Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Checklist departamento financeiro: 5 pontos fundamentais para melhorar acompanhamento das finanças da sua empresa

Quer ter sucesso com as finanças do seu negócio? Confira o checklist do departamento financeiro, a lista de 5 tópicos para acompanhar de perto.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Apesar de haver várias áreas essenciais para o desenvolvimento da sua empresa, é importante entender que o setor financeiro pode ser o coração do seu negócio.

Afinal, é a partir daí que você pode tomar decisões importantes, como o corte de gastos ou fazer novos investimentos.

E, até agora, você já conhecia algum checklist do departamento financeiro para agilizar esse processo?

A função de um checklist de departamento financeiro é proporcionar uma lista completa com todos os pontos e controles que um gestor deve acompanhar nesse departamento.

Toda empresa deve ter um foco bem claro em desenvolver o melhor planejamento financeiro possível, para, assim, ter a segurança financeira necessária que resulta no bom andamento das operações.

E para te ajudar nessa tarefa, preparamos um checklist do departamento financeiro com os 5 principais fatores que você deve acompanhar para que as finanças do seu negócio possam se manter sempre saudáveis.

Checklist departamento financeiro: 5 fatores que você deve acompanhar

1- Vendas

O que vai mais impactar nos recebíveis de uma empresa são as vendas realizadas. Por isso, elas não podem ficar de fora do checklist do departamento financeiro. É através delas que a área consegue entender o que está previsto para entrar e, assim, conseguir equilibrar as saídas.

É preciso entender, ao longo do acompanhamento de vendas, o quanto pode impactar em seu equilíbrio financeiro se você tiver um mês bem abaixo do esperado. Ou até a situação inversa (que é o desejo de toda empresa), conseguindo vender mais do que o previsto.

Qual a relação disso com o trabalho realizado em toda a empresa?

Com o acompanhamento do processo de vendas, fica mais fácil entender também o que cada setor pode colocar em prática para ajudar nesse ponto tão importante para o equilíbrio financeiro da empresa.

2- Estoque

Pode parecer que não, mas fazer um controle de estoque também é um dos principais pontos que aparece no checklist departamento financeiro.

O ideal é ter um gestor para o setor de compras, que tenha sempre um contato contínuo com o departamento financeiro. Assim, será mais fácil entender se é melhor fazer alguma negociação diferenciada com os fornecedores, ou se no momento é preciso diminuir ao máximo as compras mais arriscadas, sem certeza de retorno, e manter os estoque no mínimo possível.

Manter esse bom controle de estoque será essencial para conseguir evoluir nas vendas sem precisar contar com altos custos que atrapalham as finanças da empresa.

3- Impostos

Alguns gestores costumam colocar o acompanhamento dos impostos dentro do tópico de custos de uma empresa ou de contas a pagar. E realmente essa é uma despesa existente para cada empresa. Mas na prática, é preciso manter um foco isolado nesse ponto.

Isso é necessário justamente para não ser pego de surpresa quando receber do seu setor contábil os valores de impostos a serem pagos naquele determinado mês.

Fazendo um acompanhamento mais próximo, é possível evitar essas surpresas e até iniciar ações que ajudem a reduzir esses valores pagos.

Se você está com evolução no volume de vendas, os valores de impostos a serem pagos também serão maiores. Entender essa relação de perto pode fazer toda a diferença para o setor financeiro da sua empresa.

4- Contas a pagar

Agora sim precisamos falar desse tópico indispensável para qualquer negócio, que é o acompanhamento das contas a pagar.

Aqui é importante analisar todas as despesas e contas que estão sendo pagas pela empresa todos os meses. São elas que podem indicar se há algum caminho mais seguro para reduzir os gastos.

Por isso, um passo importante nessa parte do checklist do departamento financeiro é separar suas contas a pagar em dois tipos diferentes de custos:

Custos fixos

São todas as despesas fixas da empresa, que precisam ser pagas mensalmente. Alguns exemplos de custos fixos são:

  • Folha de pagamento;
  • Impostos;
  • Conta de energia;
  • Conta de água;
  • Aluguel.

Custos variáveis

Aqui se enquadram todas as contas a pagar que não possuem previsibilidade, ou seja, podem variar de acordo com o tempo, ou aparecerem em determinado mês ou outro não.

Alguns exemplos são:

  • Manutenção de equipamentos;
  • Compra de fardamento;
  • Aquisição de matéria-prima ou produtos.

5- Fluxo de caixa

Entendemos que é preciso olhar com atenção especial para tudo que entra e que sai em relação às finanças de uma empresa. Mas ainda mais importante é o acompanhamento da relação entre os dois, que é o fluxo de caixa.

Será através do acompanhamento do fluxo de caixa que o gestor do departamento financeiro consegue entender se o andamento das relações entre os recebimento e os pagamentos estão de acordo com o previsto.

Se houver alguma mudança brusca nessa relação, é preciso ficar muito atento, entender o que pode ter ocasionado isso e tomar alguma ação referente a isso. Nesse ponto, os programas de controle de caixa podem ajudar.

O importante, para manter a saúde financeira da empresa, é manter um fluxo de caixa positivo, sempre gerando mais ações que ampliem as entradas e diminuam o volume de saídas.

DICA EXTRA: Use um gerenciador de notas fiscais

Para ter mais tempo para se dedicar a gestão financeira e também comercial de seu negócio, o ideal é contar com um sistema de gestão de notas fiscais como o NFe.io.

Veja suas vantagens:

  • Cálculo automático dos impostos
  • Geração dos arquivos XML e HTML
  • Envio da nota por e-mail aos clientes
  • Sistema mais estável: reenvia as notas se o site da prefeitura estiver fora do ar
  • Possibilidade de emitir notas de diferentes CNPJs para várias prefeituras sem sair do sistema
  • Desconto na emissão do certificado digital

Veja mais: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.