Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io
Nota Fiscal Eletrônica, gestão empresarial e meios de pagamento – Blog Nfe.io

Como montar uma planilha de controle de inadimplência? Confira 4 passos para iniciar o controle na sua empresa!

Baixe pronta [GRÁTIS] ou aprenda a criar uma planilha de controle de inadimplência para controlar os pagamentos de clientes.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

A utilização de uma planilha de controle de inadimplência pode ajudar o seu negócio a lidar com esse grave problema para o fluxo de caixa e manter a saúde financeira de sua empresa.

Quer poupar todo o trabalho de construir sua planilha de inadimplência? Baixe a nossa pronta gratuitamente AQUI

Quanto menor é o índice de inadimplência, mais dinheiro a organização possui em caixa para dar continuidade às operações.

Com que frequência você precisa lidar com clientes inadimplentes? Você sabe quanto deixa de receber ao longo de um ano inteiro por conta dos inadimplentes? Para muitas empresas, o controle dos pagamentos é o diferencial entre o sucesso e o fracasso.

Para ajudá-lo a contornar essa situação, veremos neste artigo como você pode criar uma planilha de controle de inadimplência – com o bônus de alguns modelos de planilha grátis!

É isso mesmo, selecionamos três planilhas que você pode fazer download de forma gratuita:

  1. Sige Cloud
  2. Planilhas Prontas
  3. Wpensar

Veja também: Crie um plano de ação para diminuir inadimplência

O que é necessário incluir na planilha?

Não existe um modelo de planilha de inadimplência que funciona para todas as empresas, afinal, ocorrem variações de acordo com as atividades de cada empresa.

Porém, é possível destacar quais são os dados fundamentais para uma planilha de qualidade.

Veja quais os dados você precisa incluir no seu modelo de planilha de inadimplência:

  • Informações completas sobre os clientes;
  • Registro de todas as operações de vendas realizadas;
  • Valor total devido – incluindo quanto já foi pago e quanto ainda está pendente;
  • Identificação do número do pedido de venda e da nota fiscal;
  • Data de vencimento;
  • Informações sobre contatos de cobrança e histórico de cada operação.

Saiba mais: O que é taxa de inadimplência

Passo a passo de como montar uma planilha de controle de inadimplência

Para começar a controlar de forma precisa a inadimplência na sua empresa basta fazer a criação de uma planilha de controle de inadimplência utilizando um software de planilhas – como o Excel ou o Google Sheets.

Veja um passo a passo para montar uma planilha de controle de inadimplência:

1- Crie um arquivo com os principais campos necessários

Inicie a sua planilha inserindo os campos necessários, conforme vimos no capítulo anterior. Para isso, crie várias colunas que permitem a inserção de cada uma das operações de venda com dados completos:

  • Data da operação
  • Nome do cliente
  • Responsável pela venda
  • Contatos do cliente
  • Número da nota fiscal
  • Total da dívida
  • Total pago
  • Valor a ser pago
  • Data de vencimento
  • Contato de cobrança com o cliente
  • Histórico da negociação
  • Renegociação da dívida

2- Torne os dados necessários acessíveis

Após criar a estrutura básica da sua planilha, você precisa se preocupar em ter fácil acesso a todas informações necessárias para alimentar essa planilha.

Para isso, é possível criar uma aba de auxílio em que são inseridos os dados de todas as operações feitas pela sua empresa pelos responsáveis da equipe comercial.

3- Aprenda como calcular inadimplência no Excel

Com base nos dados inseridos, você pode calcular inadimplência no Excel – gerando informações muito úteis para a gestão da empresa e para os controles financeiros.

Para isso, você deve preparar os dados para análise. Geralmente, é feita uma segmentação das informações mês a mês – permitindo uma análise da evolução da inadimplência ao longo do ano.

Feito isso, você pode utilizar uma fórmula para somar o total de vendas realizadas e o total de pagamentos em atraso. Após isso, basta criar outra fórmula para dividir o total das dívidas em atraso pelo total de vendas realizadas para descobrir o percentual de inadimplência na empresa.

4- Organize todas as informações

Nesta etapa você já possui todas informações que necessita na sua planilha de controle de inadimplência, mas pode tornar a análise ainda mais precisa através da organização das informações – seja com a criação de um dashboard com o resumo das informações ou gráficos.

Leia também: Aprenda como calcular o índice de inadimplência em seu negócio

A importância de uma planilha de controle de inadimplência

Se a inadimplência pode se transformar em um problema tão grave dentro de uma organização, o controle adequado das cobranças pode salvá-lo de ficar sem receber o dinheiro devido pelos clientes.

Porém, quando a empresa não possui um controle sobre quais pagamentos foram recebidos e não define procedimentos claros para cobrança isso pode se tornar complicado. É justamente para auxiliar nessas rotinas que existe a planilha de controle de inadimplência.

Essas ferramentas auxiliam tantos na prevenção quanto na correção de problemas com inadimplência – incluindo informações sobre todas as vendas realizadas pela empresa.

Quer mais uma planilha desse tipo?

Então assista este vídeo:

Programa de gerenciamento de notas fiscais e controle de inadimplência

Para cada faturamento, você precisa emitir uma nota fiscal, certo?

Ora, se você contar com um bom programa de gerenciamento de notas fiscais como o NFe.io, com um painel de controle que mostra todos as notas emitidas mês a mês, esse controle dos pagamentos e da inadimplência será muito mais fácil!

Além desse painel de controle, o NFe.io faz o cáculo e emite automaticamente suas notas fiscais, já enviando por e-mail os arquivos XML e HTML.

Além disso, ele permite emitir notas de mais de um CNPJ e para diferentes prefeituras, tudo na mesma interface, sem ter que sair da ferramenta.

Com ele você também podem fazer consultas automatizadas de CNPJ e CPF e tem direito a desconto no certificado digital.

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!
Comments 0
There are currently no comments.