Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Crie um plano de ação para diminuir inadimplência

Confira um plano de ação em 4 passos para diminuir a inadimplência dos seus clientes, sem prejudicar o relacionamento nem futuras vendas.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

A falta de pagamento é um fantasma que assusta empresários e gestores financeiros de todos os segmentos do mercado. Em menor grau pode comprometer os resultados da organização e, em casos extremos, levar ao fechamento do negócio.

Segundo um levantamento feito pelo Serasa Experian, o número de empresas inadimplentes no Brasil vem aumentando nos últimos anos.

Nesse cenário, é essencial que a empresa possua um plano de ação para diminuir inadimplência dos clientes.

Veja, a seguir, um passo a passo para a construção desse plano.

Confira também: O que é taxa de inadimplência

Ações para reduzir a inadimplência antes do vencimento

Um bom plano de ação para diminuir inadimplência é composto por etapas que abrangem não só a cobrança efetiva dos débitos, mas, também, a prevenção da falta de pagamento.

Veja quais são as ações para reduzir a inadimplência antes do vencimento dos boletos dos clientes.

1- Consulte os serviços de análise de crédito

Consultar os serviços de análise de crédito para conhecer a situação financeira dos potenciais cliente é uma ação imprescindível. Dependendo do segmento do seu negócio, a consulta pode ser realizada através de empresas de proteção ao crédito como Serasa Experian, SPC e outras associações comerciais.

Essa pesquisa permitirá que você reúna informações importantes sobre a  atuação no mercado dos seus potenciais clientes.

Ela também será fundamental para conhecer a saúde financeira das empresas, revelando pendências de pagamentos, protestos e outros problemas de restrição de crédito.

Conhecer o potencial financeiro dos possíveis clientes, antes do fechamento da venda, principalmente se a transação envolver altos valores, permitirá que você  avalie melhor os riscos do negócio.

Além disso, poderá determinar, de forma mais eficiente, quais serão as ações para reduzir a inadimplência desses clientes, caso ele não honre os pagamentos.

Você também pode fazer consultas de CPF e CNPJ pelo Consulta Guru

2- Priorize o pós-venda

O pós-venda pode se tornar uma das ações para reduzir a inadimplência dos seus clientes.

Por exemplo, quando a data de vencimento do primeiro pagamento estiver próxima, sua equipe pode contatar o cliente solicitando que ele responda uma pequena pesquisa de satisfação.

Alguns itens que podem constar nesta pesquisa:

  • o atendimento foi satisfatório?
  • o produto ou serviço adquirido atingiu as expectativas?
  • sugestões ou críticas em geral?
  • as condições de pagamento estão adequadas
  • existe alguma dúvida que possa ser respondida

Dessa forma, você consegue encantar o cliente pelo interesse demonstrado na satisfação dele e relembrá-lo, de forma gentil e educada, que o vencimento da parcela está próximo.

3- Cobrança pré-vencimento

Esta é uma das ações para reduzir a inadimplência mais diretas que você pode realizar. Treine o seu time de vendas para realizar ligações para os clientes pouco antes das faturas vencerem.

O pretexto será questionar o cliente se está tudo certo para o pagamento. Neste caso, o seu colaborador pode perguntar se o cliente recebeu a fatura que vencerá dali alguns dias e se está tudo certo ou se ele precisa de mais informações sobre os métodos de pagamento.

O objetivo principal dessa ligação é avisar o cliente que a fatura vai vencer e descobrir se ele tem a intenção ou não de pagá-la. Nela, você já colhe informações para saber se o valor ainda não foi aprovado internamente, se não chegou à área financeira ou se tem um gargalo no processo que você precisa intervir para que o pagamento aconteça no prazo esperado.

Se a sua empresa possuir uma grande cartela de clientes, não será possível efetuar ligações para todos eles. O ideal é elaborar alguns critérios de filtro, como, por exemplo, valor da fatura ou histórico de pagamentos dos clientes.

Ou automatizar o processo, como fazem alguns meios de pagamento.

