Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Como reduzir a inadimplência nas empresas: entenda os dois lados da moeda

Confira dicas para deixar de ser uma empresa inadimplente e também como evitar que seus clientes não paguem obrigações com seu negócio.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

De acordo com um levantamento do Serasa Experian, o número de empresas inadimplentes no Brasil chegou a 5,1 milhões, a soma das dívidas chega a R$ 119,2 bilhões, uma média de R$ 23 mil por empresa.

As empresas de serviços estão no topo da lista e são responsáveis por 46,7% desse montante de dívidas, seguidas pelo setor de comércio, 43,7% e a indústria responde por 8,7%.

Os principais fatores que influenciaram o aumento das dívidas em 2017 foram a retração das vendas como consequência da instabilidade econômica do país e, consequentemente, das produções, impactando diretamente o fluxo de caixa de empresas de todos os segmentos.

Nesse contexto, vamos apresentar algumas dicas de como reduzir a inadimplência nas empresas, nesta postagem. Acompanhe.

Veja também: Inadimplência: 7 dicas de como evitar e resolver o problema

Quais são as implicações de ser uma empresa inadimplente?

Ter um CNPJ inadimplente gera inúmeros problemas, como dificuldade para utilizar cheques, abrir contas em banco, fazer compras a prazo, além da possibilidade de recebimento de ações judiciais que podem acarretar no bloqueio de valores em bancos, por exemplo.

Porém, o mais preocupante e que pode impactar diretamente no desenvolvimento da empresa é não ter acesso a crédito devido ao status de devedora no mercado.

Pensando em como reduzir a inadimplência nas empresas, existem alguns programas como o Recupera PJ, um facilitador de negociações de pagamento das dívidas.

O ideal é que a empresa seja capaz de manter os pagamentos em dia e evitar as consequências de ter seu CNPJ negativado, mesmo que alguns planos e até mesmo lucros precisem ser momentaneamente sacrificados.

Como lidar com a crise

Diante de uma crise econômica, saber como reduzir a inadimplência nas empresas é um grande desafio, mas algumas medidas podem auxiliar na manutenção da qualidade da vida financeira da empresa.

Reduzir a inadimplência nas empresas depende diretamente da organização financeira e, o primeiro passo para começar a colocar as contas em dia é realizar uma varredura para descobrir se a empresa possui pendências de pagamentos.

Dentre os inúmeros serviços disponíveis para esse tipo de consulta, um dos mais simples é a consulta de cheques, que vai apontar se existe algum histórico de cheques sustados, sem fundo, extraviados ou roubados.

Outra opção é a consulta ao crédito para verificar se existem pendências de pagamentos ou protestos. Algumas ferramentas de gestão de crédito podem monitorar o quanto sua empresa é capaz de honrar suas dívidas.

Como reduzir a inadimplência nas empresas e lidar com clientes que não pagam

Outro viés da inadimplência são os “calotes” sofridos pelas empresas por seus clientes. E nada pior para o fluxo de caixa do que a falta dos valores previstos decorrentes das vendas ou da realização de serviços.

Uma forma simples de como reduzir a inadimplência nas empresas é estimular a realização de pagamentos à vista pelos clientes. Oferecer descontos, mesmo que simbólicos, para clientes que pagarem à vista, e até fornecer brindes pode ser um atrativo para fidelizar clientes e principalmente garantir que os pagamentos sejam realizados.

Sistemas de cobrança automatizados

Implantar um sistema de cobrança pode ser a solução para garantir que as dívidas com sua empresa sejam honradas pelos clientes. Sistemas como o Cedrus permitem que os clientes sejam cadastrados e monitorados, possibilitando a realização de cobranças pontuais quando um cliente atrasa o pagamento.

É possível automatizar formas de cobranças diferentes de acordo com o período de atraso. Por exemplo, caso o atraso seja de um mês, o cliente pode receber um e-mail ou SMS de cobrança, caso seu cliente ainda não tenha feito o pagamento, o sistema indica a realização de uma ligação de cobrança.

Cobrar os clientes que estão devendo é necessário. Sem isso, não há como reduzir a inadimplência nas empresas. Porém, isso precisa ser feito de forma gentil e pacífica, para evitar atritos com os clientes e, principalmente, evitando constrangê-los.

Como fazer a cobrança pessoal

Ao conversar com o cliente por telefone, por exemplo, tente compreender os motivos que geraram a inadimplência, proponha soluções viáveis de acordo com o cenário apresentado pelo cliente e mostre que está “do lado dele”, disponível para contribuir com a recuperação financeira, como um parceiro de negócios.

Além de aumentar as chances do pagamento da dívida, essa postura pode contribuir ainda com a fidelização do cliente, que após recuperar o fôlego financeiro continuará a ser um consumidor dos seus produtos ou serviços.

Confira: Devemos variar as formas de pagamento de uma empresa?

Automatizar a emissão de sua notas fiscais ajuda a manter sua empresa sob controle, além de diminuir custos e agilizar processos.

Um sistema de gerenciamento de notas fiscais como o NFe.io apresenta várias vantagens, incluisve um painel de controle com dados sobre o faturamento de sua empresa, facilitando a gestão de seu negócio.

Saiba mais aqui: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 3