Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Veja a melhor forma para implementar pagamento por cartão de crédito em seu site

Gateway próprio? Como escolher o intermediador? Como fazer a integração com Lojas? Veja tudo para implementar cartão de pagamento e site.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Pequenos e-commerces e grandes empresas de vendas on-line precisam estar sempre atualizados para saber como aprimorar a experiência de compra de seus clientes.

E como no Brasil o meio de pagamento digital mais utilizado é o cartão de crédito (78,5% da população, de acordo com a pesquisa Total Retail 2016, da PwC), saber como implementar o pagamento por cartão de crédito torna-se imprescindível.

Afinal, o consumidor quer saber: a loja aceita meu cartão? O pagamento é seguro? Posso parcelar?

Se você tem um site de vendas, todos esses questionamentos podem ser facilmente esclarecidos aos seus potenciais clientes. Basta, primeiro, que a empresa entenda as opções disponíveis e faça a melhor escolha na hora de implementar pagamento com cartão de crédito no site.

Veja mais: Como gerenciar um E-commerce: 7 pontos fundamentais para obter o sucesso de sua loja virtual.

Como implementar pagamento com cartão de crédito em seu site

Confira nossas dicas e solucione todas as suas dúvidas de como implementar cartão de crédito em sites.

Facilitadores X Gateway próprio

Há duas principais maneiras para implementar pagamento por cartão de crédito em sites. Uma delas é o gateway de pagamento próprio, que exige mais tempo, investimento e um desenvolvedor para fazer a configuração e ligar o sistema da loja às operadoras de cartão, ou então usar as plataformas já existentes e conhecidas do mercado.

Essa segunda alternativa é o que chamamos de facilitadores de pagamento ou intermediadores. Como o próprio nome diz, eles facilitam a vida do empreendedor. Isso porque ele consegue centralizar as transações de compra de seus clientes em uma única plataforma, conectando automaticamente o e-commerce com os bancos sem precisar de integrações complexas e trabalhos com desenvolvedores.

Uma das grandes vantagens dos facilitadores é a confiabilidade que passa ao seu consumidor. PayPal e PagSeguro são dois exemplos de intermediadores extremamente conhecidos na atualidade, e onde milhares de clientes já possuem cadastro.

Saiba mais:

Atuando como uma espécie de carteira virtual, esses intermediadores são responsáveis por facilitar todo o caminho do dinheiro do comprador até o vendedor.

Alguns outros benefícios incluem:

Como escolher o melhor intermediador?

Ao optar pelos facilitadores para intermediar o pagamento de seu cliente com os produtos que ele escolhe em sua loja, é importante também se perguntar algumas questões.

Esses questionamentos te ajudarão na hora de escolher o melhor parceiro para implementar pagamento com cartão de crédito em seu site.

Dependendo do perfil do seu público-alvo, as formas de pagamento que ele prefere, o faturamento alcançado, uma ou outra opção pode sair na vantagem para o seu negócio.

O PagSeguro, por exemplo, aceita mais de 30 meios de pagamento e oferece parcelamento em até 12 vezes para o cliente, embora a loja receba todo o valor de uma vez. Também é possível fazer com que o cliente não seja redirecionado para outra página na hora de realizar o pagamento.

Há tanto essa alternativa, chamada de “checkout transparente”, quanto aquela que manda o cliente para o PagSeguro e depois o redireciona automaticamente de volta para a loja, mas ainda assim com opções de personalização de cores e logotipo da loja (checkout padrão).

Ou então há o “checkout lightbox”, que é quando o cliente vê uma janela sob a página da sua loja, mas não precisa sair do site.

O PayPal também permite o parcelamento em até 12 vezes, e tem o diferencial de oferecer, para a empresa, o pagamento em até 24 horas mesmo quando o cliente comprar no cartão de crédito.

Ainda existem outras opções, como o Mercado Pago, Pagar.me e o MOIP. Todos eles cobram uma taxa de comissão por venda, que pode variar entre 2% a 8% do valor total. Por outro lado, esses intermediadores não costumam cobrar mensalidades, o que significa que você não terá custo quando não vender.

OBS.: Esses dados e custos para implementar pagamento por cartão de crédito em seu site foram pesquisado em agosto de 2018.

O melhor? É aquele que tiver um histórico bom, com taxas mais baixas, um bom prazo médio de aprovação de vendas e plataformas fáceis de usar.

Loja e facilitadores: como funciona a integração?

A integração com intermediadores como PayPal e PagSeguro acontece de maneira simples. É preciso fazer um cadastro de empresa, com o objetivo de vender, e configurar a conta de acordo com as especificidades do seu negócio.

Nessa primeira etapa de configuração, é possível criar os botões de pagamento, incluir carrinhos de compra e escolher os meios de pagamento, como quais cartões de crédito quer aceitar.

O passo a passo dessa operação pode ser acessado no próprio site dos facilitadores, em tutoriais próprios para cada plataforma (VirtueMart, Facebook, Wix, WordPress, etc.). Em alguns casos, será preciso preencher um cadastro e aguardar o contato da empresa para receber o suporte sobre como implementar o pagamento por cartão de crédito ou outros que preferir.

E se você ainda não tem um site, as plataformas de e-commerce prontas, como a Loja Integrada, Woocommerce, Magento e Shopfy, podem te ajudar.

Elas permitem a criação de lojas virtuais e o gerenciamento completo por meio de módulos pré-definidos, que também podem ser integrados com os gateways de pagamento.

O importante é continuar em busca das melhores soluções para  implementar pagamento com cartão de crédito em seu site que sejam ideais para sua empresa e os seus clientes. Se possível, com custos menores e experiências de uso constantemente melhores!

Confira também: Como receber pagamentos online e vender mais pela internet

Sistema de emissão e gerenciamento de notas fiscais

Ao implementar o pagamento via cartão de crédito em seu site, uma coisa é certa: a emissão de notas fiscais aumentará significativamente.

Por isso, é muito importante agilizar e tornar esse processo mais produtivo, com o uso de um gerenciador de notas fiscais, como o NFe.io.

Além da emissão e do cálculo automático dos impostos, ele oferece:

E não para por aí, quem usa o NFe.io tem desconto no certificado digital!

Quer saber mais detalhes? Acesse: Quero Conhecer o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 1