O que é infoproduto? Quais os principais tipos? Como criar e vender o seu?

Tempo de leitura: 7 minutos

Olá! Você sabe o que é infoproduto? Esse formato de produto digital (criado e comercializado inteiramente pela internet) está fazendo muito sucesso e pode ser uma excelente alternativa para aumentar sua renda.

Sabe por quê? Se só nos primeiros meses da pandemia as compras e vendas digitais ganharam cerca de 5,7 milhões de consumidores (segundo a Neotrust/Compre&Confie), o mercado não parou de crescer!

De acordo com o novo relatório Webshoppers, da Ebit/Nielsen + Bexs Banco, o primeiro semestre de 2021 bateu o recorde de vendas por comércio eletrônico – e aumentou 31% de um ano pra cá.

Está cansado de emitir suas notas fiscais uma por uma?

Na NFE.io é possível se livrar dessas tarefas repetitivas através de integrações com meios de pagamento, plugins, planilha do excel ou conectando diretamente com a nossa API.

Quer entender como funciona?
Converse com a nossa equipe especializada para livrar a sua empresa da burocracia!
Quero otimizar meu tempo

Se você quer saber como aproveitar esse bom momento, continue com a gente!

Hoje mostraremos o que é infoproduto e quais os principais tipos de infoprodutos disponíveis na internet – além de 5 dicas especiais para você criar, vender e gerenciar o seu negócio digital.

Pronto? Então, boa leitura!

Afinal, o que é infoproduto?

É um produto digital, que você mesmo pode criar e depois disponibilizar na internet – e, claro, faturar com as vendas dele. 

Na prática, infoproduto é qualquer material que ensine a fazer alguma coisa – e que possa ser comprado, recebido e consumido totalmente no mundo digital.

Quais as vantagens de criar o seu infoproduto?

A grande sacada do infoproduto é que você pode transformar o seu conhecimento em negócio sem sair de casa. Ou seja, se você é bom em ensinar matemática, não precisa necessariamente estar dentro de uma sala de aula para levar o conteúdo aos seus alunos. 

Basta criar um infoproduto (ou vários, que se complementem) e ministrar cursos online de álgebra, geometria e o que mais der na telha.

Como tudo se concentra na internet, é mais fácil atingir diversas pessoas com um único conteúdo – que pode ser enviado por email, acessado por um site de hospedagem de infoprodutos ou mesmo consumido pelas plataformas de streaming tradicionais.

Enfim, um infoproduto reduz os custos de uma estrutura física, já que não demanda um espaço “real”, nem estoques, fretes e toda a burocracia envolvida no processo.

Quais são os principais tipos de infoprodutos?

Agora que você já entendeu o que é infoproduto, é hora de conhecer alguns formatos. Acompanhe!

Conteúdos de vídeo

O vídeo é, talvez, um dos infoprodutos mais versáteis, dinâmicos e fáceis de produzir. Boas ideias para usar esse formato são cursos online (em videoaulas gravadas ou em tempo real), webinars/palestras virtuais, workshops e muito mais.

Conteúdos de texto

Esses conteúdos podem ser revistas eletrônicas, ebooks, matérias para blog e documentos técnicos para consulta (os chamados whitepapers) – que substituem diversos materiais impressos.

Nota fiscal emitida em massa via excel?

Na NFE.io você conta com emissão de notas fiscais de serviço em massa via Excel. O que acha?

Emita muitas NFS-e sem burocracia!
Disponibilizamos para você a alternativa de emitir via excel, de forma simples, rápida e eficiente.
Experimente gratuitamente!

Conteúdos de áudio

Aqui, podemos destacar os podcasts e os audiobooks – que se tornaram verdadeiros companheiros das pessoas. 

Isso porque, no tempo livre (seja no trânsito, seja no intervalo entre as tarefas do dia a dia), é possível ouvir conteúdos com bastante praticidade.

Bom, como dá para ver, existem vários tipos de infoprodutos – e um novo formato surge praticamente a cada dia. A dica é ficar atento às novidades para ter bons insights!

Tá, mas e se você quiser criar um infoproduto do zero, o que fazer? Confira na sequência!

Como criar, vender e gerenciar seu infoproduto na internet em 5 passos

1. Defina o tema, o formato e o propósito do infoproduto

Depois de entender o que é infoproduto, chegou a hora de planejar o seu material.

A primeira questão a considerar é esta: no que você é bom e tem experiência suficiente para passar adiante? 

