística dos processos junto a transportadoras e financeiras.

Da confirmação da compra, até prazos de entregas e fretes são feitos por gateway, etapas indispensáveis para qualquer loja virtual.

Confira: Loja virtual: melhores meios de pagamento para e-commerce

Taxas

O que é um gateway de pagamento se não um intermediador de transações?

Logicamente, ele cobra uma taxa por esse serviço.

Os pacotes variam bastante e podem existir taxas de ativação, que também são cobradas, dependendo do que é previsto pelo gateway usado.

Existem taxas sobre o valor das vendas e também pelo trabalho de transferir o dinheiro da conta do empresário na carteira de pagamento para suas contas correntes, dependendo da modalidade de gateway e da abrangência de seus serviços.

Para as vendas dos cartões e o depósito realizado na conta do lojista o serviço também é cobrado.

Na verdade, os preços e taxas variam muito entre os gateways de pagamento, em função das funcionalidades que oferecem.

Então, para ajudar você a fazer algumas comparações, recorremos mais uma vez a um infográfico bastante completo, criado pela Pluga:

O que é um gateway de pagamento

Data: 8/17

9 perguntas para escolher seu gateway de pagamento

Como você viu, a variedade de meios de pagamento é muito grande. Por isso, selecionamos um checklist de 7 perguntas que você deve responder antes de fazer a escolha do melhor gateway de pagamento parta seu negócio.

1- Quais os tipos de checkout disponíveis?

O checkout é o momento da compra em que o cliente preenche seus dados e fecha seu pedido, com o carrinho já cheio das mercadorias que escolheu.

Acontece que dependendo do layout do checkout, a conversão de vendas pode ser maior ou menor. Veja os 3 tipos mais comuns:

  • Checkout no site do gateway de pagamento: nesse caso, ao clivar em pagar, o cliente é transferido para outro site. Muitas vezes, acham estranho e desistem da compra, abandonado o carrinho.
  • Checkout tipo pop-up: neste caso, abre-se um pop-up dentro do site do e-commerce, causando menos atrito para o comprador. Em alguns gateways, é possível personalizar o layout desse pop-up.
  • Gateway transparente: o mais efetivo. O usuário nem percebe que o pagamento está sendo feito pelo gateway, tudo acontece no site do e-commerce. Porém, é preciso ter uma boa equipe de TI para ajudar nas integrações dos sistemas.

2- Oferece link de pagamento?

Links de pagamento podem ser colocados em blogs e mídias sociais e até enviados por e-mail. Assim, mesmo quem não tem uma loja na internet pode trabalhar com vendas online. E quem tem, pode ampliar seus canais de venda.

3- Existe uma boa variedade de formas de pagamento?

Os cartões de crédito e débito são as formas de pagamento preferidas de muitos. Mas é importante contar com outras. O boleto bancário, por exemplo, é muito usado por quem não tem conta bancária ou mesmo cartões de crédito.

Vejas as opções de pagamento mais comuns:

  • Cartão de crédito
  • Cartão de débito
  • Boleto bancária
  • Transferência bancária
  • Carteira virtual (como no PayPal)

4- Faz antecipação de recebíveis?

É muito comum que os comerciantes tenham que antecipar o recebimento de alguns pagamentos em cartão de crédito para gerenciar melhor seu fluxo de caixa. Verifique se esta opção existe e quanto é cobrado de taxa.

5- Conta com gestão de pagamentos recorrentes?

Algumas empresas trabalham com pagamentos recorrentes, isto é, que acontecem regularmente, como mensalidades e assinaturas.

É o caso de academias, cursos de idiomas, revistas por assinatura e empresas SaaS.

Um bom gateway de pagamento deve ter funcionalidades que permitam definir planos desse tipo e gerenciar seus recebimentos.

6- Tem parcelamento de compras no cartão de crédito?

Essa é uma funcionalidade importante. Alguns gateways de pagamento permitem definir diversas opções de quantidades de pagamento, taxa de juros, quem vai pagar a taxa (lojista ou cliente) e até se será cobrado juros somente a partir de determinado número de parcelas.

7- Fornece as “máquininhas” de cartão de crédito?

Nem todos os gateways contam com esse tipo de equipamento. E os que contam, tem diversos tipos. Se você tem uma loja física ou mesmo vende na rua, como em um food truck, analise as diversas opções de máquinas e leitores de cartões disponíveis.

Estas são as 7 perguntas principais que você deve fazer antes de escolher seu gateway de pagamento. confira um resumo de nosso checklist neste infográfico:

O que é um gateway de pagamento

Alguns gateways de pagamento

Falamos sobre como funcionam gateways de pagamento e outros tipos de facilitadores de pagamento. Passamos também algumas dicas de como escolher um para sua empresa.

Mas achamos importante apresentar uma lista de alguns dos mais usados, para facilitar seu processo de procura pela solução mais adequada para seu negócio.

  • Vindi é uma solução bastante completa, que já conta com mais de 200 mil usuários.
  • PagSeguro é o gateway de pagamentos do grupo Uol. É um dos mais usados do Brasil.
  • Pagar.me é especializado em vendas online, procura simplificar a vida dos empresários ao máximo.
  • Mundipagg já detém 40% do e-commerce brasileiro. Seu foco é conectar negócios com diversas soluções digitais de pagamento.
  • iugu é uma solução bastante completa que pode ser bastante útil para quem opera um marketplace.
  • Mercado Pago é a solução de pagamento do Mercado Livre. Conta com apps, carteira virtual e até empréstimo.
  • Wirecard é o novo nome do Moip, um gateway de pagamento bastante completo e tão bom que a empresa alemã Wirecard achou que valia a pena pagar 165 milhões de reais por ele…
  • Braspag do grupo Cielo, oferece conciliação, anti-fraude, pagamento móvel e checkout.
  • e.Rede do grupo Redecard não tem taxa de adesão, só paga pelo que vender.
  • Getnet do grupo Santander oferece soluções para múltiplos meios de captura, físico e digital
  • Stone Pagamentos – Elavon desenvolve esse tipo de tecnologia há mais de 20 anos para médias e grandes empresas.

Ficou claro para você o que é um gateway de pagamento e como funciona?

Quer saber ainda mais? Então, confira este vídeo bastante didático produzido pela Vindi:

Mas e quando suas vendas estiverem cada vez maiores? como emitir todas as notas fiscais referentes a esses pagamentos?

Use um sistema de gerenciamento de notas fiscais como o NFe.io pode ser a solução para seus problemas.

Ele faz o cálculo e emissão automática das notas em diversas cidades e você usa uma única interface para isso, que ainda registar todas as transações consolidadas em um painel de controle.

Com o NFe.io, além de diversas consultas automatizadas a dados de empresas, você tem desconto no certificado digital.

Saiba mais: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.