NFE.io
NFE.io

Saiba como funcionam os pagamentos recorrentes Paypal

Saiba quais são os tipos de pagamentos recorrentes Paypal e veja como podem ajudar sua empresa a fazer cobrança por assinaturas.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Pagamentos recorrentes PayPal são formas de sistematizar e facilitar cobranças  que acontecem com regularidade, ou seja, aquelas com vida longa. Como exemplo,  uma assinatura de serviço com plano mensal, semestral ou anual, de uma revista, escola ou software SaaS (comercializado com um serviço pela internet).

Vamos a uma suposição bem prática: um pet shop e-commerce quer fazer um pacote semestral oferecendo rações mais banho e tosa por R$ 600. A empresa pode oferecer ao cliente um botão de pagamento para que ele escolha pagar a assinatura em 6 vezes de R$ 100.

Nesse tipo de pagamento recorrente PayPal, há duas formas de se fazer esses processos:

  • Através da Assinatura do Website Payments Standard
  • Pelo PayPal Express Checkout.

Vamos ensinar logo abaixo como pagamentos recorrentes PayPal funcionam e como podem melhorar a usabilidade e a experiência do usuário para aumentar as chances de venda de um site.

Veja também: Cobrança recorrente PagSeguro: agilize seu recebimentos mensais

Pagamentos recorrentes Paypal usando Assinatura

A Assinatura é a forma mais simples de se criar um pagamento recorrente PayPal. O empreendedor vai usar o botão “Assinatura” do Website Payments Standard para permitir os pagamentos que acontecem com regularidade.

Neste modelo, o empreendedor precisa criar o chamado “perfil” para cada produto e assim poder comercializar itens pelo site contando com o botão “Assinatura” na página correspondente a esse produto ou serviço.

Para criar um perfil de assinatura, é necessário usar o API de pagamentos recorrentes, uma linguagem de programação que vai possibilitar o gerenciamento desse perfil com mais liberdade, permitindo a mudança de quantos dados forem necessários sobre uma cobrança. Além disso, ficam disponíveis os seguintes recursos:

  • Obter informações sobre um perfil de pagamento recorrente;
  • Mudar o status de um perfil de pagamento recorrente;
  • Atualizar informações sobre um perfil de pagamento recorrente;
  • Fazer cobranças de um perfil de pagamento recorrente;
  • Cancelar um perfil de pagamento recorrente.

Ao criar o perfil, é necessário que o empreendedor fornece os seguintes dados:

  • Informar a recorrência do pagamento;
  • Período do pagamento;
  • Período regular;
  • Valores (preços do produto ou serviço);
  • Taxas (como frete, se houver).

Pagamento recorrente PayPal Express Checkout

Diferente da Assinatura simples, Standard, essa modalidade permite mesclar entre pagamentos recorrentes PayPal com não-recorrentes, aqueles que não são regulares. Com o PayPal Express Checkout, o cliente é redirecionado para a aplicação e esta cria o perfil do cliente.

Esse processo se parece mais com uma compra pela internet, em que o comprador se envolve mais na página. A empresa, por sua vez, consegue estabelecer formas de cobranças mais complexas.

Ainda achou complicado? Veja o passo a passo de como funciona o pagamento recorrente PayPal pelo Express Checkout:

  1. O cliente opta por pagar com PayPal;
  2. Depois, a aplicação usa a operação chamada de setExpressCheckout para configurar o Express Checkout;
  3. O PayPal retorna um TOKEN para o cliente que é utilizado para redirecioná-lo para o ambiente seguro do PayPal;
  4. O cliente faz login ou cria uma conta no PayPal;
  5. O cliente autoriza o pagamento;
  6. E depois o comprador é redirecionado para a aplicação;
  7. A aplicação usa a operação “Get Express Checkout” para obter os dados da transação e do cliente (este último é opcional).
  8. A aplicação utiliza a operação chamada de “Do Express Checkout” se o cliente tiver feito um pagamento inicial, ou for o caso de haver mesclagem de pagamentos, do tipo recorrente e não-recorrente na transação. Se não for este o caso, o aplicativo pula esta etapa;
  9. A aplicação depois usa outra operação, chamada “Create Recurring Payment Profile” para criar o perfil de pagamento recorrente de forma automática.
  10. Por fim, a aplicação avisa ao comprador que a operação foi bem sucedida ou se falhou, como acontece nos cartões de crédito após uma compra online.

Esse passo a passo acontece “por dentro” do aplicativo. O usuário não fica sabendo dessas etapas. Durante a compra, ele vai clicando nas páginas até concluir o pagamento e obter a confirmação da compra.

