Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

5 dicas para procedimentos de cobrança de inadimplentes

Entenda quais são as formas de realizar procedimentos de cobrança de inadimplentes sem comprometer o relacionamento com seus clientes

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Um dos maiores desafios de qualquer empresário é saber lidar com clientes inadimplentes. A falta de pagamento compromete o caixa da empresa e, se o problema não for resolvido, o seu negócio pode chegar a falir ou ao menos prejudicar bastante a saúde financeira da empresa.

Essa é, sem dúvida, uma tarefa difícil e até mesmo constrangedora. Mas qual a melhor maneira de realizar procedimentos de cobrança de inadimplentes sem colocar em risco o relacionamento com o cliente?

Confira agora 5 dicas de como solucionar a inadimplência de clientes na sua empresa!

Veja também: Entenda o risco de inadimplência e saiba quais as vantagens de manter as contas em dia

5 procedimentos de cobrança de inadimplentes

1- Mantenha um cadastro atualizado e organizado

Antes de solucionar a inadimplência, que tal evitá-la? Uma maneira de fazer isso é manter um cadastro atualizado e organizado dos seus clientes para que seja possível monitorá-los. Dessa forma, você pode acompanhar o histórico de cada cliente e utilizar essas informações ao conceder crédito.

Com esse cadastro, a identificação de clientes que apresentam maior dificuldade em pagar suas dívidas fica mais fácil. Além disso, em posse dessas informações, você poderá fazer uso de estratégias capazes de amenizar a situação, como a definição do crédito, prazos, juros, etc.

2- Treine a sua equipe de cobrança

Como dito anteriormente, o ato de cobrar costuma ser bastante constrangedor, o que pode fragilizar o relacionamento com o cliente. Para evitar que isso aconteça, é preciso fazer uma boa abordagem.

A equipe de cobrança da sua empresa deve estar sempre preparada para dialogar e negociar com seus clientes. De acordo com o artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor, é proibido constranger o devedor e expô-lo ao ridículo durante o ato de cobrança.

Os procedimentos de cobrança de inadimplentes devem ser feitos de forma gentil e discreta. É preciso que o cliente saiba que você está disposto a negociar. Se a cobrança é executada de forma ríspida, o cliente pode se sentir ameaçado, não pagar a dívida e ainda fazer propaganda negativa da sua empresa.

Jamais utilize as redes sociais para procedimentos de cobrança de inadimplentes. Há casos de empresas que foram obrigadas a pagar indenizações aos seus devedores pelo constrangimento gerado por cobrança através das redes sociais.

3- Identifique as razões do atraso e ofereça alternativas

Conhecer os motivos que levaram o cliente à inadimplência é fundamental para encontrar as melhores alternativas capazes de colocar um fim à dívida.

A falta de dinheiro nem sempre é a razão pela qual os devedores não pagam o que devem. Muitos deles simplesmente esquecem. Em casos assim, a cobrança pode ser realizada por meio de mensagens de e-mail ou SMS, por exemplo.

Ao entrar em contato com o cliente devedor (pessoalmente ou por telefone), é preciso demonstrar compreensão para que ele se sinta à vontade ao falar sobre sua situação financeira. A partir desse momento, é indispensável que a empresa ofereça opções de pagamento.

Apresentar alternativas de parcelamento do valor da dívida, oferecer descontos e outras ferramentas de negociação são fatores que determinam o sucesso do procedimento de cobrança.

4- Elabore contratos objetivos

Os contratos referentes à concessão de crédito precisam ser redigidos com uma linguagem simples, clara e de fácil compreensão. Para que o acordo seja respeitado por ambas as partes, é preciso que o texto do contrato deixe evidente as datas de vencimento, as cláusulas de pagamento, as multas e os juros.

Dessa forma, será possível evitar confusões e más interpretações a respeito dos termos contratuais. Além disso, a inadimplência tende a diminuir com a adoção desse método.

Confira: Como reduzir a inadimplência nas empresas: entenda os dois lados da moeda

5- O que não fazer?

O Código de Defesa do Consumidor não é muito específico em relação a atitudes que se caracterizam como ameaças, exposição ao ridículo ou constrangimento ao cliente inadimplente. Por isso, listamos aqui algumas atitudes que não devem ser adotadas em procedimentos de cobrança de inadimplentes.

Ligar para o local de trabalho do devedor

Essa prática é até permitida pela lei. Porém, é necessário que o cliente devedor tenha fornecido o número de telefone do seu trabalho para o credor em algum cadastro.

Ao ligar para o devedor em seu número comercial e ele disser que não pode atender no momento, o cobrador precisa respeitar e não insistir. O ideal é agendar outro horário para ligar novamente

Ligar fora do horário comercial ou em fim de semana

Essa questão varia de acordo com a legislação estadual. Em São Paulo, por exemplo, a Lei 15.426/2014 prevê que as ligações de cobrança só poderão ser feitas de 8h às 20h, de segunda a sexta-feira, e de 8h às 14h aos sábados. Já em domingos e feriados as cobranças não deverão ser efetuadas.

Deixar recado

Se o devedor não estiver presente no momento da ligação, o cobrador pode deixar recado dizendo que a empresa precisa falar com ele. Em hipótese alguma é permitido dizer a terceiros sobre qual assunto se trata a ligação.

Agora que você já sabe como realizar procedimentos de cobrança de inadimplentes de maneira eficiente, lembre-se: manter o cliente devedor como cliente na sua empresa é tão importante quanto fazê-lo pagar a dívida.

Por isso, procure oferecer vantagens para pagamentos realizados dentro prazo e tenha sempre sutileza e respeito ao cobrar.

Saiba mais: Inadimplência: 7 dicas de como evitar e resolver o problema

Ter suas notas fiscais organizadas também pode ajudar a ter um controle maior de seus recebimentos.

Use um gerenciador de Noatas Fiscais como o NFe.io que, além de um painel de controle com diversas informações sobre seu faturamento, faz o cálculo dos impostos, cria os arquivos XML e HTML, tem uma conexão mais estável com as prefeituras e até dá desconto na emissão do certificado digital.

Veja também: Aproveite seu Cupom de desconto Serasa e de outros Certificados Digitais

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.