Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

O que é governança tributária: definição, benefícios e 5 dicas de como implementar

Entenda o que é governança tributária, seus principais benefícios para os negócios e 5 dicas importantes de como implementar na sua empresa.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

O Brasil encontra-se atualmente no topo da lista de países com a maior alíquota de imposto sobre o lucro das empresas em todo o mundo: 34%. Além disso, as leis tributárias são extensas e estão sempre sendo modificadas. Isso dificulta a vida de quem quer empreender no Brasil.

Afinal, sob qual regime tributário a sua empresa atua? Você está ciente de todas as atuais normas fiscais que impactam as atividades do seu negócio?

Para ficar em dia com o Fisco e evitar qualquer tipo de sanção nessa área, é importante implementar a governança tributária.

Neste artigo você vai entender um pouco mais sobre o que é governança tributária, seus principais benefícios e quais dicas seguir para colocar isso em prática.

Leia também: O que é compliance fiscal? Veja 10 benefícios de seguir esse método em sua empresa

O que é governança tributária?

O conceito sobre o que é governança tributária ainda está em desenvolvimento.

Trata-se de um conjunto de procedimentos inerentes à gestão empresarial com o objetivo de garantir o pleno controle e a atualização constante de todo e qualquer processo que envolva tributação. A intenção é mitigar inconsistências, reduzir riscos e evitar a exposição fiscal da empresa para ela não pague tributos acima do necessário nem deixe de cumprir suas obrigações legais sujeitando-se a sanções fazendárias.

Estabelecer uma estrutura efetiva de governança tributária, que esteja totalmente integrada e alinhada às diretrizes organizacionais, é fundamental para o sucesso dos negócios. Isso porque a empresa poderá identificar e responder aos novos requisitos tributários e desenvolver mecanismo de controle em suas operações.

Ao falar sobre governança tributária, a gente se refere a processos, pessoas e sistemas que precisam ser incorporados às rotinas organizacionais (permeando seus mais diferentes setores). Assim, a empresa consiga ter total controle sobre seus aspectos fiscais.

Devido a complexidade do sistema tributário brasileiro, o conceito de governança tributária tem se difundido cada vez mais. Tal prática vem desempenhando fundamental importância para a saúde financeira e para a competitividade das empresas.

Saiba mais: 7 livros sobre planejamento financeiro empresarial: obtenha mais conhecimento e controle do seu negócio

Os principais benefícios da governança tributária

  • Ampliação da margem de lucro;
  • Redução de custos com multas;
  • Aumento da produtividade;
  • Maior credibilidade no mercado;
  • Identificação dos créditos fiscais;
  • Otimização de tributos em negociações internacionais;
  • Melhor aproveitamento das oportunidades de isenção fiscal;
  • Conformidade com as normas e legislações tributárias;
  • Atualização constante.

Confira em nosso blog: Planejamento estratégico financeiro: garanta os recursos que a empresa precisa

Você sabe o que é governança corporativa? Então, confira este infográfico da Setting:

O que é governança tributaria

Dicas de como implementar uma governança tributária

Agora que você já sabe o que é governança tributária e seus principais benefícios para os negócios, é hora de conferir algumas dicas de como implementar essa prática na sua empresa.

1 – Clareza na definição de políticas

A governança tributária tem como base uma série de políticas e regras internas. Elas servem como uma bússola para os profissionais do departamento fiscal e tributário da sua empresa.

Dessa forma, é preciso que haja clareza na definição dessas políticas e dos fluxos de processos. Assim, você evita incongruências e falhas na comunicação.

2 – Auditorias internas e monitoramento constante

Os processos de governança tributária precisam ser monitorados constantemente. Por isso, faça auditorias internas periodicamente.

Dessa forma, você pode acompanhar como a empresa tem cumprido suas obrigações tributárias, bem como identificar aspectos que podem ser melhorados.

3 – Integração entre os setores

Para que a governança tributária seja efetiva, é necessário que ela faça parte do planejamento estratégico da empresa.

Nesse sentido, todas as informações relevantes de todos os setores precisam estar devidamente integradas. Assim, as decisões poderão ser tomadas levando-se em conta a organização com um todo.

4 – Tecnologia como aliada

A área de tributação requer bastante cuidado e atenção. Assim, para evitar falhas humanas e agilizar determinados processos (atualização legislativa, cálculos, prestação de contas ao governo etc.), investir em softwares de automação pode ser uma ótima ideia. A governança tributária se torna mais eficiente e produtiva com a ajuda da tecnologia.

5 – Presente X Futuro

A quinta dica de governança tributária consiste em avaliar o atual cenário fiscal da sua empresa e fazer uma projeção para o futuro desse mesmo cenário, considerando possíveis mudanças na tributação.

Isso permitirá que a sua equipe fiscal esteja preparada para transformações sistêmicas e operacionais necessárias.

Gostou de saber sobre o que é governança tributária? Lembre-se de que, para uma implementação bem sucedida, é preciso estar sempre um passo à frente das normas tributárias e garantir que os procedimentos adotados estejam em constante harmonia.

Veja mais: 10 dicas de planejamento tributário: prepare-se e não pague mais do que o necessário

Que mais dicas de governança tributária? Então, confira este vídeo da Blue ERP:

Um gerenciado de notas fiscais e tenha mais transparência e controle

Uma ferramenta de emissão de notas fiscais pode fazer muito mais que isso para sua empresa.

Além de calcular os impostos sem erros e emitir as notas, ele cria os arquivos HTML e XML e já envia para seus clientes.

E mais: com uma ferramenta como o NFe.io, você tem acesso a um painel de controle com todos os dados de suas notas fiscais emitidas, o que facilita muito o controle desses documentos.

Com o Nfe.io você também pode fazer consultas automatizadas a CPF e a CNPJ e tem um desconto na emissão do certificado digital.

Quer saber mais? Então, veja os detalhes aqui: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.