Como criar perfil de Pagamento Recorrente via API

Se você é craque em programação ou conhece alguém que pode colocar um dos tipos de pagamento recorrente no seu blog ou site e-commerce, segue abaixo o passo a passo de como criar um perfil de pagamento recorrente para Assinatura simples: Standard.

A API para criação de perfis de pagamentos recorrentes PayPal serve para definir perfis, como  já mostramos. Abaixo, veja como fazer isso preenchendo os campos de programação. Antes, entenda o que significa cada termo da programação.

  • PROFILESTARTDATE – Especifica a data do início do perfil;
  • BILLINGPERIOD – Indica a periodicidade do perfil;
  • Day – Trata-se de um perfil de pagamento diário;
    Week – Este é referente ao perfil de pagamento semanal;
  • Month – Dedicado ao perfil de pagamento mensal.
  • Year – Para perfil de pagamento anual;
  • BILLINGFREQUENCY – Deixa claro o número de períodos que formam 1 ciclo de pagamento. Ou seja, para um ciclo de pagamento a cada 3 meses, teremos um BILLINGPERIOD definido como Month (mês) e BILLINGFREQUENCY definido como 3;
    AMT – Indica o preço de cada ciclo de pagamento.
  • TOTALBILLINGCYCLES –  definie o número completo de ciclos cobradas durante um período. Por exemplo, para o plano de assinatura referente a 12 meses, com pagamento mensal a R$ 10, o TOTALBILLINGCYCLEST será de 12, ou seja, 1 ano de pagamentos mensais.

Exemplo de perfil recorrente no PayPal

Para ilustrar o exemplo, temos a seguinte situação: um cliente comprou assinatura anual de um petshop, que lhe deu direito a 10 sacos de ração durante 1 ano. O valor é de 100,00 a cada 3 meses, tendo o ciclo de pagamento, portanto, a cada 4 meses. O perfil, então, ficaria assim:

  • BILLINGPERIOD = Month
  • BILLINGFREQUENCY = 3
  • AMT = 100.00
  • TOTALBILLINGCYCLES = 4 (é o número total de ciclos. Ou seja, a cada 3 meses durante 1 ano, há 4 ciclos de pagamentos).

Perfil do período de experiência

Também é possível configurar uma cobrança por API no PayPal que considere no período de experiência, ou de teste grátis. A prática é bastante comum no mercado, já que muitos clientes preferem provar se um produto é bom antes de comprar.

Com a API de pagamentos recorrentes, é possível oferecer esse período de experiência. Basta configurar o perfil da seguinte forma:

  • TRIALBILLINGPERIOD – Periodicidade do período de experiência: Day, Week, Month, Year;
  • TRIALBILLINGFREQUENCY – É o número de períodos que formam 1 ciclo;
  • TRIALAMT – Expõe o valor que será cobrado no período de experiência;
  • TRIALTOTALBILLINGCYCLES – É o número de ciclos durante o período de teste;
  • INITAMT – Valor inicial que deverá ser cobrado;
  • FAILEDINITAMTACTION – A ação que deverá ser tomada, caso o pagamento inicial falhe. Esse campo pode receber os seguintes valores:
    • ContinueOnFailure – Caso o pagamento falhe, o perfil de pagamento recorrente será criado e o valor inicial será colocado no montante a pagar do perfil.
    • CancelOnFailure – Caso o pagamento inicial falhe, o perfil de pagamento recorrente não será criado.
  • MAXFAILEDPAYMENTS – Número máximo de pagamentos que “podem falhar”, antes do perfil ser cancelado automaticamente.
  • AUTOBILLAMT – Cobrança automática do próximo ciclo.

Pagamentos recorrentes PayPal ajudam empreendedores a aumentar suas vendas e a fidelizar clientes com planos de cobrança regulares. É um dos métodos mais eficientes para gerar valor aos compradores.

Caso opte por uma ou ambas as formas de pagamento, consulte um profissional para implementar essas funcionalidades em seu site ou blog.

Confira em nosso blog: Porque usar software para emissão de NFe em pagamentos recorrentes

Com um sistema de gerenciamento de notas fiscais como o NFe.io você conta com diversas facilidades, como cálculo automático dos valores a serem pagos, criação dos arquivos XML e HTML, um painel de controle com vário dados de sua operação comercial para saber sempre o que está acontecendo em sua empresa e, além de várias outras facilidades, tem até desconto na hora de emitir o certificado digital.

Saiba mais sobre o NFe.io: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comentários 0
Não há nenhum comentário