NFE.io
NFE.io

Sistema ERP: vantagens e desvantagens

Vantagens e desvantagens do ERP analisadas caso a caso, veja o que é como implantar este sistema de gestão estratégica em seu negócio.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Para quem quer saber quais são as vantagens e desvantagens do ERP, o primeiro passo é, evidentemente, definir claramente o que significa ERP.

ERP, do Inglês, Enterprise Resource Planning, poderia ser traduzido como Planejamento dos Recursos da Empresa.

Mas o que quer se dizer com isso, afinal? Na verdade, o ERP é um sistema de aplicação bastante ampla, integrado a diversos outros softwares da empresa ou dividido em módulos próprios com o objetivo de coletar os dados da organização como um todo e, com base neles, controlar sua gestão.

Os módulos mais comuns a integrarem uma plataforma ERP são:

  • Compras
  • RH
  • Finança
  • Marketing
  • Produção
  • Vendas

Entre outros.

O propósito principal do ERP é a redução de custos nas empresas e a busca da eficiência administrativa, integrando as informações e promovendo uma visão integrada da empresa, evitando que cada área atue como se fosse uma unidade de negócios independente do resto.

Neste post, vamos analisar as vantagens e desvantagens do ERP quando adotado pelas empresas.

Saiba mais: Um ERP SaaS pode ajudar sua empresa? Como funciona isso?

Vantagens e desvantagens do ERP

A grande vantagem do sistema ERP é sua capacidade de integração das informações do negócio de forma ampla e abrangente, evitando a dupla entrada de dados e disponibilizando informações de uma área da empresa para todas as outras, de forma ágil e em tempo real.

E, por ironia, este é exatamente o calcanhar de Aquiles deste sistema, que pode ser considerada uma desvantagem do ERP: seu gigantismo, que pode tornar a empresa burocrática e trazer altos custos de diferentes tipos.

Vamos analisar essas vantagens e desvantagens do ERP mais a fundo.

Veja também: Como funcionam as ferramentas de BPM?

As vantagens do ERP:

Como dissemos, o poder de se enxergar a empresa como um todo é uma das grandes vantagens do ERP, mas vamos entender melhor o que ele tem a oferecer a uma organização que busca a excelência operacional:

  • Auxilia na implantação das melhores práticas na empresa
  • É flexível e pode se adaptar às mudanças da empresa, desde que corretamente customizado
  • Permite a coleta de dados de forma automatizada
  • É possível ter acesso aos dados e informações em tempo real
  • Estrutura modular, o que permite uma implantação gradual em algumas áreas de cada vez
  • Padronização dos sistemas de informação
  • Os controles operacionais são melhorados
  • Transparência e confiabilidade da informação
  • As diversas áreas da empresa se tornam mais integradas, quebrando nichos
  • Informações integradas, gerando “uma única fonte da verdade”
  • Facilita enormemente a tomada de decisões estratégicas e táticas

Realmente um sistema ERP apresenta uma série de vantagens, mas, como em toda decisão empresarial, é preciso olhar o outro lado da moeda: quais são suas desvantagens.

Confira também: Hora de automatizar tarefas repetitivas e ganhar na produção

Desvantagens do ERP:

Mais complexo que um mero aplicativo ou app, um sistema ERP pode ser muito útil para os negócios de uma empresa, no entanto, demanda uma série de investimentos e providências:

  • A migração dos dados de diversos sistemas descentralizados e sem um padrão comum pode ser demorada e custosa
  • É preciso, muitas vezes, investir em hardwares, caso não se opte por um ERP SaaS, isto é: baseado na nuvem e oferecido como um serviço por assinatura
  • Sua manutenção é de custo elevado e exige equipes próprias para isso, incluindo atendimento de chamadas via help desk
  • A Implantação de um sistema completo é lenta e trabalhosa
  • Há a necessidade de contratar consultores especializados para auxiliar a implantação de um sistema ERP
  • O treinamento das equipes que vão lidar diretamente com a plataforma ERP é fundamental, gerando custos adicionais
  • Por estar totalmente integrado, um erro na entrada de dados de um setor pode afetar a empresa como um todo
  • Um sistema ERP pode gerar uma certa burocratização na empresa, caso sua utilização se torne exageradamente focada na coleta de dados e sua entrada no sistema, tomando um tempo precioso dos colaboradores
  • O custo de mudança é alto e a escolha errada do fornecedor ou dos módulos a serem implantados pode sair muito caro para uma empresa.

Diante deste comparativo de vantagens e desvantagens do ERP, fica fácil notar que grandes corporações estão mais aptas a absorver esta estrutura.

Além disso, pequenas e médias empresas, muitas vezes, não necessitam de uma integração de áreas tão urgente, sendo mais indicado, se for uma questão de escolha, optar por um sistema CRM.

Veja mais: Sugestões de melhorias para uma empresa que cresceu

Ter uma empresa toda integrada via ERP, mas emitir suas notas fiscais de forma manual, não faz o menor sentido.

Com o gerenciador de notas fiscais NFe.io sua empresa ganha muito mais agilidade e produtividade, pois além desse processo ser automatizado, o cálculo dos impostos é feito automaticamente e existe grande facilidade de integrar este sistema com outros de sua empresa, via API, entre diversas outras vantagens.

Confira: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

 

 

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comentários 6