Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Qual o melhor: PicPay ou PayPal? Saiba como essas duas plataformas para pagamento funcionam

Entenda como cada uma dessas plataformas para pagamento funcionam, suas principais vantagens e descubra qual o melhor: PicPay ou PayPal?

Gabriel MarquezGabriel Marquez

As plataformas para pagamentos online vêm ganhando cada vez mais adeptos pelo mundo. Seja por sua praticidade ou segurança, fato é que muitos empreendedores aderem a essas plataformas para evitar perder vendas.

Neste artigo vamos falar mais especificamente sobre duas empresas e tentar responder a seguinte pergunta: qual o melhor meio de pagamento digital, PicPay ou PayPal?

Continue a leitura para saber como cada plataforma funciona e qual você deve escolher?

Leia também: O PayPal é confiável? Entenda como essa ferramenta funciona e se vale a pena usar em seu ecommerce

Como funciona o PayPal?

O PayPal é uma empresa criada em 1998, nos Estados Unidos. Sua proposta é oferecer aos seus usuários uma plataforma para transferir dinheiro online. Hoje a empresa possui mais de 227 milhões de contas ativas em todo o mundo.

Com o PayPal você consegue receber o dinheiro da sua venda em até 24h, pagando uma taxa de transação de 4,79%. Mas, se você não tiver tanta urgência, pode optar por receber o dinheiro após 30 dias e será cobrada uma taxa menor (3,60%).

A plataforma cobra também uma taxa de R$0,60 por transação e uma taxa de parcelamento de 1,92% sobre o valor da compra.

No caso de transações internacionais, o valor da taxa sobe para 6,4%, acrescida de uma tarifa fixa que varia dependendo da moeda estrangeira em que a venda está sendo feita.

Seja qual for a natureza da venda, o dinheiro vai direto para a sua conta virtual do PayPal. Depois, você precisa fazer uma solicitação para que a quantia seja transferida para a sua conta corrente, sem nenhum custo adicional.

Vale lembrar que o PayPal aceita cartões das bandeiras Visa, Mastercard, American Express, Elo e Hipercard. Além disso, há também a possibilidade de solicitar pagamentos por e-mail  e Hiper. E, além das opções convencionais voltadas para lojas virtuais, é possível usar o PayPal para solicitar pagamentos por e-mail.

Confira o vídeo do PayPal:

Veja também: Moip ou PayPal: compare, analise e escolha

Como funciona o PicPay?

O PicPay foi criado em 2012 prometendo modernizar as transações financeiras. Trata-se de um aplicativo que se propõe funcionar como uma carteira digital. Assim, basta que o cliente tenha esse app instalado no celular para efetuar a compra.

O PicPay cobra uma taxa de 1,99% se você quiser receber o valor da venda no mesmo dia. Porém, é possível alterar a qualquer momento o valor dessa taxa. Para isso, basta modificar o prazo para recebimento, que pode chegar a 0% se você optar por receber o dinheiro depois de 80 dias.

Se você é dono de uma loja virtual, o PicPay funciona assim:

  • O cliente acessa o site da sua loja;
  • Escolhe o PicPay como forma de pagamento;
  • Gera uma página com QR code para pagamento;
  • Abre o aplicativo do PicPay;
  • Escaneia o código;
  • Efetua o pagamento.

A taxa cobrada para crédito à vista é 3,89%. Já as compras parceladas estão sujeitas a taxas a partir de 7,79%.

Se você quiser que o saldo da compra no crédito seja liberado em 24h, a taxa cobrada é de 5,89%; 14 dias, 4,89%; 30 dias, 3,89%.

O aplicativo do PicPay está disponível para Android e para iOS. A transferência dos valores para sua conta bancária não tem custo adicional. Além disso, não é cobrado aluguel ou taxa de inscrição para abrir a conta no PicPay.

Assim como o PayPal, o PicPay também aceita pagamentos nas principais bandeiras de cartão. O seu cliente também pode optar pode fazer o pagamento com o dinheiro que ele tem disponível na conta PicPay.

Confira este vídeo do PicPay:

Leia mais: Para que serve o Paypal para sua empresa e como funciona a plataforma?

Afinal, qual o melhor: PicPay ou PayPal?

Agora que vimos como cada plataforma funciona, chegou a hora de sabermos qual o melhor: PicPay ou PayPal?

Ambas as plataformas oferecem condições que podem brigar por sua preferência. O PayPal oferece uma taxa de transação mais cara que a do PicPay: 4,79% conta 1,99%, respectivamente.

No entanto as taxas para compras parceladas são mais caras no PicPay, o que te deixa com duas opções: 1) assumir o valor da taxa ou 2) repassar esse valor para o cliente, encarecendo o seu produto.

Outro ponto a ser considerado para decidir qual o melhor, PicPay ou PayPal, é a possibilidade de não pagar nenhuma taxa de transação, algo que só o PicPay oferece. Mas o prazo para recebimento (80 dias) pode ser muito longo para você.

No entanto pode ser que você queira uma empresa com mais tempo de mercado. Nesse caso, o PayPal seria a melhor a escolha. Além disso, a plataforma tem uma das menores taxas de fraude no mercado (0,3%).

Outra vantagem do PayPal sobre o PicPay é que ele aceita pagamentos em 23 moedas diferentes.

Bom, já sabe qual o melhor? PicPay ou PayPal? Na verdade, você avaliar as necessidades do seu negócio online ou físico e colocar na balança as vantagens e as desvantagens que uma plataforma tem sobre a outra. Só assim você poderá escolher qual das duas é melhor para a sua empresa e para os seus clientes.

Saiba mais: PayPal ou Mercado Pago? Compare 6 características e descubra qual é o melhor para sua loja virtual

Use um emissor de notas fiscais automatizado e ganhe tempo e produtividade

Como você faz a emissão das notas fiscais depois que os pagamentos são autorizados? Com o NFe.io você pode fazer isso de forma automática. Assim, seus colaboradores podem se dedicar a tarefas menos burocráticas e mais produtivas para seu negócio.

Saiba mais: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.