Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Como fazer um plano financeiro para academia em 5 passos

Confira um passo a passo de como fazer um plano financeiro para academia e saiba de que maneira isso pode ajudar os negócios.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

O planejamento financeiro é fundamental para qualquer negócio, independente do tamanho ou do tipo de atividade. Sem um bom planejamento, a viabilidade do negócio fica comprometida.

Neste artigo você vai conferir 5 passos de como fazer um plano financeiro para academia e estar bem preparado para tomar decisões mais assertivas e evitar surpresas desagradáveis.

Veja também: Como administrar uma academia: organização, finanças e satisfação dos clientes

Passo a passo de como fazer um plano financeiro para academia

Passo 1 – Diagnóstico da atual situação financeira

O primeiro passo para planejar as finanças da sua academia é fazer um diagnóstico da atual situação financeira do seu negócio. Para essa etapa, é preciso levar em consideração fatores como:

  • Valores em caixa
  • Dívidas
  • Faturamento médio
  • Custos fixos e variáveis
  • Balanço patrimonial

Enfim, procure levantar todas as informações mais relevantes para que se possa compreender melhor a atual situação econômica da academia.

Passo 2 – Identifique os investimentos necessários

Agora que você está a par da situação econômica da sua academia, fica mais fácil identificar quais investimentos são necessários fazer para que se possa oferecer um serviço melhor para os alunos. Por exemplo: instalação, reformas de infraestrutura, equipamentos novos, mobiliário, computadores, softwares de automação, novos funcionários, etc.

Após identificar em quê você quer investir, coloque no papel quanto tudo isso vai custar. Se você tiver o dinheiro necessário em caixa, ótimo; caso contrário, você precisará recorrer a um financiamento.

Passo 3 – Defina o valor e as fontes de financiamento

O terceiro passo do plano financeiro para academia é a definição do valor que precisará ser financiado para custear os investimentos necessários e as atividades da empresa. Além disso é preciso saber a fonte desse financiamento e quais as condições oferecidas pelo credor, como juros e parcelamento.

Passo 4 – Faça uma projeção de despesas e receitas

Com base em períodos anteriores, procure fazer uma projeção de todas as despesas e receitas da sua academia. Essa etapa é importante porque, se você não tiver uma noção mínima de quanto vai gastar e de quanto vai receber, suas contas podem acabar virando uma bola de neve, o que poderia inviabilizar o seu negócio.

Portanto, em uma tabela, faça uma lista de todas as despesas e de todas as receitas da academia, colocando em colunas os devidos valores previstos para médio e longo prazo

É necessário que você calcule com bastante atenção todos os custos do negócio e quanto você conseguirá faturar para cobrir esses custos. Cuidado para não ser muito otimista na hora de fazer as projeções. Mantenha os pés no chão e se baseie em dados concretos.

Veja também: Como conquistar mais alunos vendendo mais planos de academia

Passo 5 – Análise de indicadores

O planejamento financeiro da sua academia deve contar também com indicadores para que você possa acompanhar o desenvolvimento do seu negócio. De acordo com o resultado de cada indicador, você poderá fazer ajustes na forma de conduzir as suas finanças. Vejamos alguns exemplos:

– Retorno sobre Investimento (ROI)

O retorno sobre investimento, ou ROI, é um indicador financeiro que calcula se determinado investimento foi vantajoso ou não. Trata-se da relação entre o montante investido e o montante recebido a partir daquele investimento. Ao calcular o ROI, é possível descobrir quais investimentos trazem mais benefícios para a academia e otimizar aqueles que já se encontram em andamento.

– Nível de endividamento

O nível de endividamento trata da quantidade de recursos externos aos quais a academia precisa recorrer para manter o negócio funcionando. Se esse indicador estiver baixo, significa que a empresa está conseguindo “andar com as próprias pernas”; ou seja, o faturamento está sendo suficiente para bancar os custos.

– Payback

O payback trata do tempo que a empresa leva para recuperar o investimento inicial feito para erguer o negócio. Ter esse indicador no plano financeiro para academia dará ao empresário uma noção de quanto tempo será necessário para recuperar a aplicação inicial e, a partir disso, traçar estratégias para conseguir obter esse retorno dentro do prazo estimado.

Esse foi o nosso passo a passo de como fazer um plano financeiro para academia. Bora colocá-lo em prática? Lembre-se: o planejamento e o acompanhamento sistemático das finanças são fundamentais para a sustentabilidade do seu negócio.

Leia mais: Pagamento recorrente para academia: a solução para agilizar processos e ser mais produtivo

Use gerenciador de notas fiscais para organizar seus recebimentos

Um software para gestão de notas fiscais como o NFe.io faz o cálculo dos impostos, emite a as notas fiscais, gera os arquivos XML e HTML e envia por e-mail para seus clientes.

Além disso, é possível emitir notas fiscais de diferentes CNPJs para diferentes prefeituras sem sair da plataforma, o que te dá muito mais agilidade.

Confira: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 2