Como vender curso online: 9 dicas para monetizar seus conhecimentos sem precisar sair de casa

Tempo de leitura: 6 minutos

Será que vender curso online dá dinheiro? Quanto cobrar por curso online?

O mercado de infoprodutos tem crescido de forma significativa nos últimos anos. Especialmente em 2020, aumentaram as buscas por cursos online no Brasil.

Com as pessoas passando mais tempo em casa em decorrência da pandemia de Covid-19, muitas delas optaram por aprimorar seus conhecimentos buscando fazer cursos rápidos e à distância.

Quer crescer o faturamento do seu curso?

Veja os 4 Conhecimentos que você precisa ter para transformar sua escola em um negócio online de alta gestão

Prepare-se para crescer
Te ajudamos a crescer e otimizar o seu negócio!
Preciso desse conhecimento

Por outro lado, pessoas que perderam seus empregos na crise econômica causada pelo coronavírus encontraram nas plataformas de cursos online uma oportunidade para vender seus conhecimentos e obter uma fonte de renda.

Se você deseja começar a vender cursos pela internet mas ainda não sabe como, fica tranquilo, pois você clicou no artigo certo.

Nas próximas linhas deste conteúdo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre “como vender meu curso online” e conseguir um bom dinheiro sem precisar sair de casa:

Defina a qual segmento de mercado você vai se dedicar;

  1. Crie as suas buyer personas;
  2. Escolha o formato mais adequado para o seu curso;
  3. Produza o conteúdo do seu curso online;
  4. Faça uma revisão do seu conteúdo;
  5. Monte um roteiro para as aulas do seu curso;
  6. Defina qual será o modelo de venda do seu curso online;
  7. Encontre uma plataforma para hospedar o seu curso online;
  8. Faça a divulgação do seu curso online.

Leia também: Qual decreto de lei que regulamenta a EAD? Veja os principais tópicos e como se regularizar

9 dicas de como vender curso online e fazer uma boa renda com isso

Para vender cursos pela internet e fazer disso uma fonte de renda, um negócio próprio em casa, é importante que você siga algumas recomendações fundamentais. Veja a seguir quais são elas.

1 – Defina a qual segmento de mercado você vai se dedicar

A primeira dica de como vender curso online consiste em definir o segmento de mercado para o qual você pretende direcionar o seu infoproduto. Ou seja, os assuntos a serem ensinados atendem a que público-alvo?

2 – Crie as suas buyer personas

Outra dica para quem quer saber como vender meu curso online é criar as buyer personas. Tratam-se de representações semi-fictícias daquilo que seria o perfil de cliente ideal para o seu infoproduto.

Para isso criar a persona, é preciso entender quem é o seu público-alvo e definir o conjunto de características dos potenciais compradores do seu curso.

3 – Escolha o formato mais adequado para o seu curso

Para vender cursos pela internet, é importante também que você escolha qual formato é o mais adequado para disponibilizar o conteúdo do seu infoproduto.

Nota fiscal emitida em massa via excel?

Na NFE.io você conta com emissão de notas fiscais de serviço em massa via Excel. O que acha?

Emita muitas NFS-e sem burocracia!
Disponibilizamos para você a alternativa de emitir via excel, de forma simples, rápida e eficiente.
Experimente gratuitamente!

Dentre os principais formatos, podemos citar:

  • e-books;
  • audiobooks;
  • aulas em vídeo.

Lembre-se de considerar as suas personas e o formato que elas preferem consumir.

4 – Produza o conteúdo do seu curso online

Essa é a hora de botar a mão na massa e produzir o conteúdo que será disponibilizado no seu curso online.

Pense bem nos temas que serão abordados, pensando sempre em contemplar as expectativas das suas personas.

5 – Faça uma revisão do seu conteúdo

Antes de colocar o seu infoproduto para a venda, é de extrema importância que você faça uma revisão detalhada do conteúdo que você produziu.

Verifique erros de ortografia e concordância, diagramação, tradução, uso correto de imagens, veracidade das informações inseridas etc.

6 – Monte um roteiro para as aulas do seu curso

Nesta dica de como vender curso online, é importante que você monte roteiro para organizar as aulas. Na hora de comprar o seu curso, o aluno precisa ter clareza ao consultar o que ele vai aprender e a ordem em que cada conteúdo deverá ser acessado.

7 – Defina qual será o modelo de venda do seu curso online

A resposta para “como vender meu curso online” também está atrelada ao modelo de venda escolhido. Basicamente, há duas opções:

  • Assinatura: o cliente paga um valor mensal para ter acesso aos conteúdos produzidos;
  • Venda pontual: o cliente paga separadamente por cada infoproduto consumido.

8 – Encontre uma plataforma para hospedar o seu curso online

Sim, vender curso online dá dinheiro. Mas quanto cobrar por curso online? Além de considerar a sua mão de obra, o tempo que você dedicou para estudar o tema e produzir o conteúdo, é importante pensar também na plataforma que vai hospedar o seu infoproduto.

Isso porque elas costumam cobrar uma porcentagem pelo valor de cada venda. Há também a possibilidade de você criar a sua própria plataforma online, mas é algo mais trabalho e requer um investimento um pouco maior.

Veja mais: Como saber se a minha hospedagem de sites é a mais indicada para o meu negócio online

9 – Faça a divulgação do seu curso online

Encerrando nossas dicas de como vender curso online, é importante que você divulgue o seu conteúdo para fazer com que ele chegue a pessoas interessadas. Para isso, utilize as redes sociais, invista em links patrocinados, crie um blog sobre o assunto e faça uso de estratégias de SEO.

Veja também: SEO para e-commerce: o que é preciso fazer para conseguir um bom ranqueamento?

Quer mais dicas de como vender cursos pela internet? Então, assista a este vídeo da Hotmart:

Bom, o que você achou dessas 9 dicas de como vender curso online?

Siga as nossas recomendações e ganhe dinheiro com os seus infoprodutos.

Saiba mais: Tudo sobre EAD para conseguir novas oportunidades de negócios

Automatize a emissão das notas fiscais de seu curso online

Depois que seu curso online se tornar um sucesso, a emissão de notas fiscais vai tomar muito tempo de você. Evite isso automatizando a emissão de suas notas fiscais com uma ferramenta como o NFE.io e usufrua de vantagens como estas:

  • Desconto no certificado digital;
  • Gráficos e estatísticas disponíveis em um dashboard, com a evolução mensal de seu negócio e motivo de recusa de notas;
  • Cálculo automático dos impostos;
  • Os arquivos XML e PDF são gerados e enviados aos clientes por e-mail;
  • Reenvio de notas automático caso o site da prefeitura esteja fora do ar;
  • Você pode emitir notas fiscais de vários CNPJs para diferentes municípios sem sair do sistema;
  • Fácil de integrar via API com outros sistemas, como seu financeiro, por exemplo;
  • Você pode emitir notas fiscais de vários CNPJs para diferentes municípios sem sair do sistema;
  • Faz consultas automatizadas a CPF e a CNPJ
  • Guarda suas notas em local seguro na nuvem automaticamente.

Saiba mais: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io


Quer receber mais conteúdo de graça?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu comentário abaixo. O seu e-mail não será divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Está cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x