Pode ser um hobby (como cozinhar ou preparar drinks), um curso profissionalizante (aulas de manicure ou de design de sobrancelha, por exemplo) ou mesmo uma consultoria especializada em negócios… Fica a seu critério!

A seguir, é necessário determinar qual o melhor formato para levar o conteúdo ao público. Vídeos, talvez? Ou que tal uma mescla de conteúdos impressos + audiovisuais?

Por último, é essencial definir o propósito. É ele que te guiará tanto na produção do conteúdo quanto na condução do negócio!

Procure definir “para que você existe”. É isso o que vai diferenciar o seu infoproduto dos concorrentes!

2. Produza o conteúdo

Certo. Quando o planejamento estiver ok, é hora de dar forma ao seu infoproduto!

Se você definiu que o formato será em videoaulas, é bom adquirir os equipamentos de gravação, como câmera e microfone – depois usar um bom software de edição de vídeos.

Caso seja um áudio, também há bons apps que fazem a gravação de voz com perfeição (e outros podem eliminar ruídos de fundo, caso necessário).

Já para conteúdos de texto, o bom e velho Word dá conta na hora de escrever. Quando você for passar o texto para o layout, pode usar um programa de design – como o Canva e o Trakto.

3. Conte com uma plataforma de hospedagem de infoprodutos

Já ouviu falar de uma plataforma de infoprodutos? Com ela, é possível criar um site só seu, com a sua cara, e disponibilizar seus produtos para o público acessar.

Na prática, a plataforma funciona como uma espécie de e-commerce, onde todos os seus produtos digitais ficam expostos, com preços, condições de pagamentos e conteúdo programático.

Assim, seus clientes podem navegar por essa estrutura e escolher o conteúdo que desejarem – e a transação é feita pela própria plataforma, via recurso de checkout.

E depois da venda, o que acontece? 

Dependendo do formato do seu infoproduto, o cliente já tem acesso imediatamente no site (nos casos de videoaulas gravadas, arquivos de áudio ou de texto). Ou ele pode consumir assim que o conteúdo for transmitido (caso seu infoproduto seja um evento em forma de live, por exemplo).

4. Divulgue seu negócio na internet

Com o infoproduto pronto e a estrutura digital funcionando, chegou o momento de fazer com que seus futuros clientes conheçam o seu negócio. A boa notícia é que há inúmeras estratégias na internet que você pode usar para divulgar produtos digitais!

Há estratégias sem custos – como as postagens orgânicas nas mídias sociais, publicadas no seu feed – e outras pagas, como os anúncios nas próprias redes e no Google.

A vantagem do investimento digital é que você pode escolher diversos aspectos do seu público (como região geográfica, idade, interesses e muito mais), o que torna o anúncio mais relevante.

Quer saber mais sobre esse assunto? Confira neste vídeo! 

 

5. Gere as notas fiscais de produto ou serviço

Por fim, assim que você começar a vender o seu infoproduto, é fundamental gerar notas fiscais – que dão mais confiança para seu cliente e total segurança para o seu negócio.

Como a plataforma de infoprodutos permite integração com sistemas externos, você consegue vincular um API de NFe. Essa tecnologia simplifica bastante a sua vida, já que automatiza a emissão da nota e envia, em questão de minutos, o comprovante para o email do seu cliente.

E então, pronto para lançar seu infoproduto?

Esperamos que esta matéria tenha te ajudado a entender o que é infoproduto – e como a produção e a venda dele pode ser uma iniciativa prática, abrangente e muito lucrativa para você.

Como dica final, é ideal procurar parceiros confiáveis, que ofereçam uma boa estrutura a preços justos – tanto para a gestão dos produtos quanto para a emissão das notas fiscais.

Gostou deste conteúdo? Aproveite e compartilhe em suas redes sociais!

Este texto foi escrito pela equipe da EAD Plataforma, uma plataforma online de ensino a distância que te permite criar e vender cursos na internet. Simples, intuitiva e com preço acessível, a EAD Plataforma atua no mercado desde 2014 e já conta com mais de 1200 clientes. 


Quer receber mais conteúdo de graça?

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de empreendedorismo.

Comente

Deixe seu comentário abaixo. O seu e-mail não será divulgado.


Salvar meu nome e e-mail para os meus próximos comentários.
Ao clicar em comentar, você declara que aceita a nossa política de privacidade.

Está cansado de emitir as notas fiscais da sua empresa uma por uma?

Sabemos que é um processo muito chato e repetitivo. Você não precisa mais gastar tempo com isso, sabia ?

QUERO GANHAR TEMPO
x