Saiba mais: Acabe com as perdas. Conheça 6 dicas de cobrança de inadimplentes que funcionam mesmo

4- Ações para reduzir a inadimplência depois do vencimento

Agora vamos elencar as ações para reduzir a inadimplência após as faturas estarem vencidas. Estes casos são mais delicados e você terá o difícil desafio de cobrar o cliente e receber o pagamento sem prejudicar o relacionamento e eliminar futuras vendas.

Para alcançar este objetivo, é essencial que o plano de ação para diminuir inadimplência possua critérios e etapas muito bem definidas, através de uma política de cobrança.

Defina uma política de cobrança

Essa política definirá os critérios que direcionarão o seu time de cobrança nos contatos com os clientes:

  • como será realizada a abordagem e quais canais serão utilizados
  • quais as penalidades aplicadas, como multas, juros e registro em órgãos de proteção ao crédito
  • como será feita a renegociação
  • qual o máximo atraso será tolerado
  • quais medidas judiciais serão tomadas
  • quais serão os prazos para execução de cada uma das etapas previstas

Para que o seu plano de ação para diminuir a inadimplência tenha melhores resultados, o ideal é que seus clientes em atraso sejam divididos em grupos, de acordo com as razões da inadimplência de cada um.

Por exemplo, o grupo dos que esqueceram de pagar, o grupo dos que estão com dificuldades econômicas momentâneas e até aqueles que já se tornaram maus pagadores, atrasando frequentemente as faturas.

Isso é necessário para que você adapte as ações e abordagens de acordo com cada grupo, diminuindo os riscos de prejudicar o relacionamento com os clientes nem expor seu time de cobrança a algum constrangimento.

Implemente etapas de cobrança

Esta estratégia é uma consequência da anterior, sendo uma importante parte do seu plano de ação para diminuir inadimplência.

A sua equipe de cobrança precisa de planejamento de cobrança com um passo a passo para organizar como os contatos serão feitos com os clientes inadimplentes.

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG) sugere um modelo de quatro etapas que você pode adaptar para sua empresa:

  • Etapa 1: o primeiro contato, após identificação do débito, é o envio de uma carta educada ou um telefonema amigável, lembrando da fatura. Caso o cliente demonstre intenção de quitá-lo, um novo acordo pode ser firmado.
  • Etapa 2: não ocorrendo pagamento, novo contato é realizado, questionando o cliente sobre sua intenção de negociação da dívida e alertando da possibilidade dele ser registrado em órgãos de proteção ao crédito.
  • Etapa 3: permanecendo a dívida, é realizado o registro em órgão de proteção ao crédito e uma notificação extrajudicial é enviada ao cliente.
  • Etapa 4: ocorre o protesto do título de crédito ou busca-se o auxílio do Juizado Especial Cível, também conhecido como pequenas causas.

Conhecidas as etapas, você pode designar e treinar um colaborador para ser o responsável pelas ações previstas.

Veja em nosso blog: Aprenda como calcular o índice de inadimplência em seu negócio

Automatize sua cobrança

Quando a carteira de clientes é muito extensa, torna-se inviável realizar o controle de pagamentos de forma manual. Neste caso, uma das soluções previstas no seu plano de ação para diminuir inadimplência deve ser a automação da sua cobrança.

Existem diversos sistemas automatizados de cobrança no mercado, que agregam diversas funções, como o histórico de compras dos clientes, organizando o fluxo de contas a pagar e a receber.

Além disso, eles também são capazes de antecipar os atrasos dos pagamentos, avisando os clientes sobre o vencimento das faturas.

Em resumo, o seu plano de ação para diminuir inadimplência é uma estratégia fundamental para manter o seu fluxo de caixa positivo, aumentando as chances de acordos com os clientes devedores.

Automatize a emissão de suas notas fiscais

Todas as suas notas fiscais emitidas por uma bom sistema de gestão de NFes, como o NFe.io, estarão cadastradas em um painel de controle onde você poderá verificar seu faturamento do mês e analisar se alguma nota não foi paga.

Além disso, o NFe.io permite fazer diversos tipos de consultas automatizadas, como CPF e CNPJ, além de diversas outras vantagens de um emissor de notas fiscais, como envio de e-mail com as notas para os clientes, geração dos arquivos XML e HTML, além de desconto na emissão do certificado digital.

Marque uma hora para conhecer o NFe.io!

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.