Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Meios de pagamento: cobrança recorrente no boleto funciona?

Entenda como funciona e o que é cobrança recorrente no boleto. Como usar o meio de pagamento em loja virtual e loja física.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

O boleto bancário é o segundo meio de pagamento mais utilizado no Brasil, perdendo apenas para cartões de crédito e débito.

Sua popularidade deve-se ao modo simples e sem burocracias na hora da emissão, além de isentar o cliente de expor seus dados bancários em transações.

A frequência do seu uso por faculdades, cursinhos, academias e outras empresas revela que o título bancário é uma boa saída para empreendedores com lojas físicas e lojas virtuais.

Além disso, se o assunto for cobrança recorrente em boleto, o empresário pode economizar em tempo, dinheiro e otimizar sua rotina administrativa.

Mas o que é exatamente cobrança recorrente em boleto bancário?

E por que cada vez mais empresas recorrem a esse tipo de cobrança em suas transações comerciais, tanto no e-commerce quanto fora dele?

Veja também: Saiba o que é pagamento recorrente e veja formas de cobrar

Como é feita a cobrança recorrente em boleto?

Cobrança recorrente em boleto é uma forma de o empresário receber pagamentos que precisam ser feitos periodicamente.

Esta, inclusive, é a principal característica da cobrança recorrente (feita para compras em série ou recorrente, como clubes de assinaturas e SaaS).

Academias, faculdades, clubes de assinatura em geral usam cobrança recorrente para requerer pagamento de seus produtos ou serviços consumidos e pagos regularmente.

No caso do boleto bancário ser utilizado como forma de pagamento em cobranças recorrentes, essa cobrança é feita da seguinte forma.

  1. O cliente efetua assina um serviço por determinado período em seu site, por telefone ou loja física;
  2. Assim que a compra vencer, quando a empresa usa o boleto bancário para fazer a cobrança recorrente, ela deve enviar um boleto para o email ou residência do cliente;
  3. O cliente efetuará o pagamento até a data de vencimento.

Ou seja, o cliente fica totalmente responsável pelo pagamento da compra ou serviço e deve levar o boleto até uma agência ou usar o bankline para pagar.

O processo é bem diferente da cobrança recorrente feita através do uso de cartão de crédito ou débito, quando o cliente é automaticamente cobrado pelo seu banco.

Na cobrança recorrente em boleto bancário, uma boa alternativa é enviar por e-mail.

Nessa mensagem há um link para gerar o boleto, normalmente disponível para impressão em PDF.

Veja mais: Cobrança recorrente PagSeguro: agilize seu recebimentos mensais

5 benefícios de usar cobrança recorrente por boleto bancário

A cobrança recorrente em boleto bancário é feita por empresas especializadas, através de um software de gestão de finanças.

Além de emitir boletos, estes serviços oferecem recursos para facilitar a rotina administrativa e financeira do empreendedor.

Confira os benefícios deste tipo de meio de pagamento.

1- Economia

Emitir um boleto bancário é mais barato que integrar bancos para fazer cobranças automáticas no cartão de crédito.

Sim, os bancos, como sempre, cobram uma taxa por cada boleto emitido, mas é mais barato, na maioria dos casos, do que o percentual pago ao cartão de crédito.

O empresário ainda consegue despachar os boletos por e-mail, poupando tempo, mão de obra na empresa e custos de postagem.

2- Cálculo de juros

Boletos em atrasos têm juros e multas calculados automaticamente, evitando assim que o empresário peça para emitir outro boleto e livre-se dos encargos dessa segunda emissão.

3- Gestão automática

Ao enviar boletos de cobrança, a empresa tem suporte para controle de boletos enviados, pagos e de boletos atrasados, ficando a par dos clientes inadimplentes.

Veja mais: Como protestar um boleto para recuperar receitas de inadimplentes?  

4- Tudo automático

O envio do boleto bancário na cobrança recorrente pode ser manual, deixando o empresário emitir o documento mês a mês; ou automático, utilizando ferramentas para automatização do envio.

Neste caso, basta que o empreendedor decida a quantidade de meses para cobrança, o valor a ser cobrado e a data de cobrança.

Sistemas de cobrança recorrente tornam a emissão independente e automatizada, sem a intervenção do empresário.

Confira: Porque usar software para emissão de NFe em pagamentos recorrentes

Com o NFe.io você faz o gerenciamento de sua notas fiscais por meio de um painel de controle.

Além disso, a emissão das notas e o cálculo dos impostos é feito automaticamente, você conta com serviço de consulta a dados de empresas e também pode se beneficiar de desconto no certificado digital.

Saiba mais: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.